Total de visualizações de página

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Compra de Novo Imóvel sem Ter Dinheiro - Estou Endividado numa Operação Arriscada ...

.
.

Boa tarde pessoal, tudo bem com vocês?

Não estou muito afim de escrever ...

Mas, eu tenho que escrever (faltam $ 7,00 dólares para eu receber pagamento mês que vem do Adsense ... E eu preciso de dinheiro ...).

Normalmente quando eu faço negócios eu opto por me manter calado.

E desta vez, de duas uma, ou eu fiz um ótimo negócio, ou eu arranjei um grande problema.

Não darei muitos detalhes, mas, atravessei uma negociação imobiliária.

Atravessar uma negociação significa que, eu vi um imóvel, assinei a lista de interesse, outra pessoa fez a proposta, a segunda pessoa da lista.

De fato, o imóvel que analisei esta com um preço bem abaixo da metragem da região , mas com a documentação em perfeito estado, pelo menos o que deu tempo de analisar.

Para não ficar rendendo muito: Como houve uma proposta pelo imóvel no preço de venda, e eu fiz uma proposta muito abaixo do preço de venda, não importa: A palavra final é minha, afinal, eu fiz a primeira proposta e tenho prioridade na negociação, logicamente se eu pagar o valor total do anúncio do imóvel, ou seja, me igualar a proposta original.

Como sei que o imóvel esta abaixo do preço e valerá a pena, mesmo pagando as taxas, registro, escritura, eu fiz aquilo que não poderia ter feito: Eu igualei a proposta.


Só que enfrento um grande problema agora: Eu não tenho dinheiro! Pelo menos, não tenho liquidez alguma para efetuar a operação.

Não tenho nem mesmo Reserva de Emergência, imagine se eu teria o valor da entrada à vista ...

Em teoria eu DEVERIA ter dinheiro, mas, ainda não recebi o valor de venda do meu último imóvel, e fiz a operação contando com este capital ...

Por que eu fiz esta operação maluca?

Alguma coisa me disse que as pessoas aceitarão pagar um valor para eu sair da negociação ... Algo similar quando comprei meu penúltimo lote num loteamento novo: Ofertaram-me R$ 10.000,00 para eu repassar o lote, nem precisaria escriturar em meu nome, apenas por revender direto à pessoa, intermediando, eu ganharia este valor.

E é nisto que estou acreditando ...

Pois bem, não direi o valor da estúpida ideia que tive negociação, mas para fazer valer o meu direito eu precisei pagar a entrada inicial ... Digamos que, hipoteticamente falando, foi: R$ 50.000,00.

Neste momento, a minha situação financeira é caótica:

Estou usando meu limite máximo do Cheque Especial do Banco Principal + Cheque Especial do Banco Caixa + Empréstimo 13º Salário p/ pagar em uma semana + TODO DINHEIRO DA MINHA CONTA. Raspei tudo, no desespero, para honrar a minha estúpida negociação.

Neste momento, sim, sou uma pessoa endividada.

.
.

Pode ser realmente uma ideia estúpida ...

Mas pode dar certo.

Fato é: Eu sou maluco ...

Eu sou muito ansioso ... Às vezes tomo ações antes de pensar, e desta vez, meu lado vencedor, ‘feeling’ de empresário, milionário falou mais alto e disse “Cubra a negociação! O casal vai te pagar para você sair dela! A hora é agora. Não tenha medo!”.

O lado perdedor disse “Ah, agora lascou tudo! Tá perdido. Vai perder grana, vai perder a entrada, como vai quitar tudo, seu animal”.

Bom, após ler os documentos e confirmar a minha operação, veio a hora mais difícil: Vender meus queridos Fundos Imobiliários.

Eu não tive sequer tempo de pensar, pois, amigos, 1 dia endividado eu nem durmo, então, às 16:17 minutos eu iniciei a minha análise para vender ativos, para vender meus Fundos Imobiliários, afim de honrar com a minha palavra, com meu nome.

Também foi na base do feeling ... A quantia era muito alta, logo, eu fui direto em duas de minhas maiores posições. 

Vamos para a parte triste ...



Encerrada posição em Agências Caixa (AGCX) ... Com um ENORME LUCRO! De qualquer forma, em teoria o preço da cota deverá cair, pois as próximas distribuições serão menores (redução da Selic, de novo) ... Mas, com a queda da Selic, também muita gente quer travar uma taxa acima dos 0,5% da Poupança ... Logo, não faço ideia se vai subir ou cair, só sei que precisei vender. Voltarei logo a este FII ...

Encerrada posição em Kínea Rendimentos Imobiliários (KNCR) ... Com PREJUÍZO! Quem diria, e foi este o motivo de vender, pois eu vi que sairia FELIZ com PREJUÍZO! O motivo explico abaixo ...

Fechamento de 70% da posição em Maxi Renda (MXRF) ... Este aqui já estava passando da hora de reduzir minha alta exposição, e já que eu ia perder dinheiro, fui direto nele.

EU PENSANDO NA MERDA QUE EU FIZ ...
Quando você precisa vender às pressas, não tem jeito: Você é fisgado pelos preços de compra  baixo, e eu abaixei o preço de MXRF ontem, no final do pregão (risos tristes).

Mas, com esta alta maluca dos Fundos Imobiliários, não terá jeito: Vou pagar Imposto de Renda sobre estas vendas, mesmo sabendo que irei recomprar as mesmas cotas assim que encerrar a minha transação ... É o preço que se paga por negócios feitos às pressas.

Eu sempre mantive os prejuízos para esta hora, mas, o lucro das vendas foi grande e cobriu meu prejuízo de vendas anteriores (XTED, etc.).

Em teoria, os custos da minha transação serão: Pagamento do Imposto de Renda (taxa mais alta) + IOF do Cheque Especial + Juros.

Pode ser que eu atrase a minha publicação de Fechamento Patrimonial ...

Quero resolver este imbróglio primeiro, para assim juntar os cacos e ver se venci ou se perdi.

Investimentos são assim ...

Uma hora ganhamos, uma hora perdemos ...

Mas, fiz a lição de casa: Arrisquei o que posso perder. Arrisquei com base no Plano de Contingências.

Meu próximo Fechamento Patrimonial será bem interessante: Ou entra um imóvel e uma dívida monstruosa, ou entra o capital por intermediar indiretamente a venda deste imóvel ...

Deus, me ajude!

Eu só quero ser livre financeiramente, e por isto decidi realizar esta arriscada transação, que, no pior dos casos, me trará um novo imóvel ...

.
.

Abraços

VDI – VIVER DE INVESTIMENTOS

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

A Matrix Trabalhista x A Tranquilidade Financeira

.
.

Olá amigos e amigas do blog, boa tarde!

Hoje nós falaremos um pouco sobre os efeitos da saída da “Matrix Trabalhista”, e discutiremos detalhes sobre o tema.


Primeiramente, o que é a “Matrix Trabalhista”?

A “Matrix Trabalhista” basicamente é um estado onde muitos da Blogosfera se encontram, e eu mesmo estava, há alguns poucos meses antes desta postagem.


Ela é definida por aquele perfil de funcionário que “veste a camisa da empresa”, que apesar das decepções encontradas pelo caminho se mantêm firme e forte, contra tudo e contra todos, gerando resultados à empresa, colocando a mesma na frente inclusive de aspectos pessoais, como a Saúde, Família, Planos de Vida, etc.

Eu fui um dos defensores ferrenhos deste estilo de vida.

A minha vida sempre foi “Trabalhar, Trabalhar, Trabalhar”, dar o máximo para ser recompensado.

Jovens, esta metodologia deve sim ser aplicada durante os primeiros anos numa empresa! Você tem que se esforçar SIM para ser o melhor, para aprender, para fazer com que seu nome se torne uma marca, mas, somente durante os primeiros anos.

O meu erro em minha Carreira foi não ter mudado a minha postura, ter continuado a ser este “burro de carga”, enquanto pessoas que não faziam a metade do que eu fazia eram promovidas na minha frente.

Num dado momento da sua Carreira, você obrigatoriamente terá que lidar com a mudança que vivo neste momento, que é justamente impor limites sobre o quanto você conseguirá entregar, justamente para ter mais tempo para lidar com os aspectos gerenciais.

Eu não tenho mais a mínima vontade de lidar com questões técnicas. O meu foco são as questões gerenciais.

A minha luta agora é justamente conseguir incluir na minha equipe de projetos um recurso para ser meu assistente: Enquanto eu participarei das reuniões globais, definição dos requisitos alto nível, esta pessoa será meu braço direito, resolvendo as questões técnicas e cotidianas sob a minha supervisão.

E eu tenho sido bastante chato neste ponto: Em toda reunião gerencial com meu Gerente (e com a ciência de meu Diretor) eu deixo claro que o nível de atividades esta muito alto e eu preciso de um recurso.

Espero que eu consiga.

Será também uma forma de lidar com a parte gerencial que quero, pois, é diferente você ter um recurso dedicado, respondendo a você, do que recursos de projeto, que respondem a você naquele projeto, mas ainda possuem os seus respectivos chefes fora do projeto.

Tenho sempre que agradecer de, até estes citados 30 anos de minha vida, eu ter conseguido gerenciar meus Projetos Empreendedores, fora empresa, pois foram eles que me fizeram chegar aos números atuais.

Eu tenho plena convicção de que, mesmo mergulhado na “Matrix Trabalhista” eu consegui sobreviver e criar um Patrimônio muito bom para as minhas condições justamente por ter realizado estes projetos externos, o Empreendedorismo Parcial.

E eu continuo fazendo mais grana com meus projetos externos, com as Construções, Projetos Digitais, e Outros Projetos, do que com meu Salário.

E o resultado disto é: Preguiça. Desânimo de me esforçar tanto.

É um pouco difícil se esforçar sabendo que você ganha mais do que o seu Salário com a reaplicação de seu Patrimônio.

Qual é a minha motivação diária?

O que eu devo priorizar? Meus Projetos ou meu Trabalho? Se eu ganho mais em Meus Projetos ...

Claro, continuo sim esforçando bastante.

Semana passada fiz “hora besta” (horas extras sem recebimento devido ao meu “Cargo de Confiança”).

.
.

Vou entregar com excelência os projetos que estão sob minha gestão, sim, atenderei bem meus clientes.

Mas, aquela vontade de trabalhar aos sábados, domingos, para entregar com excelência, qualidade, rapidez, estas, se foram.

Pensem comigo: Para que me esforçar de forma descomunal, se, no final das contas a pessoa que será promovida será aquela que não conseguiu entregar todos os resultados, mas conseguiu ter um bom relacionamento com vários gerentes e setores da própria área e das demais áreas da empresa.

Eu já atingi a etapa chamada Tranquilidade Financeira.

Só de ter atingido esta etapa na minha vida, eu já digo: Valeu a pena.

E quem esta ainda na fase de acumulação, que acha “poxa, falta tanto ainda”, pense que: O caminho é árduo, mas, quando você chegar neste ponto de apoio chamado Tranquilidade Financeira, você saberá que seu caminho rumo à Independência Financeira estará mais tranquilo.

Se eu for demitido agora, minha Renda Passiva cobre três vezes as minhas despesas mensais (contas de padeiro).

Se ocorrer algo ruim e a renda reduzir 50%, ainda assim consigo quitar todas as minhas dívidas mensais e viver de forma tranquila, lógico, sem luxos, mas, alimentando, saindo, viajando para cidades próximas, etc.

A demissão traria mais renda, pois tenho bons valores a receber pelos anos trabalhados.

Capital da última casa vendida entrará neste mês (assim espero), e será mais um complementar à renda (este caberá uma postagem, pois, não sei se aplicarei em FIIs ou se deixarei em TD Selic, caso opte por construir novamente, vamos ver).

Mas, eu sei que meus gastos são estes menores agora, mas duplicarão em poucos meses, pois sempre digo que pretendo ter filhos.

Então, ainda falta um bom caminho pra mim ...

Promoção já não vale tanto como antes ...

Continuarei sim trabalhando, mas agora não mais na “Matrix Trabalhista”.

Um abraço e até a próxima postagem!

.
.

VDT – VIVER DE TRABALHO?

sábado, 16 de setembro de 2017

Reinvestimento Setembro: R$ 1.361,00: A Luta de um Pobre Milionário ...

.
.

Boa tarde Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Como vão vocês? Espero que esteja tudo bem, na paz do Senhor!

Seguinte, meu blog esta chato pra cacete pois eu só falo de Aporte.

E para manter a parte chata, tenho que criar mais um sobre os Reinvestimentos!

Vamos lá:

Reinvestimento Setembro: R$ 1.361,00: A Luta de um Pobre Milionário ...


CALMA SÍLVIO! NÃO É REPETIDO! APORTAR É VICIANTE MESMO!
Estou ansioso com o Fechamento Patrimonial do mês, acho que crescerei bastante! Uma pena que este mês gastarei no mínimo uns R$ 4.000,00 de Aporte em mim mesmo (Viagem + Roupas + Acessórios p/ Casa) ... Faz parte: Temos que viver!

Brincadeiras à parte, lembrem sempre disto: ESQUEÇAM TAXA, FOQUEM NO APORTE!

Tenho Aportado violentamente para garantir uma Renda Passiva Mensal que me possibilite “chutar o balde” no Trabalho, pois tenho passado por uma pressão enorme, e, junto ao fato de ter atingido a meta de 1 Milhão aos 30 anos (mesmo sem ter planejado isto), isto fica martelando em minha cabeça como “Cara, você já conseguiu o milagre de juntar esta quantia, é hora de arriscar e empreender, descansar, fazer o que você gosta!”.

De fato, pensar que eu posso chutar o balde agora mesmo, e simplesmente tenho TODAS AS MINHAS CONTAS PAGAS COM GRANDE SOBRA é muito confortável.

Digamos que, no meio termo entre o Início da Batalha e a Independência Financeira existe um ponto de apoio chamado TRANQUILIDADE FINANCEIRA.

Eu atingi a Tranquilidade Financeira SIM!

O problema dela é justamente esta questão de “querer arriscar mais”, digamos assim.

Estou aportando muito bem, obrigado, mas esta mamata acabou: Mês que vem volto ao normal, não mais que R$ 8.000,00 aportados, o que ainda é MUITA GRANA, eu sei, pelo menos pra mim!

De todos os Milionários da Blogosfera, sem sombra de dúvidas, eu sou o mais POBRE, pois eu talvez seja o único que chegou lá Aportando baixo, mas eu soube aplicar de forma MUITO INTELIGENTE meu capital.

Eu sinto uma inveja boa da turma que Aporta seus R$ 20.000,00 mensais, e é nestes caras que eu, um pobre mortal que ganha MUITO ABAIXO DE R$ 10.000,00, tem se espelhado e tentado seguir! 

Eu sei que meu Salário é bom, mas perto dos Milionários da Blogosfera é considerado uma piada ... Só Deus mesmo p/ ter me dado a oportunidade de ter conseguido juntar tanto.

Agora até melhorou, mas o grosso do meu Aporte vem das minhas Aplicações e Empreendimentos! Isto mesmo.

Eu resolvi o meu problema assim: Se meu Salário é baixo para aportar anos e chegar à Independência Financeira, então vou investir ele de forma inteligente e buscar RENDA EXTRA, e isto eu fiz com excelência, pois meus Projetos Digitais e Outros sempre contribuíram para a minha renda.

Acabei perdendo a linha do meu pensamento, e, até peço desculpas, pois, são 13:39, não almocei ainda, e hoje de raiva tomei uma lata de Skol (cerveja de pobre, cerveja pra VDC) que tinha sobrando aqui em casa.

De cerveja gosto muito da ORIGINAL, mas compro também as garrafinhas menores de Stella Artois e após assistir a série “Sobrevivendo a Pablo Escobar” voltei a tomar Heineken. Final de semana, de vez em quando, tomo uma!

Mas, voltando ao papo ...

Aportei, ou melhor, REINVESTI R$ 1.278,69, sendo 12 cotas de CPTS11B – Capitania e mantive R$ 82,41 em conta, para um último pequeno Aporte maroto do mês, com o que ainda receberei de meus Fundos Imobiliários retardatários.

.
.

Cara, eu amo estes Fundos Imobiliários!

Estou indo forte rumo aos R$ 2.000,00 de Renda Passiva ... Se hoje os Fundos Imobiliários de Papel pagassem o que pagaram 1 ano atrás, eu já estaria MUITO ACIMA destes R$ 2.000,00.

Então é isto, o post é somente para marcar a compra de Capitania.

Racional da Compra: Feeling e melhor balanceamento da carteira, visto que tenho este excelente FII e ele era um de menor valor dentre dos demais que tenho, na mesma categoria.

Não vou contabilizar agora o quanto aportei este mês, mas ficou em torno de R$ 22.000,00 e pouco! Parabéns para mim mesmo. Estou muito feliz comigo!

Fico por aqui, próxima postagem trarei algo diferente de Aportes, até por que ficarei um mês pelo menos sem Aportar.

Na verdade neste final de semana, além da viagem da semana passada, farei um Aporte em mim mesmo: Hora de renovar o guarda-roupa ... Hoje comprarei sapato social novo, calça jeans nova, calça social nova (1 ou 2), pelo menos duas camisas sociais ... E são caras viu, alfaiataria, mas, a qualidade e a elegância fazem valer a pena!

Ainda mais agora, eu que treino bastante, nado, jogo futebol e ando de bike! Pagarei também um nutricionista esportivo, quero ter a barriga definida, os velhos ‘gominhos’.

ACADEMIA JÁ GALERA! SAÚDE!

Chega disto, álcool na mente!

Abração e sucesso!

.
.

VDR – VIVER DE REINVESTIMENTO!

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Aporte Adicional Setembro: R$ 1.900,00 - Tem Ação Nova na Minha Carteira ...

.
.

Grande amigas e amigos do blog!

Este mês, graças a Deus, mais um recorde de Aporte, e não acabou ainda, pois terei o grosso dos aluguéis caindo ainda nesta semana.

Já tenho em mente qual Ação comprarei esta semana com o reinvestimento (algo em torno de uns R$ 1.500,00), mas prefiro aguardar ... Tenho um FII de Papel que me chama a atenção, mas no meu Plano de Aportes agora chegou a hora das Ações.

O ruim é que a hora das Ações chegou justamente nesta alta descomunal ...  É a hora que eu mostro se realmente eu tenho coragem de usar a metodologia ‘Preço não Importa’ na minha vida.

Vamos direto às Compras:

Ações: Até a minha avó já sabia que eu deveria ter comprado bem antes, mas a minha paixão com FIIs e a Renda Passiva gerada por eles sempre me deixavam dividido, e eu sempre optava pelos FIIs, meus queridinhos.

Comprei um pequeno lote de ITSA3 (Sócio é ON Porr**¨%%). 100 unidades.

A cada dia mais quero estar mais exposto à Itaú, seja nos FIIs e também em Ações! Os caras são bons. Ponto!

ITUB virá também. Uma pena que o preço subiu tanto ... Vou comprar topo sim!

Então resumindo: ITSA3 – A Holding Itaúsa agora faz parte da minha carteira de longo prazo.


Lendo alguns comentários do nosso amigo Mestre dos Dividendos, sempre nos passando uma aula, eu realmente vi que a estratégia de Viver de Dividendos (lembrando de nosso colega Viver de Dividendos, agora de site novo: Pense Rico - Seguiremos) é super válida.

A minha análise sobre Ações é tão fraca e ruim que eu penso simplesmente no Dividend Yield atual, ou seja, aquilo que as empresas pagam no momento, mas, a lógica deve ser a mesma dos FIIs: Quanto uma Ação estará pagando no futuro, caso ela continue crescendo? Quem compra um Dividend Yield menor agora, futuramente terá um bem maior, logicamente se comprar empresas de valor ...

Fundos Imobiliários: Minhas compras são mais pelo meu feeling mesmo. Não tenho nenhuma estratégia avançada, depende da quantidade de capital que aplicarei.

Algumas vezes crio planos baseado em renda, perenidade, e faço as compras com maior capital.

Em outras, para reinvestir menores valores, faço como hoje, onde adquiri um FII de Papel descontado, em minha opinião, pelo menos em relação ao preço de algumas semanas atrás.

Fui de RNDP: BB Renda de Papéis.


Não sou muito bom em ‘trades’, mas, até que em precificação tenho acertado mais do que errado. De fato, isto não significa nada também.

.
.

Bem amigos, neste mês excepcional, e que possivelmente será um dos últimos onde aportarei tanto assim (preciso encontrar um Trabalho que me pague mais, ou Empreender ... Cena dos próximos capítulos do blog), então, até o momento o Aporte foi de R$ 21.220,00 + R$ 1.900,00 = Total: R$ 23.120,00 (ainda restante o reinvestimento dos aluguéis, que não fará parte do Aporte em si, mas fará parte do montante alocado em Renda Variável neste mês.

Bom, por hoje é isto!

Ainda apanhando no Trabalho, mas estou comprando a minha carta de alforria, dia a dia ...

“Eu tô sempre Aportando” ...

Um abraço e até a próxima postagem!

VDA – VIVER DE APORTES

.
.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Aporte de Setembro: R$ 21.220,00 + Conclusão do Plano R$ 115,00 Mensais de Renda Passiva ...

.
.

Olá pessoal, tudo na paz?

Não estou muito animado para escrever no blog.

Primeiramente pelo motivo de ter ficado muito triste ao acessar o blog do amigo Seu Madruga Investimentos e ver notícias ruins, de que ele já não esta entre nós.

Torço de coração para que ele esteja escrevendo suas crônicas e livros, tenha pegado firme e esquecido do blog ... Peço a todos os colegas rezarem p/ que nosso amigo Madruga esteja bem e 100%!

No Trabalho continuo sob uma pressão absurda por resultados, e, ontem para mim foi a gota d’agua, ao me ver trabalhando em plena segunda-feira às 21:10, tendo chegado às 07:45 da manhã em ponto na empresa.

Faltei na Academia ... Não tive forças, por ter chegado tarde em casa!

Definitivamente, não é a vida que eu quero para mim,fora o receio que tenho de quando entregar este maior projeto surgir outra ‘bomba’ em minhas mãos, me deixa desanimado.

Não era nem de longe o crescimento que eu esperava.

Não vou ficar de choradeira, estou fazendo o máximo para ficar livre deste projeto maior rápido e ver o que acontecerá.

Já desencanei com Promoção, se vier é lucro.

Na minha vida financeira, acabei tomando decisões equivocadas e quase coloco uma grande parte do meu Patrimônio em risco.

Felizmente a inteligência financeira falou mais alto, e melhorei meu controle de riscos, e consegui colocar as coisas nos trilhos novamente, mas, ainda tenho coisas a melhorar.

A parte boa de realizar investimentos agressivos é o alto retorno, e nisto não posso reclamar.

Aporte de hoje (Dinheiro Novo): R$ 21.720,00.

Expectativa de reinvestir algo em torno de R$ 1.700,00 a R$ 1.800,00 com os aluguéis que receberei dos Fundos Imobiliários, a maior parte nesta semana.

Sem sombra de dúvidas, eu estou na guerra! Estou aportando com a faca nos dentes! Caveira porra!


Como todo homem de palavra, eu falo e cumpro meus objetivos. PLANO R$ 115,00 EXECUTADO COM SUCESSO!

Para quem não se lembra, eu coloquei esta missão nesta postagem aqui, do dia 06 de Agosto. Confira na íntegra: http://viverdeconstrucao.blogspot.com.br/2017/08/usando-cheque-especial-para-aportar-e-o.html

.
.

O que eu comprei com este Mega Aporte (nas minhas condições amigos, é um baita Aporte): FAED, KNRI, NSLU, CXRI. Com o valor adicional, eu apimentei a minha carteira e me rendi ao MFII! Logo eu, que sempre olhava com desdém e considerando o mesmo uma ‘bolha’ prestes a estourar.

Eu posso errar feio nas minhas escolhas, afinal, sou humano e isto é Renda Variável, mas, apesar de não ser tão bom quanto o amigo e blogueiro Mestre dos Dividendos, digamos que eu sei bem o que estou fazendo.

.
.

Em teoria, agora eu fechei todas as minhas compras previstas em Fundos Imobiliários, e devo comprar Ações nos próximos Aportes.

Reinvestirei meus aluguéis em TIET11, porém, alguns Fundos Imobiliários de Papel me chamam MUITA a atenção, acredito estarem bem descontados e posso alterar a ordem, talvez, colocando aí pelo menos mais uns R$ 8.000,00 investidos em 4 diferentes FIIs, algo em torno de R$ 2.000,00 distribuídos para cada ... O difícil será conseguir este dinheiro.

O foda é que nunca acaba esta sede de aportar ... Difícil!

Apesar de não olhar preço, Ações estão com preço muito esticado, e eu invisto do meu jeito, jeito VDC, e se é assim que dá certo pra mim, vou continuar assim.

Bom, fico por aqui, até a próxima postagem!

FOCO NO APORTE E FACA NA CAVEIRA! A GUERRA É LONGA E A LUTA CONTINUA, SEMPRE!


VDA – VIVER DE APORTES!

.
.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Férias do Blog + O Poder do Empreendedorismo e a Escalabilidade da Renda ...

.
.

Olá amigos e amigas do blog! Tudo bem?

Férias do blog!

Brincadeira, são férias minhas mesmo.

Aproveitarei este super feriado para descansar, emendando a sexta-feira ...

Não que eu esteja ligando o f*&¨% no Trabalho, longe disto, mas, eu venho trabalhando tanto que fui sincero ao pedir meu gerente um ‘day-off’, ou seja, um dia adicional de descanso, visto que devido aos projetos atuais só tenho previsão de ter férias mesmo no início do ano que vem.

Tenho muitas ideias de postagens amigos, mas pouco tempo para fazê-lo.

Agora mesmo, são 23:16 da noite, onde inicio esta postagem, e, até que eu termine, revise, publique, já será próximo de meia noite. Sorte que amanhã é feriado! Só alegria.

Eu gostaria de escrever uma postagem sobre exercícios físicos, natação, musculação.

Eu gostaria também de escrever sobre a minha rápida passagem na Suíça, na minha última viagem a Europa. Esta postagem eu estou postergando já há bastante tempo.

Gostaria também de escrever mais sobre a minha fase empreendedora, e os motivos da minha Renda Passiva terem aumentado tanto nos últimos 3 meses.

Às vezes penso seriamente que eu deveria colocar tudo isto num livro e vender, pois, é muito conhecimento.

Como conhecedor nato de alguns produtos digitais, aqueles cursos de empreendedores de palco (só falam mas nunca fizeram nada do que falam), eu vejo que tenho muito o que agregar, mas a falta de Tempo sempre me prejudica.

Tenho vontade às vezes de chutar o balde mesmo sabe, pedir para ser demitido, e ver no que dá. Arriscar.

Vejo alguns exemplos na Blogosfera, outro cara que eu não conhecia e que li algumas postagens foi do blogueiro Bons Dividendos, um cara que pelo que li rapidamente já tinha um belíssimo Patrimônio, e ganhava um Salário extremamente alto na iniciativa privada, e mesmo assim optou por trocar este caminho, digamos, ‘seguro’ rumo à Independência Financeira, para empreender, e pelo que li esta dando super certo.

Posso citar outro caso assim, que é o Frugal Simple: Salário bem alto, e mesmo assim resolveu arriscar e Empreender.

Às vezes nós, meros mortais, funcionários da iniciativa privada ou mesmo público, como não temos salários nesta faixa de R$ 20.000,00 como estes amigos, ficamos pensando: “Mas estes caras são totalmente malucos! Bastaria continuar aportando e a Independência Financeira chegaria em poucos anos.”

Mas, aparentemente, este ‘mindset’ começa a brotar na minha mente, até por este motivo vocês podem notar que a minha Renda Passiva e a Renda Líquida como um todo deram um ‘boom’ e subiram muito mesmo.

Foi devido ao meu Trabalho? Não.

Na verdade eu me toquei que eu tive a ‘sorte’ de atingir 1 milhão de reais em Patrimônio justamente pelos negócios empreendedores que fiz.

É estranho pensar isto, pois, eu sempre batalhei muito no meu emprego, justamente para receber aumento de Salário, mas, até mesmo antes da Blogosfera, meu pensamento sempre foi acumular um montante que me permitisse empreender, na Construção Civil, que foi o que eu fiz, com muito esforço.

E mesmo durante a fase mais complicada, que foi a primeira obra, eu percebo que na fase onde eu mais consumi dinheiro em menor tempo, que foi a fase de acabamento, eu tive uma ajuda considerável dos meus ‘Projetos Digitais’ na época, pois naquele tempo eu realmente ganhava dinheiro! Eram R$ 300,00 a R$ 1.200,00 por dia!

Pelas contas que fiz, acredito eu ter acumulado cerca de R$ 75.000,00 a R$ 90.000,00 apenas com meus ‘Projetos Digitais’, que hoje minguaram e rendem, não mais que R$ 500,00 mensais, como divulgo em meu Patrimônio.

Além disto, tive outros projetos inovadores: Já construí site e vendi.

Já tive fracassos, como na época onde comprei alguns domínios ‘.com.br’ para a revenda e não vendi nenhum dos 3 adquiridos ...

Já criei uma miniempresa virtual e vendi.

Tudo isto eu fiz com o Tempo que eu tinha, sempre a noite, às vezes de madrugada, sábado e domingos.

.
.

A base do meu Patrimônio, logicamente, foi a poupança do meu Salário, mas o que catapultou a renda para cima foram justamente meus empreendimentos.

Eu tenho outros empreendimentos em curso! Não foi atoa que a minha Renda Passiva subiu, eu fiz um teste, deu certo com X, eu multipliquei por 10X e minha renda subiu 10 vezes também.

Este é o legal da Blogosfera: Eu fico inquieto vendo alguns caras ganhando e dizendo que aportaram R$ 20.000,00, e eu com meu aportezinho de R$ 4.000,00 ... 

Aí eu comecei a maquinar ideias, minha mente ficou pensando, e aí sim eu comecei a formular meu plano, consolidando como fonte o foco em Aportar mais, e para Aportar mais eu precisava ganhar mais dinheiro.

Desta forma foram iniciados vários dos meus investimentos, divididos em classes,  foi assim que desde que abri este blog a minha renda continuou em ascendência e atingi o símbólico milho grande.

Vou escrever em Caixa Alta para lembrarmos do conceito: EMPREENDEDORISMO = ESCALABILIDADE.

Tudo depende de você: Vendeu mais? Ganhou mais.

Fechou mais contratos? Ganhou mais.

E é isto que eu tenho em mente: Preciso empreender.

Mas, eu preciso desenvolver algo que me permita empreender 100% do meu Tempo, ou seja, ser demitido do meu emprego, saindo de portas abertas, claro, e poder dedicar todo o meu Tempo.

Empreender é algo que é intrínseco da minha pessoa.

O que mudou é que, como estou ficando mais velho, já com 30 anos, eu não tenho aquela capacidade e animação toda de virar a noite desenvolvendo software ou pesquisando alternativas, sabe, quebrando a cabeça.

É até normal isto ocorrer: Aos 20 e poucos anos eu não tinha o cargo que tenho hoje, e nem a pressão que eu sofro diariamente por resultados, afinal, lido com pessoas do mundo todo, do alto escalão, então isto esgota praticamente todo o meu Tempo e a minha animação.

Estou com uma ideia que eu tenho certeza: Se eu conseguir os insumos, a matéria prima do meu ‘produto’, eu tenho absoluta certeza que conseguirei clientes para meu negócio.

É algo que eu mesmo, na posição de cliente, gostaria de ter!

Algo que facilita, que resolve, que desburocratiza, e normalmente coisas que desburocratizam geram dinheiro.

Mas e o Tempo?

Eu não tenho Tempo.

Desde que criei o tópico da Casa de 4 Milhões e Minha Startup (Leia aqui: http://viverdeconstrucao.blogspot.com.br/2017/08/casa-de-4-milhoes-e-como-chegar-la.html), eu abri a minha mente ainda mais, e tenho a máxima certeza de que para conseguir chegar a este nível de poder comprar uma casa de 4 milhões, eu preciso aumentar e muito o meu aporte, e não adianta, nem se eu me tornasse Gerente Sênior Mega Blaster Hiper Super na minha empresa atual, eu não conseguiria ganhar de forma escalável, e não ganhar de forma escalável significa que eu poderei sim atingir a Independência Financeira, mas não a Independência Financeira com 10 milhões em barras de ouro que valem mais que dinheiro de reais.

Estava lendo no blog do amigo Burguês Inglório os textos da lenda viva da Blogosfera chamada ‘Zé Mobral’, um cara super alto astral, com causos muito engraçados e que eu tenho certeza que seria meu amigo (ou eu pelo menos tentaria ser amigo dele), caso ainda estivesse com seu blog ativo.

Percebo que na vida financeira, apesar de me dizer um cara super moderado, eu uso sim parte do que li no livro Axiomas de Zurique, onde me lembro de algo que falava que devemos arriscar, pois, pobres já somos, e se perdermos um montante X de reais, continuaremos pobres, mas, se conseguirmos vencer, seremos ricos.

Sim, eu tenho meus investimentos mais arriscados.

Até pela falta de Tempo, nestes dias, acabei realizando um investimento muito arriscado, e que me fez perder o sono a noite, sinal de que estou arriscando mais do que posso perder, apesar dos retornos significativos, mas a saúde financeira e mental são meu guia, e pretendo reduzir a minha exposição na próxima semana.

Como disse, acabei tomando um caminho do empreendedorismo de forma indireta, talvez dê mais detalhes no blog, talvez não, mas fato é que o empreendedorismo sempre guiou a minha subida patrimonial, e graças a ele (empreendedorismo) eu posso dizer que atingi 1 milhão de reais.

Algumas pessoas negativas dizem que não pode incluir imóvel, mas, a opinião dos outros pouco importa. Normalmente quem diz que não se contabiliza imóvel são justamente aqueles que nem com imóvel incluído podem dizer que conseguiram algo na vida, mas, não quero ir por este lado, vamos continuar na linhagem positiva do blog.

Voltando ao ‘Zé Mobral’ e seus incríveis textos, eu vejo a raça que ele tinha, a gana em vencer em Ações, como na que eu tenho com meus investimentos diversos, e achei isto muito bacana.

Me identifiquei muito com ele na questão de andar como pobre, ser frugal, treinar na academia, comprar suplementos.

Eu já andei como pobre, mas, na época eu não tinha mesmo condições de comprar muita coisa.

Hoje, graças a Deus e a tudo que ele me propiciou, eu compro roupas em alfaiataria, se tratando de roupa social, e em lojas de marca quando são roupas mais casuais.

Continuo frugal, mas, de vez em quando vou lá e gasto R$ 3.000,00. Qual o problema? Nós trabalhamos e aportamos para viver.

E foi assim que eu também decidi, de última hora, realizar uma viagem.

Minha família, que sempre me ajuda e cito pouco aqui, pediu para pagar 50% dos gastos, mas eu não vejo necessidade, afinal, viajarei apenas com os rendimentos passivos dos Fundos Imobiliários: Estou tirando um mês de rendimentos para viajar. Qual o problema? NENHUM.

Bem, já são 23:53 e ainda terei que revisar este texto, fico por aqui.

Se o que eu quis dizer não foi bem assimilado, o resumo da primeira lição é: Tempo é dinheiro, justamente por permitir que possamos pensar e executar nossas ideias empreendedoras. Já no lado dos aportes, Tempo é dinheiro justamente por maximizar o fator Juros Compostos.

O Tempo é nosso amigo, e eu quero e preciso ter mais Tempo.

Segunda lição: A forma mais rápida de enriquecer é realmente empreendendo em um negócio escalável.

Exemplo: Se você abrir uma padaria, e sua padaria der lucro de R$ 10.000,00 mês, se você reinvestir o lucro abrindo uma segunda padaria e tendo o mesmo sucesso, sua renda passa a R$ 20.000,00. É isto o que eu chamo de escalabilidade.

Outro exemplo: Você presta serviços e fecha um contrato com um cliente, com renda mensal líquida de R$ 5.000,00. Se fechar com dois, são R$ 10.000,00. Com três, R$ 15.000,00 e assim por diante. ESCALABILIDADE é a chave do negócio.

Terei 4 dias de descanso para pensar e voltar com tudo para executar as minhas ideias, se, meu Trabalho assim o permitir ...

Um abraço e até a próxima postagem

.
.

VDE – VIVER DE EMPREENDEDORISMO

sábado, 2 de setembro de 2017

A Ansiedade para Pagar Contas e Problemas com o Internet Banking da Caixa Econômica ...

.
.

Fala galerinha, como vão vocês?

Sabem que vocês que perdem seu tempo lendo meu blog são verdadeiros guerreiros contra a Matrix!

Pessoas que estão cientes dos sacrifícios e da batalha intensa que deve ser travada para alcançar objetivos no futuro.

Não é fácil amigos, mas devemos seguir desta forma.

Não sei vocês, mas eu nutro uma intensa ansiedade em pagar as contas fixas que tenho no mês.

Falando sobre Contas: Esqueci de mencionar antes e complemento agora algo legal, pois neste mês eu consegui ligar, xingar e brigar muito negociar amistosamente com a companhia de TV / Internet e após receber um aumento de R$ 9,72 no próximo mês receberei um desconto de R$ 39,54 sobre o valor anterior. Uma vitória!

Neste  mês também economizo cerca de R$ 50,00, pois, após vender a última casa, estas contas de Água e Energia são de responsabilidade do comprador. Duas contas a menos, dois boletos a menos no mês!

O mês acaba, início do mês o Salário entra, as contas novas chegam e eu fico desesperado para quitar tudo e ficar livre, desta forma, meu dinheiro esta livre para ser investido com inteligência e paciência.

Neste momento estou com um pequeno problema de fluxo de caixa, e atormentado por não poder pagar uma conta neste momento.

Acontece que estou com um pequeno valor que recebi na nova conta da Caixa Econômica, aquela que abri exclusivamente para receber o dinheiro de venda da última casa (e que torço para que neste início de mês finalmente seja liberado, junto com meus juros do período, visto que a assinatura do contrato ocorreu em meados de Julho. Eu quero o dinheiro corrigido, desde esta data!).

Ah, este valor corrigido que eu disse acima logicamente entrará como Renda Passiva, visto que vendi o imóvel por um valor X, e receberei X + % de juros do período.

Ou seja, minha Renda Passiva tende a aumentar, não chegando nos valores absurdos destes últimos 3 meses, mas deve aumentar um pouco mais, e, como sempre digo, este valor permanecerá ou em Poupança ou em Tesouro Direto Selic.

Ah, mas voltando ao assunto principal, não é atoa que às vezes dizem que não sou objetivo e que fico enchendo linguiça, eu explico as coisas num detalhe tão grande que conseguiria irritar até o mestre da paciência, Dalai Lama.

Voltando, então, tenho certa quantia que recebi nesta conta da Caixa Econômica, e não consigo utilizar pois o prazo para a troca da primeira Assinatura Eletrônica era de 15 dias, e provavelmente eu não a troquei, o que acho estranho, pois estava certo de que já tinha feito esta transição.

Então, tenho dinheiro lá, poderia pagar duas contas deste mês (no meu Fechamento Patrimonial eu já tinha realizado o pagamento da maior parte, mas faltavam estas). 

Como estou inquieto com esta conta, que vencerá no dia 11/09, mesmo sabendo que no dia 04/09 terei renda entrando, eu até liguei para o Internet Banking da Caixa (atendimento), mas segundo eles só poderá ser resolvido se eu for presencialmente na agência, que fica bem longe na verdade da minha casa (agência indicada pelo despachante da Caixa, na transação de venda do imóvel), e verei o que farei.

Vou tentar vencer a ansiedade, que é algo intrínseco de meu perfil, e aguardar tranquilamente, realizando o pagamento no dia 04/09, ou no mais tardar no dia 05/09.

Nestas horas eu gostaria de ser mais nível “Julius, do Todo Mundo Odeia o Chris”, e deixar para pagar as contas no último minuto do último dia (risos).


.
.

Aquela vontade de aportar bate forte, mas este mês seguirei à risca o que eu mesmo disse: Tirando este caso específico, mas que não é um aperto financeiro, este mês não quero usar o Cheque Especial neste mês, nem se aparecer aquela oportunidade e eu não tiver capital para comprar.

A minha ideia era justamente usar este dinheiro parado na conta Poupança da Caixa Econômica, para realizar os meus pagamentos e já ir gastando, digamos assim, mas, mantendo-se lá, sem problemas também, devo ser mais paciente e menos ansioso.

De qualquer forma, uma ida presencial nesta agência  será obrigatória, pois, o montante a ser liberado da venda do último imóvel é alto, e irei presencialmente para permitir a transferência para o meu banco, e após provavelmente do meu banco enviarei os recursos à corretora para comprar Tesouro Direto (segurando a vontade de aportar em Ações ou FIIs).

No pior caso, manterei na Poupança, do meu banco, que tenho maior controle que esta conta da Caixa Econômica.

E assim vou vivendo, e torcendo para que o próximo Fechamento Patrimonial seja ainda melhor que o deste mês de Agosto.

Um abraço e até a próxima postagem!

VDC – VIVER DE CONTAS

.
.

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares