Total de visualizações de página

domingo, 27 de março de 2016

Girar Patrimônio Gera Redução de Patrimônio! Um Exemplo Real da Redução no Meu ...

Boa tarde Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Ideias são o que não faltam para escrever aqui no blog! Minha mente é bastante criativa, e mesmo tendo investimentos, digamos, um pouco tediosos, há sempre alguma coisa nova a ser abordada.

Como disse em posts anteriores, nunca tive a preocupação em medir Rentabilidade, ou mesmo comparar a variação de meu Patrimônio entre o mês atual e o anterior. Na verdade, minha única preocupação, em relação a termos financeiros, desde que completei 18, 19 anos e iniciei no mercado, era ter um Patrimônio que me permitisse fazer o que meu pai fazia (e ainda faz), em épocas em que ele não tinha obras (o que era bastante raro): Ficar em casa, tranquilo, por ter uma poupança e rendimentos passivos que possibilitassem viver da mesma forma, ou seja, fazendo as compras do mês (comida), pagando as contas de energia elétrica, água, telefone e sobrando algum valor para sair com a família, em lugares simples, como fomos criados.

Enfim, este foi um mês em que eu divulguei, pela primeira vez, a contabilidade do meu Patrimônio, e, embora a Rentabilidade não seja algo que me preocupa (não esperem uma contabilização ativo a ativo, comparando preço de compra, dividendos / aluguéis e cotação atual, para saber se estou no positivo ou negativo em cada ativo), farei sempre o comparativo mês a mês, até para balizar a minha estratégia de investimentos.

Na minha humilde opinião, ficar comparando a Rentabilidade ativo a ativo somente gera uma vontade de vender os ativos que estão positivos (pois somos programados como a frase “lucro bom é lucro no bolso”), e também de vender o que esta no negativo (desfazer-se do prejuízo) ou abaixar o preço médio, com o conceito estúpido de “sair no empate”. Logicamente, é apenas a minha opinião pessoal, que aplico aos meus investimentos, e respeito todos os colegas que fazem este controle, pois, no mercado financeiro não há uma “receita certa para fazer o bolo”, cada um faz aquilo que melhor se aplica a si mesmo.

Voltando a ideia que pretendo passar neste post, quero mostrar com um caso real que o Giro de Patrimônio, que à princípio pareceu a melhor estratégia, se tornou na verdade uma redução de meu patrimônio, mesmo com o Lucro que tive e que a aplicação deste valor recebido possa trazer retornos no curto / médio prazo.

VDC, qual Giro de Patrimônio você fez?

Para quem acompanha o blog, eu citei a venda de um lote que eu tinha, 375 metros quadrados, plano e acima do nível da rua, ao lado de um poste de energia elétrica, ou seja, do jeito que eu gosto p/ construir.

O valor estimado de venda: Considerando as prestações a serem pagas p/ quitação, valorização futura, metragem e venda de lotes próximos, fixei o valor de R$ 55.000,00, após ficar com o lote por cerca de 1 ano anunciado (praticamente comecei a vender na intensificação da crise econômica com valor de R$ 50.000,00), sem receber muitas propostas. 

Felizmente aumentei um pouco o valor, pois considerando prestações próximas de R$ 700,00 por mês, eu gastei R$ 8.400,00 a mais, ou seja, meu lote, anunciado a R$ 50.000,00, deveria na verdade estar c/ preço fixado em pelo menos R$ 58.000,00. E eu mantive a R$ 50.000,00 e não tive propostas interessantes.

Durante uma fase onde fiquei sem paciência, cheguei a anunciar no OLX por R$ 45.000,00, e nem assim consegui a venda.

Quando desisti de vender num preço abaixo, e comecei a traçar estratégias de fazer alguma benfeitoria no lote, para tentar aumentar o valor, ou mesmo um planejamento inicial de construir 4 casas de baixo valor, acompanhando a ideia de outro construtor que construiu 4 casas, vendendo duas na faixa de R$ 120.000,00, surgiu uma proposta, e acabei fechando negócio.

Mas, no Giro de Patrimônio, alguém tem que pagar o Governo, as Corretoras, e o próprio Mercado:  Num valor de R$ 55.000,00 esperados, o valor fechado ficou em R$ 53.000,00 (lembrem que no meu patrimônio, eu considerava o lote com valor de R$ 55.000,00).

Excelente VDC, mas você perdeu apenas R$ 2.000,00 neste negócio, e poderá alocar o valor para outro investimento. Negativo ...

Como, para vender este lote e me livrar desta incômoda prestação, que subiria acima de R$ 760,00 por mês (variação anual, conforme IGPM), eu não recebi uma proposta em dinheiro à vista, e sim, com entrada de um veículo, não tão comercial quanto eu gostaria, mas que apresenta possibilidade de venda nos próximos meses, sem que eu precise entregar numa agência.

O veículo entrou com valor de Tabela Fipe (R$ 40.000,00), mas, quem hoje em dia consegue vender um veículo a preço de tabela Fipe?

Além disto, tive que pagar a transferência, uma taxa cobrada pelo Governo do estado onde moro, além do despachante (devido ao horário e pressa, tive que contratar um despachante para fechar tudo no mesmo dia).

Resultado: Provavelmente, sendo otimista, venderei este veículo por volta de R$ 39.000,00, e no pior dos casos R$ 38.000,00.

Vejam que, neste Giro de Patrimônio, praticamente vendi o lote pelo mesmo preço de R$ 50.000,00 do início de 2015, com a diferença de que investi quase R$ 10.000,00 pagando as prestações dele durante este tempo. E se eu coloco a variável tempo + juros neste valor ... A redução do meu lucro aumenta ainda mais.

De forma resumida, no meu Patrimônio declarado no blog, este lote de R$ 55.000,00, cairá para R$ 53.000,00 neste primeiro momento, e na venda deste novo veículo adquirido nesta troca, ficará próximo de R$ 50.000,00.

Para não estragar a surpresa da postagem, no que tange aos valores, sem a venda do lote, considerando valores absolutos, eu ultrapassaria a barreira dos R$ 900.000,00 (contribuição muito especial da valorização das cotas dos Fundos Imobiliários e também de ter finalizado as duas casas, o que contribuiu positivamente, pois aumentei R$ 5.000,00 em cada casa, conforme valor final que paguei).

Melhor explicando os demais pontos considerados: Na venda das casas (finalmente prontas), estou considerando um valor intermediário, entre o preço desejado (visão otimista) e o menor preço de venda (visão pessimista), desta forma então considerando cada casa ao custo de R$ 230.000,00 (não considero neste momento o imposto sobre o lucro da venda, ou seja Imposto sobre Ganhos de Capital). Vejam que, até mesmo gerando renda, aumenta patrimônio, você é obrigado a compartilhar os lucros com o Governo.

Além disto, ou neste fechamento mensal ou provavelmente no próximo, pelo menos 1 mês de rendimento ainda será consumido pela obra, visto que ainda tenho que Registrar a Averbação das Casas + Convenção de Condomínio (custo estimado de R$ 2.200,00) e pagar o ISS da obra na Receita Federal (R$ 6.000,00 estimados). Ou seja, praticamente meu rendimento fixo mês (Salário + Dividendos da Sociedade) ainda serão consumidos para conclusão da Obra.

Sobre a obra, veja que a velha história de que Construção Civil gera 100% de rendimento sobre o investimento total, não passa de uma fantasia. Se gerasse 50% eu já estaria muitíssimo feliz ...

Entrará também como Dividendos da Sociedade o valor que já paguei e os próximos pagamentos referente ao Processo Trabalhista, que me comprometi a pagar 100% e receber 50%, aos poucos, de meu tio. Nesta brincadeira, eu já paguei R$ 3.000,00 do meu bolso, com estimativa de gastar pelo menos mais R$ 3.000,00, ou seja, meu Patrimônio cairá (ou deixará de subir) algo em torno de R$ 6.000,00 para a conclusão desta pendência, onde colocarei metade (estimados R$ 3.000,00) como Dividendos da Sociedade.

Felizmente houve o bônus de R$ 3.600,00, também não esperado, mas contabilizarei somente ao recebe-lo, referente à receita com Trabalho.

Para quem gosta de Rentabilidade, desconsiderando os R$ 3.000,00 que paguei (não esperados, não provisionados) a Rentabilidade em relação ao mês anterior, no momento, estaria positiva em 1,61% ... Com este gasto inesperado, fica em 1,27%, que também não é um número ruim. Provavelmente ficará em 1,61% devido ao Bônus recebido no Trabalho.

Se desconsiderarmos a variação que ocorrerá nas cotas de Fundos Imobiliários nos próximos meses, e considerando também um Patrimônio na casa dos R$ 900.000,00, eu posso dizer que meu Patrimônio estará crescendo numa velocidade de 1% ao mês, o que dará cerca de 12% ano ano ... Ah, se não fosse a Inflação ...

Agora, se eu considerar meu Patrimônio Líquido, esta brincadeira de simular cenários e fazer contas fica excelente: Desconsiderando os valores das contas à pagar, eu teria um rendimento médio de 8,06% ao mês sobre o Patrimônio Líquido, que logicamente tenderá a reduzir (percentuais) à medida que o acumulado aumente, mesmo mantendo o mesmo valor de aporte. Considerando somente o Aporte mesmo (tirando o dinheiro que preciso para o mês), este rendimento cairá para 6,29%. Uau!

O que eu posso dizer, fazendo todas estas contas simples em planilhas Excel, é que definitivamente, eu não preciso correr tantos riscos, então tenho que obrigatoriamente começar a pensar em Renda Fixa, talvez diversificando o aporte, mas ainda farei mais aportes na Renda Variável mesmo, acredito no potencial de valorização, mas não posso expor tanto o meu Patrimônio à Renda Variável, é obrigatório para mim balancear usando a Renda Fixa, tentando manter os rendimentos de 1% ao mês.

Pergunto a vocês leitores, Tesouro Selic seria uma estratégia de 1% ao mês? O que vocês me indicariam, para um aporte mês a mês? Considere que sou leigo em TD Selic.

Fato é: Até que eu venda pelo menos uma das unidades das casas geminadas, eu permanecerei como um investidor comum, ou seja, Renda Variável e Renda Fixa, tentando fazer alguma renda a mais com meus Projetos Digitais, até que eu tome coragem e arrisque, criando um negócio mesmo em cima dos Projetos Digitais (empreendedorismo, fica para outro post).

O meu número dos sonhos, que agora é ultrapassar a barreira dos R$ 900.000,00, foi extremamente prejudicado por este custo trabalhista não esperado, com isto este objetivo ficará postergado, para mais 2 ou 3 meses, no mínimo, pois acredito que os FIIs já valorizaram bastante, e a tendência agora será uma pequena queda, e contando com meus aportes, não há nenhuma mágica que me faça gerar mais de R$ 20.000,00 em menos de 2 meses ...

Como eu gostaria de ter os aportes monstruosos acima de R$ 20.000,00 ...

Talvez, com a venda das casas, e eu dando um tempo em Construção, um valor de R$ 460.000,00, divididos em Renda Fixa (este valor é um que não posso arriscar), daria R$ 4.600,00 mês considerando 1%, com as demais rendas, começarei a aportar, quem sabe, à partir de R$ 11.000,00 mês ... Aí sim começarei a vislumbrar algo maior, mas, a Construção é e sempre será o meu carro chefe no aumento patrimonial, afinal, eu trabalho e fico nestas contas todas justamente para ter o prazer de ter uma Renda Passiva que me possibilite trabalhar somente com Obras.

O resumo do post exemplifica, com meu próprio exemplo, como o Giro de Patrimônio prejudica a vida de quem quer aumentar o Patrimônio, portanto, girem menos o Patrimônio, foquem em acúmulo e deem Tempo ao Tempo, multiplicando o Valor de seus Investimentos.

Sobre o Blog e Posts.: Ficar colocando sublinhado, pintando de verde os lucros, de vermelho os prejuízos e colocando em negrito gera bastante trabalho! Este é o meu compromisso com você, caro leitor, de deixar um texto bem bacana e agradável para a leitura. Convide seus amigos, vamos fazer deste blog um local para bate papo de investimentos! Mais comentários, gera mais vontade de postar, e tenho muito a comentar ainda neste humilde local.

Divulgue este humilde blog, quem acompanha e não posta, poste mais! Conte a sua história nos comentários, dizendo o que você esta fazendo em busca da Independência Financeira. Eu gosto muito de ler sobre como os demais Guerreiros do Milhão estão lutando na busca da IF.

Tenho planos para melhoria da Blogosfera de Finanças, de unir ainda mais todos estes Guerreiros do Milhão, sem brigas, todos trabalhando em prol da Independência Financeira ... Uma das ideias que tenho, é criar um Chat para podermos trocar ideias, 24 x 7, ou seja, aberto 24 horas, 7 dias por semana! Como não podemos nos encontrar pessoalmente, acredito que seria muito bom ter um local para a troca de ideias, quem sabe até por voz!

Aos amigos que postam somente os fechamentos mensais, vamos criar mais conteúdos, gerar ideias, discussões, isto é muito prazeroso e benéfico, eu particularmente adoro os Blogs de Finanças.

Um grande abraço, excelente Domingo!

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

76 comentários:

  1. Assim voce fica me coagindo a comentar, estou sem tempo, mas começarei a comentar mais os posts que sempre acompanho. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amigo.

      E uma coacao amigavel rs.

      Fiquei lendo posts de outros blogueiros que simplesmente pararam de postar, alguns nem mesmo com um post de adeus, em 2012, 2013, 2014.

      A troca de ideias, comentarios e participacao impede que isto ocorrera, mas eu nao estaria escrevendo mais se nao tivesse os comentarios bacanas que aqui recebo.

      Abraco

      Excluir
  2. Legal esse post! Não entendo nada de imóveis ou construção, mas o ponto que você quis chegar eu entendi, na renda variável é a mesma coisa, quanto mais gira mais se perde para intermediários (corretora, governo etc...).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse ponto, na renda variável é mais vantajoso: não paga imposto em giro mensal inferior a 20 mil, e as corretagens são baratas. Agora é inerente ao negócio do VDC, como ele mesmo explicou, giro das construções que ele executa, gerando impostos, mas lucrando bem acima da renda fixa.

      Excluir
    2. Ola Sovina.

      Eu quis enfatizar esta ideia mesmo.

      Independente do que voce faca, girar patrimonio e sempre um custo a mais que voce ira pagar, seja em corretagens, spread, imposto de renda ou outros impostos / taxas.

      Veja um exemplo: Se eu decido usar meu FGTS parado para trocar de apartamento, terei que pagar ITBI e varias outras coisas, ou seja, ate adquirindo um bem de maior valor temos que pagar impostos.

      Agora, sou um dos piores clientes da corretora, pois so faco algumas compras no mes, e pretendo mudar isto para no maximo 2 ou 3 ordens de compra mensais.

      Abraco

      Excluir
    3. Verdade R1,

      Apesar dos estresses, correria, gastos, a construcao e gratificante e aumenta o patrimonio mais que outras aplicacoes que conheco.

      Excluir

    4. VDC pelo conhecimento que tenho um bom construtor ganha no terreno&matérias etc.
      Tirando toda questão de impostos custos etc sobra deve sobra algo em torno 35% a 50% de lucro líquido não?

      Excluir
    5. MD, sempre bem sincero, os meus não estão chegando perto de 50% não ... Pois há custos não contabilizados da venda, como o imposto sobre ganho de capital, que pagamos sobre a venda ... Eu estou na faixa dos 30, 35% apenas.

      Agora, li um comentário de um colega aqui sobre construir em lote de outra pessoa, por exemplo, ofertando uma unidade dos imóveis construídos.

      Como ganhamos na construção, em relação a comprar a mesma casa feita por outra pessoa, se torna extremamente viável e acredito que aumenta sim o retorno, pois reduz-se o preço do lote, que hoje pra mim é o que mais pesa e o que inviabiliza eu construir em minha cidade.

      Abraço

      Excluir
  3. Quer um conselho 'bom' e grátis? Faça o que sabe, invista em construção e jogue o resto em renda fixa (estude tesouro, LCI, LCA), mas não se iluda, não existe renda saudável de 1% ao mês ao longo de décadas, nem buffet consegue isso.

    O segredo está em fazer o que se sabe, e já que você sabe mexer com construção de foco nisso! Não se arrisque fazendo o que não sabe (investir em FII loucamente).

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amigo.

      Seu conselho e muitissimo valido, veja que na minha estrategia ha um dinheiro que nao posso mexer, que e do retorno da venda das casas, justamente para continuar meu negocio em construcao.

      Preciso mesmo entender mais de renda fixa, seja com TD, CDB, LCI ou LCA, para comecar a direcionar meus aportes nesta modalidade.

      Os FIIs sao um tipo de investimento que gosto, pois sao mais proximos as construcoes, alugueis, mas nao tenho condicoes mesmo de analisar em detalhes cada FII e conseguir antecipar vacancias e problemas, ou mesmo entrar antes e ganhar na valorizacao das cotas, tenho que reconhecer que nao tenho este perfil e nem conhecimento.

      O que espero e manter os alugueis recebidos nesta faixa de 0,8% a 1,2% ao mes, dos FIIs que adquiri.

      Abraco

      Excluir
    2. Buffet conseguiu uns 20% de lucro ao ano pelo que li. As vezes mais, mas ele é ele.

      Excluir
    3. Anon tu tem que entender que deste 14% do CdI 10 é inflação.
      Temos maiores juros reais em tese girando em torno de 5%.
      A diferença seria que países desenvolvidos inflação se revela baixa pela capacidade de produção elevadas das indústrias.

      Conhecimento financeiro BUFFet fez uma média de 20% a.a antigamente era mais fácil comprar empresas descontadas.
      Na ultima décadas desempenho dele foi muito similar ao índice.


      Excluir
    4. Interessante. E me arrisco a dizer que quem se basear nos dados passados sobre ações serem o investimento mais atrativo vai se dar mal, pois o dolar vai sofrer um crash cedo ou tarde. Desde 2009 aquilo de ações darem mais lucro não vale mais.

      Excluir
    5. Só uma observação sobre Buffet... não esqueça que Buffet negocia em mercados desenvolvidos... quero fazer um paralelo direto com inflação.. a inflação projeta hoje para os EUA .. é 2%.. na Europa estavam com medo de deflação ... uma coisa é você "ganhar" 15% no ibov.. com a inflação de 11%.. você ganhou 4%... outra coisa é ganhar 20% em um país onde a inflação é 2%... muita gente esquece desse fator... uma empresa no Brasil que aumentou seu lucro em 10%.. na verdade não foi pra frente... pense que tudo hoje está 10% mais caro ..

      Excluir
    6. O fator Inflação é mesmo negligenciado ...

      Convenhamos também, na época do Buffet não existia tanta informação disponível como hoje, ou seja, com muito trabalho, buscando as empresas com VPA abaixo do preço, ele fez bilhões!

      Excluir
  4. VDC,

    Como o anonimo no atual momento também ando com tempo reduzido ...

    Sim pintar o texto de várias cores ajuda bastante na visualização ..

    Sobre o TD... minha humilde opinião.. é ... depende ....

    Se a ideia for convicta em ficar na renda fixa, por um prazo longo, acho que o título mais apropriado seria o NTNB, pois a ideia do investidor de longo prazo de renda fixa é ter ganho real ( a cima da inflação).

    Agora se você fizer uma gestão mais ativa (claro que isso incorre em mais gastos com corretagens e etc) é tentar analisar a curva de juros. Claro que tentar se beneficiar de timing.. gera entradas erradas ... dá uma olhada no meu histórico do mês passado da renda variável.. -17,9%. Mas também, se tivesse entrado no TD pré, como está na carteira .. com a última atualização estaria com 6,78% em uma operação de 2 meses em renda fixa e usando uma curva curta.. se tivesse ido de título longo, estaria com um lucro muito maior.. mas também seria mais arriscado caso os juros tivessem subido ...

    Eu sinceramente tento usar o timing a meu favor... separo uma parte da grana para FII... se acho que a curva de juros vai cair... entro em FII.... se ela vira... entro em títulos pós fixados...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodolfo.

      A NTNB, 2050 preferencialmente, somente se aplicaria a mim no plano final de IF, investindo o total em milhões que me provesse a renda de R$ 10.000,00 seguindo a inflação, que é o objetivo.

      Realizar trade em TD, não é meu objetivo.

      Interessante a ideia de tentar montar um plano baseado nas perspectivas futuras da curva de juros, no momento penso eu que a tendência é de queda, fato este que esta motivando uma subida da bolsa e dos FIIs, mas, sem acertar estas desavenças no governo, não dá para ter certeza de nada, pois tudo muda da noite para o dia.

      Seria o TD Selic a solução dos meus problemas? Qual seria a rentabilidade real do TD Selic, para usar como uma "poupança", ou seja, com valores que possam ser retirados, caso necessário?

      Abraço

      Excluir
    2. VDC, particularmente, invés do TD Selic, estou usando o Sofisa Direto como poupança, CDB liquidez diária. Melhor que o Tesouro Selic por 2 motivos:
      1) maior liquidez: o saque é instantâneo, com o Ted feito na hora pra minha conta corrente convencional. O Tesouro só me creditaria no dia seguinte da solicitação.
      2) maior rentabilidade: embora seja 100% da CDI, que é menos que a Selic, não tem intermediário, nem taxas da Bovespa.

      Excluir
    3. Ola R1.

      Interessante sua compra.

      Vou pesquisar um pouco mais, parece ser uma boa opcao, e pretendo diversificar mais na renda fixa agora.

      Abraco

      Excluir
    4. Rena N1 CDB da sofisa?
      VDC para Giro recomenda-se Fundo DI cm taxa de adm 0,5% e CDB com resgate em D + 0.
      Agora pra surfar no CDI com alto lucro LCI& LCA.
      LFT seria uma opção intermediaria dependendo da taxa que sua corretora corretora cobra praticamente empata com fundo DI.
      Se pegar aquelas LCI de 100% do CDI que teve algum tempo atrás.
      Bater 13% a.a com trade ou gestão ativa é foda to penando aqui para empatar com CDI.

      Excluir
    5. Haha, se fosse para fazer uns -30% (negativo), seria apenas eu me dedicar ao daytrade, sou fera no stop loss rs.

      Excluir
    6. VDC.. acho que o TD selic não é solução para o problema de ninguém rs ... digamos que acho uma opção para se perder menos... mas se a liquidação é muita curta.. concordo com o mestre que as opções apontadas por ele seriam mais interessantes .. .

      Esse banco sofisa não sei .. há alguns anos saiu alguns boatos de que as lcis não tinham lastro real ... aparentemente. .eram só boatos ...

      Excluir
    7. Poxa vida, quando eu vejo o MD e você Rodolfo com estas super dicas , eu me acho um completo leigo em investimentos.

      Tá difícil, mas estou tentando seguir algumas dicas, ou pelo menos entender um pouco melhor.

      Abraço

      Excluir
  5. A taxa Selic deve começar a cair nesse ano, vai ser difícil ter rentabilidade de 1% a mês, com a inflação acima de 10% temos 4% de ganho real no tesouro Selic, uma forma de calote branco do governo...

    Meu plano é sacar tudo do TD e investir em FII e ações ( algumas small caps ).

    Com 2000 de renda passiva eu não trabalho mais ( em empresas... ), falta 1300 hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo.

      Também acredito numa queda dos juros, a curto / médio prazo.

      Você esta usando Tesouro Selic?

      Não sei qual seu patrimônio, mas R$ 200.000,00 investidos em bons FIIs trariam seus R$ 2.000,00 de renda passiva, ainda corrigidos pelo IPCA, conforme locação de aluguéis, somente indicaria não adquirir FIIs com prédios no Rio de Janeiro, devido ao período de crise adicional, causada pelo petróleo.

      Meu plano são R$ 10.000,00 de renda passiva, ainda estou muito longe do meu plano ...

      Abraço

      Excluir
    2. Amigo quando tu pensar em comprar mercado já precificou e retorno já foi, melhor comprar o quanto antes.
      Agora sobre este lance de querer achar que ação e FII vai ser salvação da lavoura pode esquecer que vai pipocar muita vacância e revisional por estas terras KKKK
      O pessoal faz uma contabilidade burra precifica NTN-B com FII << sendo que FII tem risco de revisional, vacância etc.
      Outra coisa que não recomendo seria comprar quando governo abaixar o juros na marra não adianta mais tarde vão ter de subir de novo porque inflação vai voltar com força, nessas horas quem tem dinheiro na renda fixa compra FII e ações na baixa leva de baciada quando curva de juros se inverte esquece FII se não vai fazer que não o pessoal de 2012 que comprou no topo histórico.

      Excluir
    3. Eu invisto tudo em Tesouro Selic, eu tinha Tesouro Prefixado 2018 que comprei com taxa de 16% anual, mas vendi e apliquei tudo em SAAG11 que valia 81 e foi pra 88 :D
      Se fosse um tempo atrás já teria vendido mas estou mudando minha cabeça, eu vivia girando patrimônio feito doido, achando que iria ficar rico assim hehe

      Tenho uma casa alugada avaliada de uns 250k ( só o lote que presta, comprei por 80 ), mas não pretendo vender ou construir algo melhor ainda.

      Sempre fui contra investir em imoveis, seu blog está me ajudando a mudar isso ;)

      Meu objetivo é so investir em renta variavel nos proximos meses.

      Desde dos 18 anos meu objetivo era conseguir uma renda passiva de 2k, mas com a inflação a mais de 10% vou precisar de 5k...


      Minha carteira atual:

      Tesouro Direto - 75,18%
      Ações - 16,05%
      Fundos - 8,77%

      Excluir
    4. Tesouro direito da pré fixado se tu pegou aquela taxas acima de 7% mantenha que é ouro puro.
      Parte pós fixada eu já iria reduzindo ao poucos, mas nunca ficaria zerado se tu tem LCI LCA até selic chegar abaixo de 10% tu já ganhou um caminhão de juros.
      Quando curva de juros inverter vou começar aportar em renda fixa, porque do jeito que anda política econômica não adianta baixar a Selic na marra depois de 1 ou 2 anos tem de subir a força, até la terei muito dinheiro para aportar novamente em pré fixados IPCA e FII.



      Excluir
    5. MD, faz todo sentido.

      Infelizmente nao fui dos sortudos que pegaram as taxas acima de 7%, apesar de ainda considerar 6,5% uma taxa atrativa.

      Abraco

      Excluir
    6. Só fica esperto com calote se dívida chegar acima de dos 80 do PIB começa realizar um pouco de lucro e comprar dólar.

      Excluir
    7. IVV11B seria uma opcao? Conhece?

      Com certeza, e a tendencia e nosso problema fiscal se agravar, com as medidas descabidas do atual governo.

      Excluir
    8. Apenas protege e caso calote inflacionário lastreado no índice oficial.
      Mesmo assim leva fumo se maquiarem índice oficial e majorarem alíquota de resgate.

      Excluir
  6. Repetindo o que escrevi no meu post sobre renda passiva.
    A maioria é perdedora em qualquer coisa porque acredita no método mágico, existe atalhos ninguém pode negar, mas quase sempre estes atalhos ou te jogam muito para frente ou tem fazem afundar muitos anos, a maioria na bolsa vive querendo dar aquela tacada de mestre sem usar devidamente gerenciamento de risco.
    Outra coisa que muita gente se ilude, operar grande.
    Cara pensa que vai ficar rico fazendo day trade com 500 mil ou 1 milhão de reais girando todo capital, besteira pura quanto maior o capital menor tende a ser exposição.
    Não compensa arriscar muito em pais com taxa de juros que dificilmente devem ficar abaixo dos 10% a.a nos próximos anos.
    custa-se trabalhar com 3 níveis o primeiro piso seria sobrevivência aumento constante a renda passiva, seria aconselhável antes de pensar em viver sair do nível sobrevivência a qual se revela um nível que alguém com um mínimo de cabeça pode sair com 5 anos de sacrifício abrindo mão de carros , luxos,roupas, modismo etc.
    Se o sujeito se formar com 22 e tiver algum guardado ele pode sair deste nível com 25 até 30 anos.
    No segundo nível ele pode pensar em abrir mão e continuar apenas reaplicando os proventos tudo que ganhar por fora pode ser direcionado para aumentar seu padrão de vida, lembrando que o que entrar na carteira de investimentos morri la, ele só pode contar com dinheiro de fora além de ter um reserva de emergência a qual não é contabilizada a carteira de investimentos.
    Terceiro nível só para carteiras milionárias nesse nível ele pode estipular uma taxa de retirada mensal para uso fruto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MD,

      Infelizmente tenho que revelar que fui um dos deslumbrados que pensou que fazer daytrade era o caminho da riqueza ... Como eu era ingenuo.

      Pelo menos tive perdas pequenas nesta fase, justamente por nao ter um gerenciamento de risco, primeiramente, e um plano de trade (onde entro, onde saio com perda, onde saio com ganhos).

      Dinheiro investido deve obrigatoriamente permanecer investido, outro erro que cometi, precisando de dinheiro aplicado em renda variavel.

      Interessante que os bons traders pegam parte do lucro, reinvestem, e a maior parte compram valor, ou seja, tiram do risco do daytrade e colocam em algo seguro.

      Belos comentarios MD, eu tinha que ter lido isto era antes de 2010, pois tive que aprender na pratica todos estes erros rs.

      Abraco

      Excluir
    2. fazer lucro com DT consistente por uma prazo longo é muito dificil .. não é pra mim .

      Excluir
  7. Olá, VDC. Acho que você pegou pesado ao achar fantasia os retornos maiores. Talvez sua região não seja propícia, ou o fato de ainda não construir pequenos prédios, não fazer permutas... não sei.

    No pouco tempo que invisto com um construtor, vi retornos recorrentes no empreendimento total na faixa de 70-85%aa. Eu pego uma parte disto, mas vc que faz tudo, teoricamente poderia conseguir o mesmo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Postei a resposta abaixo, agora que vi que comentei ao invés de responder aqui.

      Excluir
  8. Olá Luis,

    Gostaria que fosse possível, mas na minha região, e acredito que em qualquer capital, não é possível chegar nem próximo de um retorno de 100%.

    Eu afirmo isto com experiência nas obras anteriores e nos colegas construtores que já acompanhei, a média varia entre 20% a 35% do valor investido.

    Concordo que com talvez numa permuta, seja possível sim aumentar o lucro, acima do que estimei acima, mas ainda assim um retorno de 100% é um mito para mim.

    Qual tipo de empreendimento você constrói para ter este retorno? Prédios? Se sim, quantos andares / unidades?

    Veja que eu ainda não pago encargos trabalhistas (infelizmente tive o primeiro problema com um contratado por isto), e se eu pagasse meu retorno seria ainda menor.

    O único tipo de retorno que vejo próximo disto seria investimento em lotes sem escritura, devido ao maior risco, teria maior retorno, mas por não conhecer bem deste tipo de negociação prefiro estar fora deste mercado.

    Gostaria muito de entender como você consegue maiores retornos, seria uma excelente contribuição, e talvez eu possa mudar meu pensamento atual.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, vou ser sucinto aqui, até pq eu passei a vender cotas nestes empreendimentos e não acho correto fazer merchan no seu espaço, mas posso te dar mais informações privadamente.

      Não entendo NADA de construção, minha parte é financiar a obra e partilhar lucros. O parceiro cuida de TUDO, incluindo negociação, construção, regularização, venda e burocracia. A construção É numa grande capital e sempre com permuta. Já fiz construções de 3 casas, condomínio de 6 casas e pequenos prédios de até 3 andares, com 15 a 18 unidades.

      Retorno total sempre acima de 75% (a ser partilhado). Quando acabou meu capital para isto, passei a oferecer cotas a terceiros (com pedágio).

      Abraços

      Excluir
    2. Ola Luiz.

      Continue neste empreendimento, pois construindo os lucros passam longe disto.

      Talvez numa boa negociacao de permuta, pois comprando o lote nao consigo chegar nem perto de 50%.

      Abraco

      Excluir
    3. Já vi retorno na base de 30 a 50% em construção. Acho que já vi mais mas o cara era dono de olaria, construtora, loja de material, etc. rsrshrsrs

      Excluir
    4. No período descrito como "Bolha Imobiliária" era até possível sim, agora esta difícil fazer mais que 35%.

      Excluir
  9. VDC, muito bom seu Blog. Vou ler com calma as demais postagens.

    Sobre girar patrimônio, concordo plenamente que é um custo muito alto e evito a todo custo.

    Ja add seu blog na minha lista.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola EI.

      Obrigado amigo, adicionarei o seu assim que ligar o computador, e estarei comentando seu blog.

      Abraco

      Excluir
  10. Por isso eu acredito: se o fluxo de caixa é negativo = passivo, mesmo que seja patrimônio. De qualquer modo o objetivo é acertar mais que errar, e você tem feito isso bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo CF.

      Girar o patrimonio, as vezes, e necessario, mesmo no primeiro momento tendo "prejuizo", que na verdade e uma reducao do lucro q eu teria mantendo o lote.

      Abraco

      Excluir
  11. Blog muito bom traz boas informações, to começando agora, não de forma financeira pois estou pondo a casa em ordem. Sempre gostei de construções e tenho muita vontade de construir. Certamente esse será meu investimento principal no futuro. Continue com seu blog pois é muito útil. Já add ele ao meu até mesmo para continuar acompanhando . Lá você pode saber um pouco sobre mim será gratificante recebe-los creio que tenho muito a aprender com vocês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola CI.

      Vou passar e ler seus posts, tendo bastante conteudo adiciono aqui.

      O velho investimento da construcao continua viavel.

      Abraco

      Excluir
  12. Grande VDC! Amigão, em primeiro lugar, parabéns pela paciência e, escrever detalhadamente os acontecimentos. Agora minhas considerações: girar patrimônio realmente não é uma boa. Muitas pessoas se iludem com isso mas não fazem as contas certas. Quanto às planilhas, eu gosto de ter cada coisa detalhada, uma aba para ações, uma para FII, outra para TD e assim por diante é além de postar a evolução mensal, coloco somente o líquido. Respeito sua opinião e acompanho seu blog mas Vó e já pensou em explodir sua planilha por tipo de investimento e colocar apenas o líquido ( este é o valor real que vc pode usar caso precise) e ainda evitar misturar seu salário com os investimentos? Às vezes fico confuso lendo seus post pois vc fala que ia ficar negativo mas pegou parte do salário e tal e aí fica um mexidão danado. Quando vc fala q seu patrimônio é de 900, na minha visão não é. A partir do momento que vc ainda tem as casas pra vender significa q vc não tem esse dinheiro líquido pra gastar. Se vc quiser passar a barreira do milhão, é só vc aumentar 25 mil em cada casa e pronto! Nas suas contas, mesmo que não tenha vendido ainda, vc venderá elas e qnd vender terá um milhão, mesmo sabendo que não vai vender naquele preço, me entende? Eu tb tenho um apartamento que está alugado mas não considero ele nos meus investimentos, sei que se vender ele aumento consideravelmente o valor que tenho investido mas além de não ser fácil vender, não pretendo vender agora por enquanto deixo alugado.
    Este mês tive pouco tempo pra escrever, semana que vem têm atualização mensal mas antes disso devo postar algo lá, depois passa lá pra confiaria e opinar.

    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá BPM.

      Eu terei sempre 2 fechamentos de patrimônio, sendo um bruto (que inclui meus imóveis) e um líquido (que inclui o que tenho em aplicações com alta liquidez).

      Veja o primeiro fechamento que fiz no ano passado, que detalha item a item meu patrimônio.

      Sobre a questão do salário, não entendi bem, na verdade eu considero talvez uma renda que recebo mensal, sempre separando salário de renda passiva (empréstimos + aluguéis + renda digital).

      Da mesma forma, eu considero um erro você não considerar o apartamento em seu patrimônio, pois sendo um bem, você consegue sim ter uma estimativa de quanto ele vale no mercado.

      Veja o caso do meu apartamento: Eu considero ele a R$ 250.000,00, pode ser que ele valha R$ 280.000,00, mas coloquei um preço mais real, considerando a venda e as taxas do giro de patrimônio.

      Lembre que meu blog tem uma estratégia diferenciada, pois quando eu chegar a um montante X de reais, eu irei vender tudo, e investir provavelmente em NTN-B (conforme taxas e governo) e aposentar, por isto considerar o patrimônio bruto p/ mim é muito importante, mas, sabendo que muitos leitores (no seu caso) querem ver meu patrimônio líquido, eu também tenho este fechamento.

      Pode postar lá que estou sempre presente, responderei sim amigo!

      Abraço

      Excluir
    2. Fala VDC! na boa, discordo completamente do nosso amigo aqui em cima. Dizer que imovel nao e´ investimento e´muito contraditorio e ingenuo. E dizer que o valor do imovel e´ relativo por ser possivel "ajustar" aleatoriamente 25 mil acima do valor de mercado? Ninguem em sa consciencia faria isso, a nao ser pra enganar a si proprio. Ou seja, o que e´patrimonio entao? Se for pelas contas dele, estou pobre!! Tenho apenas 4 mil na minha conta corrente, mais nada... investi 27,5K este mes em imovel pra que entao? Meu caro, hoje voce esta no topo da piramide, se e´ que ainda nao percebeu. Abs.

      Excluir
    3. Ola IC.

      Eu nem preciso dizer que sou fa de imoveis, e considero eles a parte mais importante do patrimonio, e a parte mais segura do que tenho.,

      Na contabilidade mensal que e feita na maioria dos blogs de financas, considera-se somente rendimentos liquidos, o que nao faz muito sentido pra mim tambem.

      Ta ai uma boa ideia: Um ranking de financas que considere patrimonio, nao somente ativos liquidos ... Quem sabe nao monto algo do tipo, excelente ideia a sua IC.

      Nao faria muito sentido 'me enganar', na verdade uso o blog para me monitorar, e eu quero fazer um acompanhamento rigido mesmo, compartilhando aqui.

      Voce ja viu os balancos de FIIs, onde fazem uma alteracao patrimonial apos analise / auditoria? E a mesma coisa: Hoje considero no patrimonio o valor de cada casa considerando o valor minimo para venda (abaixo do que estou anunciando). Se eu vender abaixo ainda do minimo, eu tinha uma estimativa de venda por X reais, mas apos vender e receber meu patrimonio passara a ser o valor liquido da venda mesmo, que em geral estara proximo.

      Abraco

      Excluir
    4. Fala IC, na verdade eu não disse que apartamento não é investimento, eu disse que não considero o apartamento nos meus investimentos mas de qualquer maneira o VDC entendeu minha colocação, é que a maioria dos blogs colocam o valor líquido apenas e ele mesmo disse que faria dois fechamentos.
      A ideia dos blogs é trocar experiências e aprender mais com o demais. VDC desmistificou muita coisa com construção, inclusive com a ilusão de que se constrói a livra-se até 300% como já ouvi. Nas minhas contas você não está pobre, porém líquido pra usar imediatamente ou em até 3 dias você só tem 4K kkkkk
      Brincadeiras à parte.
      Abraço a todos!

      Excluir
    5. BPM, são dois pontos de vista distintos, mas eu entendo o tipo de fechamento que você diz, mas ainda acho que você poderia ter dois fechamentos, que nem o meu: Bruto e líquido.

      Realmente, se por exemplo, aparecer algo pra eu investir e ganhar 300% sem risco, eu não tenho os quase 900K que eu incluo, e não conseguiria transformar todos os bens em dinheiro rapidamente (mesmo vendendo bem abaixo do valor real), mas, é patrimônio, com menor liquidez.

      Mas, sempre terei os dois fechamentos, como disse, aí atenderei ambos os tipos de fechamento!

      Abraço

      Excluir
    6. BPM, são dois pontos de vista distintos, mas eu entendo o tipo de fechamento que você diz, mas ainda acho que você poderia ter dois fechamentos, que nem o meu: Bruto e líquido.

      Realmente, se por exemplo, aparecer algo pra eu investir e ganhar 300% sem risco, eu não tenho os quase 900K que eu incluo, e não conseguiria transformar todos os bens em dinheiro rapidamente (mesmo vendendo bem abaixo do valor real), mas, é patrimônio, com menor liquidez.

      Mas, sempre terei os dois fechamentos, como disse, aí atenderei ambos os tipos de fechamento!

      Abraço

      Excluir
    7. Fala BPM, blz? Peco desculpas entao se interpretei sua msg de forma erronea. Minha humilde recomendacao e´ que busque o investimento que mais atenda nao apenas ao seu perfil, mas tb a sua realidade financeira. A maioria dos blogs meio que mistificaram a ideia que investimento e´o que temos de liquidez, na qual entendo ser pura alienacao. Nos ultimos 6 anos, tive um crescimento real de 455 mil reais na valorizacao dos imoveis que tenho (isso colocando abaixo do mercado como o VDC faz). Ou seja, pra minha realidade, esta sendo considerado como um otimo investimento. Se tivesse obtido 1% ao mes em valores monetarios, jamais atingiria este patamar. Diferentemente do VDC, nao vendo. Compro os imoveis em valor abaixo do mercado, dou entrada com os 20%, financio o resto, o aluguel paga parte do financiamento e deixo o imovel valorizar. Com meu salario, quito ele em 1 ano, 1 ano e meio. Compro outro. Os dois alugueis pagam o segundo, logo sai de graca pra mim. Ou seja, essa e´a minha realidade hoje. A maioria dos blogs que vejo sao exclusivamente dedicados aos ganhos mensais do host e nada contribuem para a grande maioria, que estao em busca de conhecimento ou dicas de como enriquecer. O pai de um colega so´ investe em gado, e ficou milionario. Ou seja, nao ha formula, e sim oportunidades. O que enriquece sao os seus aportes mensais. Economize 30% do seu salario no minimo. Vai ficar mais rico que a maioria que conhece. Abs.

      Excluir
    8. Meu AP valorizou tambem, pena q eu peguei o final da bonanca dos imoveis.

      Sua estrategia e muito boa e interessante, juros compostos aplicados a imoveis.

      Algo que tenho em mente agora e tentar usar uns 50K de FGTS que estao parados e comprar um AP ou casa, financiando o restante e com aluguel pagar as prestacoes, e juntando para ir e quitar.

      A Caixa agora possibilita quem ja financiou uma vez, financiar outro imovel, ajudara demais.

      Voce financia pela Caixa?

      Abraco

      Excluir
    9. VdC, financio pela Caixa. Ate onde sei, eles sempre permitiram financiar mais de um imovel por vez (meu caso) ou ate msm quando ja se tem imovel na cidade. O problema agora sao os juros, que aumentaram consideravelmente. Tenho 130K parados no FGTS e estou planejando minha retirada. Nao consegui retirar pois nao e´permitido usar quando tem um financiamento em andamento. Busque financiar no modo FGTS, vale a pena msm. Vc considera seu FGTS como patrimonio? Ja pensou nisso? Outra recomendacao. Compre em cidades distintas. Nao coloque todos os ovos na mesma cesta. Vai por mim. Abs.

      Excluir
    10. Olá IC.

      Não considero o FGTS como patrimônio, por não conseguir utilizá-lo no momento.

      Apareceu uma oportunidade p/ usá-lo: Comprar algum imóvel na cidade onde construo, pois, por morar em capital, não posso comprar na minha própria cidade ou região metropolitana, mas neste caso da cidade que construo talvez seria possível usá-lo, de acordo com a minha despachante. Tenho algo em torno de R$ 45.000,00 a R$ 50.000,00 de FGTS.

      Eu estou seriamente avaliando esta possibilidade, se eu achasse um imóvel bom para alugar, preferencialmente um que precisasse de reformas (e eu poderia fazê-lo, reduzindo o preço de compra), que pudesse ser financiado, para mim seria perfeito, principalmente algo em torno de R$ 100.000,00.

      O que eu faria: Usaria FGTS, entraria com mais uns R$ 10.000,00 a R$ 15.000,00 (pra não girar patrimônio, manter meus investimentos), e financiaria o restante em 30 anos.

      Pagaria as prestações até juntar o dinheiro pra quitar, já deixando o imóvel p/ ser alugado ...

      Eu pagaria de juros o tempo que fiquei com este dinheiro emprestado, que, na rentabilidade que tenho atual, compensa mais financiar do que resgatar e pagar à vista.

      O problema é: Os imóveis “mais ou menos” que achei estão na faixa de R$ 145.000,00 ... Se eu pudesse usar o FGTS pra construir ... Seria excelente!

      Abraço

      Excluir
    11. IC, essa sua estratégia de comprar, alugar, depois comprar outro, alugar os dois e pagar a prestação, depois comprar um terceiro, alugar os 3 e pagar prestação é boa demais. Tive essa ideia há 10 anos e chamei 2 amigos pra entrar comigo, a ideia era cada um entrar com 330 reais pra gente pagar uma prestação de mil, isto há 10 anos, aí alugaria por 600 e adiantaria as prestações pagando 1600 por mês, assim que estivesse quitado a gente compraria outro fazendo prestação de 1600 (1000 nosso + 600 do aluguel do primeiro Ap) e depois alugaria o segundo por 600 e aceleraria o pagamento do segundo é assim por diante mas eles não acreditaram e não fizemos. Hj a gente conversa e eles se arrependem. Cada um comprou um sozinho mas não tivemos os mesmos ganhos se tivéssemos feito o planejado. Comprei um na planta em 2009 que está alugado hj e tb tive uma boa valorização nele.
      Quanto aos blogs, concordo com vc. A maioria mostra a evolução nos investimentos, nem mostra patrimônio. Patrimônio entra tudo, casa, carro, investimentos, poupança, bens e por aí vai. Concordo plenamente tb que existem diversas maneiras de ganhar dinheiro que não são faladas nesses blogs. Gado dá muito dinheiro. Comida tb. Algumas franquias são boas apesar de todas as taxas. Tenho varias ideias mas me falta tempo e tb dinheiro pra empreender. Quer ver uma coisa que vou fazer assim que tiver mais tempo, tipo daqui a 2 anos?! Construir flat pequeno em lugares turísticos como beira de praia e alugar no Airbnb, conhece? Já viu? É um excelente negócio.
      O melhor é que sempre podemos compartilhar as ideias por aqui no nosso blog pq não há problemas de concorrência.
      Abraços a todos!

      Excluir
    12. Fala BPM. Quando fala-se em flat, eu me assusto um pouco pois geralmente um flat tem um condominio alto devido aos servicos imbutidos (lavanderia, arrumadeira, etc), e caso fique sem alugar, o prejuizo é grande... buscaria kitnets / apts de 1Q. Tenho amigos que alugam via Airbnb, e eles cobram alto pela diaria... vale muito a pena se vc tem tempo pra gerenciar, algo que nao tenho hoje. Se for um lugar turistico, com alta demanda, pela diaria vc consegue tirar 3x mais do que um contrato comum, o que é proporcional ao risco. Deve-se considerar feriados, etc, que o retorno é bem alto tb. Se vc tem capital pra investir, conhece bem a cidade (mercado) e tem tempo pra se dedicar ao negócio, acho uma boa ideia. Infelizmente, devido ao cenario atual do pais, nao podemos contar muito com a valorizacao do imovel a curto prazo, logo o foco deve ser no retorno de aluguel mesmo, e devido a isto, estou segurando um novo investimento até que a situação se estabilize. A crise aqui fora está assustadora... abs!

      Excluir
    13. Então IC, falei em flat mais pela planta e lay-out do imóvel. Minha mãe mora na beira da praia e temos espaço para construir 4 imóveis no estilo flat, com mezanino. Estou avaliando construir ano que vem e alugar pelo Airbnb. A questão de roupa de cama, arrumadeira e lavanderia acho tranquilo pois cada vez que você aluga cobra a parte o valor da taxa de limpeza. Se fizer um contratinho com uma pessoa é facilmente pago e ainda sobra dinheiro só com essa taxa. Tipo, cada aluguel cobra a taxa então se alugar 5 vezes no mês, cada um, já paga com folga uma camareira. Por ser em frente à praia nas épocas de festas não tem como ficar vazio. Enfim, estou empenhado neste projeto pra começar ano que vem e minha mãe fica de anfitriã.
      Como citamos, maneiras de empreender existem várias.
      Abraço.

      Excluir
  13. Como é bom vir aprender neste blog, obrigado VDC, mais um post que eu salvei nas "notes" aqui do meu laptop.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá APR!

      Você esta sumido! Até passei lá no seu blog hoje pra ver se o feed estava atualizando certo rs.

      Obrigado amigo, fico feliz em contribuir de alguma forma.

      Abraço

      Excluir
  14. Além de não ser lucrativo girar patrimonio, vc perde muito tempo realizando todo o processo. Tempo q poderia ter aplicado em algo mais rentável.

    O ideal é sempre esperar por boas oportunidades, q geram uma margem grande de lucro. Geralmente isso acontece quando o vendedor tem problemas de liquidez. Só tome cuidado para não cair em nenhum golpe.

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IX!

      Concordo ... Este lote mesmo que eu vendi, não sei se você leu alguns posts anteriores, mas eu quase caí num golpe, pegando um veículo que foi PT (Perda Total) ... Eu estava com tanta vontade de vender o lote, que deixei passar detalhes e quase me ferrei ...

      Estão tendo sim oportunidades, gente perdendo emprego, vendendo abaixo do preço, para quem tem dinheiro e sabe negociar, é uma excelente hora.

      Neste caso de giro específico, se fez necessário. Ganhei um pequeno lucro, que eu particularmente achei baixo pelo trabalho que deu.

      Abraço

      Excluir
  15. Já girei patrimônio nos "escuro" comprando carro "em conta" e mesmo fazendo os concertos acabava vendendo pelo mesmo preço ou ganho minimo, acredito que as vezes é mais fácil depositar numa renda fixa e ter seu lucro sem dor de cabeça

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Esta é a ideia amigo, às vezes nos desgastamos atrás de lucro, e conseguimos muito pouco.

      Melhor fazer o simples mesmo, como você citou.

      Abraço

      Excluir
  16. Olá VDC,

    Conheci seu blog (e os relacionados) há pouco menos de um mês e confesso que as vezes caio aqui por curiosidade.

    Tento sugar o máximo possível das experiências postadas por vocês, tendo em vista que estou com apenas 22 e invisto desde o início do ano (antes já ganhava alguma coisa revendendo bikes e as vezes motos).

    Aproveitando que você está com dúvidas sobre TD e RF em geral, dá uma olhada no livro do Leandro Ávila do clube dos poupadores. Comprei os 03 livros e acho que para quem não sabe nada/sabe pouco e quer aprender mais, são excelentes.

    Um abraço.

    ResponderExcluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares