Total de visualizações de página

segunda-feira, 14 de março de 2016

R$ 53.000,00 de Aporte (Venda do Lote) + Novo Aporte FIIs + Análise de Compra de Imóvel p/ Aluguel ...

Boa tarde Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Este será um post recheado de boas notícias.

. .
Primeiramente, peço desculpas pela demora em prover aos leitores e guerreiros do milhão mais informações da minha caminhada, desde a semana passada, pois eu estava aguardando alguns importantes acontecimentos na minha estratégia.

Em geral, eu posto duas vezes por semana, e estou há uma semana sem um novo post, mas, há um motivo por trás disso: Eu esperei a concretização de um negócio, antes de postar os últimos acontecimentos.

Hoje também é um marco histórico em meus investimentos na Renda Variável, pois ultrapassei, com certa folga, os gastos fixos que tenho, referente a condomínio (que já inclui água e gás), energia elétrica do apartamento onde moro, seguro do meu veículo (que pago mensalmente, cooperativa), e energia elétrica das duas novas casas construídas e uma conta de água de uma das casas recém construídas, onde pagarei sempre a taxa mínima, até a venda. Este marco foi alcançado por ter me livrado de uma prestação de R$ 765,00 mês, que explicarei ao longo do texto.

É gratificante saber que a minha escolha em aplicar nos FIIs, iniciada em Agosto de 2015, já esta gerando resultados, provendo exatamente o objetivo a que se propôs: Gerar Renda Passiva.

Esqueça as cotações, pare de ficar acompanhando freneticamente se subiu, se caiu, aplique em valor, dê tempo, e aguarde a força dos juros compostos. Este é o lema do blog.

Não foi fácil para mim, ver que o primeiro investimento em FIIs que fiz, BRCR, que comprei acima de R$ 100,00 por cota (praticamente comprei o topo), tenha ido até a casa dos R$ 76,00 ... Lembro que no dia que vi este preço tão baixo, senti algo ruim, você se sente um idiota, um fracasso, o pior investidor do mundo, por investir e investir e sempre estar correndo atrás do prejuízo, a famosa Rentabilidade Negativa.

Naquele momento, minha emoção quase falou mais alto, e foi mais um daqueles dias em que quase vendi tudo a qualquer preço, com o pensamento de “Chega! Nunca mais investirei em Renda Variável”.

Sorte minha, segui a estratégia (o que mostra a importância de ter um projeto, um plano) ... Não vendi BRCR, pois apliquei em valor, considerando fundamentos, renda passiva e principalmente Tempo. E não vou entregar as minhas cotas pura e simplesmente por especulação e notícias, que alteram drasticamente o preço das cotas no curto prazo, e é sabido que, no longo prazo, as cotações seguem o lucro do empreendimento.

. .
Investir em FIIs requer Tempo para que haja a maturação dos investimentos, não é diferente de comprar um lote ou imóvel e esperar o Tempo agir, aumentando o valor.

Infelizmente eu não sou um Mestre dos FIIs, título este que caberia ao nosso colega da Blogosfera Mestre dos Dividendos (acompanhe a saga deste guerreiro e veja o quanto ele conhece de FIIs, esta adicionado na minha lista de Parceiros), então como minhas análises são muito superficiais, o que eu escolho para tentar me proteger de grandes quedas é a Diversificação, completando nesta data a distribuição de 28 diferentes FIIs em minha carteira. E chegarei a 30, pois quero comprar mais 2 FIIs (parece que não fico saciado, são tantos empreendimentos bons, excelentes rendimentos, mas encerrarei as compras em FIIs novos, onde irei apenas reinvestir nos FIIs que eu tiver menor capital e que tiverem os melhores fundamentos).

Por qual  motivo eu invisto em Renda Variável? Vocês viram o estouro, a alta ocorrida na bolsa de valores, nos últimos dias? E, as estatísticas mostram que, no longo prazo, a Renda Variável com investimentos baseados em fundamentos, onde você reinveste os dividendos / aluguéis e faz o balanceamento da carteira anualmente, traz maior retorno que a Renda Fixa.

Eu acredito que é inevitável uma baixa da Selic nos próximos meses, o que fará com que a maioria dos investidores que se baseiam somente em taxas, rentabilidade e curto prazo migrem os investimentos para os FIIs, e eu estou me preparando para isto, onde espero que a Renda Variável seja uma mola que impulsione meu patrimônio fortemente para cima (espero que não seja para baixo).

. .
Então, antes de ficar se preocupando se você comprou o FII AAA por R$ 100,00 e a cota atual esta em R$ 60,00, pense nos aluguéis, no reinvestimento, no prazo que você precisa dar a seu investimento maturar. Esqueça os ‘Analistas’, as ‘Notícias’, analise você mesmo! Se você fracassar, foi sua escolha. Se você vencer, foi sua escolha. Decida você os seus investimentos.

Logicamente, se o investimento perdeu valor (baseado em fundamentos), não use a técnica do “Sair no Empate”, isto é prejudicial, mantenha seu dinheiro aplicado em bons investimentos, ficou ruim, esqueça rentabilidade, prejuízo, e realoque seu dinheiro em outro investimento, fazendo esta análise anualmente ou no prazo que lhe dê conforto espiritual e físico.

Vamos à primeira boa notícia?

Boa notícia número 1:

. .
Aportei forte nos FIIs. Minha carteira completou 28 FIIs.

Na semana anterior, que não postei, comprei JSRE11 e FIGS11 (Este último maior risco, mas proverá RMG até 2019 ... Acredito no empreendimento).

Hoje, não tive tempo para a famosa “pescaria” de FIIs, ou seja, paguei o Spread, pois eu tinha pressa, e não é bom manter o Home Broker aberto o tempo todo no trabalho.

Minhas compras de hoje foram ...

AEFI11
BCFF11B
BPFF11
FIXX11
HGLG11
KNCR11
FLMA11

Amanhã (15/03/2016) também recebo cerca de 25% das receitas de aluguéis, e comprarei FFCI11, que junto com FLMA11 serão meus FIIS para salvar as sobras, os trocos que ficam parados na corretora, por terem cotação abaixo de R$ 2,00.

O valor investido e portfólio estão melhor detalhados no meu próximo fechamento mensal.

Mais uma boa notícia ...

Boa notícia número 2:

. .
VDC, e o que mudou em sua estratégia? Qual negócio você fez?

Agora vou dizer algo que contradiz a minha metodologia de investimento: Eu Girei Patrimônio. Mas, foi por um bom motivo.

Foi efetuada a venda do meu lote, que estava financiado, num valor intermediário entre o mínimo que eu venderia e o valor que eu gostaria de receber.

Quem vendeu? Imobiliária? Corretor?

Não. Eu mesmo efetuei a venda, anunciando pelo site OLX, que na minha opinião é um site espetacular para vendas.

Para vocês terem ideia, no lote nem mesmo havia meu telefone de contato, mantive somente a de duas imobiliárias, e fui contatado pelos anúncios que fiz no OLX.

Trocando em miúdos, eu recebi o montante de R$ 13.000,00 em dinheiro + um veículo, com faixa de mercado na base de R$ 37.000,00 a R$ 43.000,00, vou considerar R$ 40.000,00, então capitalizei R$ 53.000,00, que ainda preciso transformar a maior parte em dinheiro, ou seja, vender o veículo.

O veículo esta em excelente estado, veículo com mercado, marca conhecida, automatizado e recheado de opcionais.

Como a minha estratégia, no momento, é a de aumentar a minha Renda Passiva, há grandes chances de que todo este valor seja reaplicado em Renda Variável (FIIs e Ações) e Renda Fixa (Tesouro Selic), mudarei o planejamento somente de acordo com o andamento da Boa Notícia 3, que explicarei adiante.

E o melhor de tudo: Estou livre da prestação mensal, que havia aumentado para algo em torno de R$ 765,00 ...

Por mais que eu tenha tido lucro na negociação do lote, em relação ao que já paguei, foram 4 anos neste investimento, e um retorno bem abaixo do que eu esperava.

. .
Mas, segui o mandamento número 1 de minha estratégia: Não perder Dinheiro!

Para vocês terem ideia, quando eu comprei este lote recebi uma proposta de R$ 10.000,00 para repassar o negócio, ou seja, não assinar o contrato e repassar a outra pessoa, na época não parecia um bom negócio, mas, nesta crise atual, teria sido, talvez, uma excelente escolha ... Mas, falar isto hoje é fácil.

É a mesma coisa de analisar gráficos de ações: Quando você vê o passado, parece que é simples entender e analisar os comportamentos de um ativo. Agora, tente fazer isto traçando um cenário futuro ... Só os melhores traders grafistas conseguem.

Ainda sobre o lote, ele fica numa região nova, e não valorizou o quanto eu gostaria.

Era para ser um bairro classe média alta, até pelo valor do lote, que há 4 anos atrás era R$ 100.000,00 p/ pagamento à vista, mas, como a imobiliária e loteadora não definiu os tipos de projetos aceitos, o que aconteceu foi que muita gente comprou os lotes e dividiu (50% / 50%), principalmente entre parentes, e aqueles que compraram para sair do aluguel, num primeiro momento, construíram barracos de alvenaria, sem projeto aprovado, sem alvará, sem reboco ... Sem planejamento ... O que desvalorizou o bairro.

Esta foi a gota d’água para mim, que fiquei totalmente desmotivado em construir meus projetos na área.

Se eu entregasse o lote na imobiliária, teria 80% do que investi, seria um tremendo prejuízo.

Felizmente, tive a paciência necessária para aguardar e vender no preço justo, abaixo do que eu desejava é verdade, mas ainda sim com lucro considerável.

O bairro também, para eu que mora na capital, quando eu chego na entrada da cidade, era necessário cerca de 20 minutos a mais, para chegar ao local.

Para um comparativo, no bairro que construo (melhor, o que acabei de construir), basta 4, 5 minutos. Esta pequena diferença de 15 minutos a mais, é considerável, para quem tem que ir tantas vezes realizar o controle e para meus colaboradores.

Menos um ativo, agora me resta vender o veículo ... A paciência para vender, eu já mostrei que tenho! Dá-lhe OLX!

Boa notícia número 3 – OBRA:

. .
Apesar dos pintores que contratei terem atrasado a obra (irão finalizar nesta semana o serviço), a qualidade foi mantida e não houve impacto na fiscalização, realizada pela prefeitura, para emissão do Habite-se. As chuvas também tiveram sua parcela de culpa, visto que esta faltando somente algumas partes externas.

Provavelmente, o Habite-se ficará pronto nesta semana, onde deverei ir ao Departamento de Obras, e de posse deste Habite-se, dar entrada no protocolo de Averbação de Construção e Convenção de Condomínio.

Na Convenção de Condomínio, há uma tabela que exibe alguns cálculos das unidades, áreas comuns, coeficientes de sei lá o que, que não perco o tempo fazendo / calculando (e nem é da minha competência): Eu contrato uma pessoa da própria prefeitura para fazer este serviço, então, eu faço toda a Convenção (tenho um modelo pronto que sempre uso), e preciso apenas de alterar o nome do condomínio, bem como a menção ao imóvel que desejo criar a Convenção.

Recebi nesta semana a tabela, e coloquei na minha Convenção de Condomínio. Paguei R$ 300,00 pela empreitada, além de contar com todo suporte nos demais protocolos na prefeitura ... Agilidade ... Vale a pena pagar.

O pintor, faltará pagar mais R$ 600,00, que será o último valor empregado na construção.

Ainda resta o pagamento dos protocolos de Averbação e Convenção de Condomínio (estimo algo em torno de R$ 300,00), Registro da Averbação e da Convenção de Condomínio no Cartório de Registro de Imóveis (estimo R$ 2.000,00) e para fechar, o pagamento dos impostos do ISS da Receita Federal (DISO / ARO), que estimo algo em torno de R$ 6.000,00.

O valor das casas ficou um pouco acima do que eu desejava, mas, faz parte: Fiz a máxima economia, e desta vez não há nada que eu possa reclamar em relação à desperdício, pois foi o preço dos materiais e mão-de-obra que aumentou.

Ou seja, minha equipe já esta em minha cidade (capital) descansando, após 7 intermináveis meses de obra.

Estive na última sexta-feira na obra, e fui à prefeitura resolver todos estes itens do Habite-se, entregar a placa de construção p/ o Engenheiro responsável e fechar o negócio do lote, que deu tudo certo felizmente.

Esta frase vale uma capítulo à parte: Como é bom faltar do meu trabalho para ir resolver as minhas coisas, em horário comercial ... Pena que não posso fazer isto várias vezes.

Já no sábado, tive mais um problema: Por estar sem a minha Pick-up (ainda na oficina), tive que contratar um carreto / frete.

Meu pai havia combinado, com antecedência de 1 semana, com um conhecido, e na sexta-feira a noite, quando liguei para confirmar, ele desmarcou, dizendo ter agendado com outra pessoa ... Um tremendo descaso.

Busquei por profissionais (frete) no OLX, e consegui um caminhãozinho fechado, pequeno, um daqueles chineses, e foi uma excelente escolha, pois no sábado tivemos uma chuva muito forte na minha cidade e na cidade onde construo. Mais R$ 265,00 gastos.

Tirei várias fotos das casas e já estou anunciando no Facebook, OLX e em outros locais. Já tive duas ligações, o problema é que atualmente parece que as pessoas não dispõe de todo capital e sempre oferecem troca, e, para mim, que sou construtor, trocar uma casa nova por uma casa usada, não é tão vantajoso, se feito o negócio em condições normais e preço justo.

As casas ficaram com acabamento excelente, como de praxe, mantendo a minha marca: Qualidade no Acabamento.

A porta de entrada, de madeira, ficou um encanto à parte, requintada, e o acabamento em porcelanato, a pintura texturizada ... As pedras no passeio ... Dão o toque final de bom gosto.

Eu moraria tranquilamente nestas casas. É este o sentimento que tenho que ter, vender aquilo que é bom para mim, que desta forma será bom para quem comprar.

De obra amigos, espero que em breve eu tenha uma nova história, por enquanto só me resta aguardar a venda, pois optei por não iniciar outra obra, pois eu teria que sacrificar meus outros investimentos, que vem gerando renda passiva, como os Dividendos da Sociedade e meus FIIs, vender tudo para comprar um lote, e viver no limite financeiro.

Não quero passar apertos, vamos com calma. O milhão vai chegar, no momento certo.

Boa notícia número 4 – Novo Imóvel?

. .
Amigos, há dinheiro mais perdido do que aquele parado no FGTS, principalmente para quem já usou o FGTS anteriormente e não pode mais usá-lo?

A valorização é menor do que a poupança ... Inadmissível.

E, no meu caso, como tenho meu apartamento quitado, em meu nome, e herdei alguns bens que já estão em meu nome (que não fazem parte do meu patrimônio e não me geram nenhuma renda, pois são do meu pai), eu não posso comprar outro imóvel e usar este FGTS, pelo menos não em minha cidade.

Na semana anterior, a Caixa Econômica voltou a financiar 70% de imóveis usados (havia reduzido para apenas 50%), pois o mercado de imóveis usados teve queda drástica após vigorar esta nova diretriz.

E outra excelente notícia: Quem já financiou um imóvel pela Caixa, agora poderá financiar outro imóvel, até mesmo ter dois financiamentos sendo pagos simultaneamente.

Bem, se eu tenho cerca de R$ 45.000,00 de FGTS, e a Caixa pode financiar outro imóvel, a minha ideia foi: Como usar este FGTS?

Contatei a minha despachante Caixa, e ela disse que seria possível comprar um imóvel na cidade onde construo (na minha cidade, como disse, é negado).

Então, já estou avaliando o mercado, em busca de um imóvel de até R$ 100.000,00, que possa ser financiado pela Caixa.

Meu pensamento é bem simples: Imagine que eu use R$ 45.000,00 de FGTS, entre com R$ 10.000,00 em dinheiro e financie R$ 45.000,00 (mesmo sabendo que tenho o dinheiro para pagar à vista).

Se eu investir R$ 55.000,00 na compra de um imóvel, que eu possa alugar por R$ 600,00, estarei fazendo mais de 1% de lucro sobre meu investimento, que é justamente o que eu busco nos FIIs (além da valorização da cota, à longo prazo).

E, seria mais uma diversificação e a compra da aposentadoria: Eu voltaria a receber um aluguel, referente a casas / apartamentos, pois desde que me mudei para meu apartamento, casando e saindo da casa dos pais, eu parei de receber minha renda de aluguel.

Logicamente, se eu financiar, eu pararia de fazer aportes na Renda Variável, e em poucos meses eu conseguiria quitar o financiamento, ou mesmo, se eu vendesse uma das casas, poderia pagar e quitar a dívida.

Ainda estou elaborando esta ideia, e postarei sobre nos próximos posts.

Bom, para não ficar muito longo, por hoje é isto amigos!

Um grande abraço e uma excelente semana.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

25 comentários:

  1. A taxas de financiamento atuais não compensam comprar para alugar, mas se for um imóvel que tenha espectativa de valorização...


    Ainda mais vc q gosta de tudo certinho, irá gastar horrores com documentação. Financiado pela caixa não há salvação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola VDA.

      Para usar o FGTS (o plano e usar estes 45K que la estao parados) e mandatorio ter toda a documentacao.

      A conta e simples: Se eu compro um imovel de 100 mil e pago do meu dinheiro 55 mil (descontando FGTS), alugando por 600 eu tenho mais de 1% de rendimento sobre o capital alocado.

      Para nao alterar meus outros investimentos, eu pagaria um financiamento Caixa somente durante o tempo necessario para juntar este capital financiado, alem de que o proprio aluguel pagaria a prestacao, eu financiaria em 30 anos para pagar em pouco tempo (menor prestacao, voce paga juros maiores, em contrapartida junta mais dinheiro).

      A luta mesmo sera achar um bom imovel, com escritura, por 100 mil ...

      Abraco

      Excluir
  2. A idéia do financiamento é boa , parabéns pela venda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amigo.

      Financiamento deste tipo foi o q eu mais fiz para compras imobiliarias e veiculos, quando eu precisava de capital: Voce financia o maximo de tempo possivel, e a prestacao fica menor, para voce juntar capital e quitar o mesmo.

      As vezes e necessario pagar juros, para quem nao tem todo capital.

      Obrigado.

      Abraco

      Excluir
  3. VDC, o seu acompanhamento é, de longe, o mais intenso de todos. E com certeza é o mais dinâmico de todos, porque, salvo engano, ninguém da blogosfera desbrava os investimentos em tantas frentes.

    Como já disse antes, não teria todo esse fôlego, apesar de que obviamente também me interesso em aumentar os lucros.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande DH,

      Realmente, eu as vezes penso que sou, guardada as devidas proporcoes, aqueles fundos ativos, que sempre estao movimentando, na compra e na venda, em busca de aumento de lucro ao cotista, neste caso eu rs.

      Por agora pretendo ficar mais tranquilo, mas vou mudando a estrategia conforme o cenario, tentando apenas nao perder dinheiro.

      Abraco

      Excluir
  4. Caramba, 7 meses de obra, tem que ter nervos.
    Depois de construir as casinhas populares que quero, meu próximo passo serão imóveis de aluguel.
    Como você fez o contrato de compra e venda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CF! O final do ano atrapalhou meus planos, e alguns pequenos atrasos, o plano era 6 meses de obra, mas o importante é que ficou pronto.

      Casas populares, como explicado pelo nosso mestre neste assunto, Viver de Aluguel - VDA, são uma excelente opção, e podem trazer retornos mensais acima de 1% ao mês.

      Eu mesmo penso nesta estratégia, gostaria de ter umas 3, 4 casinhas simples alugadas, mas vou moldando meu futuro e minha IF conforme o cenário atual.

      Abraço

      Excluir
  5. Excelente, VDC. Seu primeiro milhão está muito próximo. Você merece, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá PM!

      Acho que ainda vai demorar uns 2 anos, dependo da venda das casas p/ continuar subindo o patrimônio neste ritmo, e é tipo uma onda, primeiro eu gasto dinheiro até, depois vende o empreendimento e recebo um montante considerável e com os lucros.

      Agora meu foco será aumentar a renda passiva, enquanto não recebo o retorno da venda das casas.

      De qualquer forma, continuo focado em outros negócios, o que aparecer que dê retorno, estou dentro.

      Abraço

      Excluir
  6. "A conta e simples: Se eu compro um imovel de 100 mil e pago do meu dinheiro 55 mil (descontando FGTS), alugando por 600 eu tenho mais de 1% de rendimento sobre o capital alocado."

    Não estou dizendo que o negócio é ruim, mas acho estranho não levar em conta o valor da parcela do financiamento nessa conta. Você estaria recebendo o valor do aluguel do imóvel, mas ao mesmo tempo estaria pagando o "aluguel" do dinheiro ao banco (juros). Não dá para considerar somente um dos dois.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo.

      Concordo com você, estaria pagando juros, mas concorda que, se o imóvel esta alugado, eu estaria pagando estes juros com um "dinheiro novo", ou seja, com uma renda gerada à partir do meu investimento no imóvel? Em outras palavras, o pagamento dos juros não estaria saindo do meu bolso, e sim o próprio investimento ... Isto são o que eu chamo de Juros Compostos aplicado a imóveis, você investe parte do seu dinheiro, e se continuar pagando as prestações com os aluguéis, mesmo pagando mais juros, é um investimento que ele próprio se paga ao longo do tempo.

      Abraço

      Excluir
    2. Esqueci de mencionar: Durante este período de pagamento das prestações com o aluguel, logicamente o rendimento não seria de 1%, eu considero 1% à partir do momento que a renda do aluguel fosse redirecionada para minha conta bancária, ao invés de pagar prestações do financiamento.

      Abraço

      Excluir
  7. VDC, consegui acabar de ler hoje !kkkk

    Muito bom o gerenciamento que você tem feito.

    Com relação a sua estratégia do carro, como anda sua percepção para a venda do mesmo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá RI, boa tarde.

      Obrigado, fico feliz que tenha te motivado a ler os posts, agora a gestão ficará melhor para mim e para os leitores, com a divulgação mensal dos resultados.

      O veículo que peguei é realmente bom, tem nicho para a venda, e já recebi 2 ligações, o que é bom sinal.

      O problema mesmo é o preço de venda, carro acima de R$ 25.000,00 é mais difícil de vender, e aparece muita proposta de troca.

      De qualquer forma, como o veículo já esta com IPVA e demais taxas 2016 pagas, tenho até o final do ano para vender, e deixarei guardado na garagem, pois não fiz seguro.

      No pior dos cenários eu poderia vender minha pickup comercial e ficar com ele, que é um excelente carro de passeio, principalmente pois ficarei um tempo longe das obras, pelo menos até a venda de uma unidade das casas.

      Abraço

      Excluir
    2. Estava apenas te zoando. Terminei ontem a noite. Só que li no trabalho e estava na hora de ir pra faculdade.

      O maior problema, pelo menos que estou vivendo na venda do carro, é que tem muita gente vendendo a preço de banana, pra tentar se livrar de dívida ou ter um pouco mais de sobrevida. E ae começa as propostas indecentes. Troco nisso, troco naquilo....

      Considerando que o automovel é um "ativo de médio prazo" (liquidez), temos que ter paciência nessas horas.

      Estou usando OLX se tiver algum outro site que tenha bastante exposição e 0800, só falar.


      Forte abraço !

      Excluir
    3. Nem me fale .. Eu só venho recebendo propostas de troca.

      O problema do OLX é este, é muito “catireiro”, pessoas que vivem de comprar e revender, de tudo.

      No veículo anterior também recebi propostas absurdas, muito abaixo do valor, mas, esperei com paciência, e com um mês o veículo foi vendido, num preço abaixo do que eu queria, mas que não foi fora da realidade.

      Basta ter paciência.

      Eu uso o OLX e o site (pago) da minha cidade, que não poderei falar por este motivo rs.

      Abraço

      Excluir
  8. cara adoro seu blog.
    Até o momento só estou no tesouro. Porém com a baixa das taxas estou pensando em começar no FII. quais as despesas envolvidas?

    ResponderExcluir
  9. Ola amigo, obrigado.

    Lembre que investimento em FII e para longo prazo, analise bem os fundamentos e relatorios antes da compra e diversifique.

    Abraco

    ResponderExcluir
  10. Grande VDC! Demoro um pouco a ler seus post pelos tamanhos kkkkkk os mais curtinhos leio entre uma tarefa e outra. Li tudo e parabéns pelas realizações.
    Eu nao faria esse investimento por último que falou. Não financiaria outro imóvel para alugar por 600. Existem várias variáveis até que você consiga alugar e mais as taxas como falou o VDA. Pense no custo de oportunidade.
    Agora, dá pra ver que seu divertimento é construir. Procure outro terreno barato e comece a brincar de OAS de novo kkkkkk
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola BPM.

      Verdade, meus posts sao sempre longos.

      A compra de um imovel novo ainda estou pensando, mas avaliarei mais a frente, o objetivo mesmo e usar estes 45K de FGTS parados, rendendo menos que a poupanca, por este motivo tem que ser casa ou apartamento com escritura, registro, habite-se, etc.

      Eu passo muita raiva na construcao as vezes, mas realmente gosto.

      E bom brincar de OAS rsrs, ta faltando receber umas propinas polpudas es

      Abraco

      Excluir
  11. Grande VDC .. boa devagar e sempre... sobre ações e FIIs concordo ... vi alguns analistas politicos falando que esse governo ... já acabou .. pode se segurar .. inventar .. dar ministerio pra todo mundo . mas a governabilidade acabou ... o termometro do estrago.. é a eleição desse ano . .vamos ver qts petistas serão eleitos ..

    Estabilidade.. selic em queda ... Fiis vão bem ...

    Cuidado com investimento em aps .. aqui em Curitiba pelo menos ..devido a crise.. estão deixando de pagar os condomínios ..e esses tem aumentado um bocado .. se não aluga o imóvel .. sobra pro proprietário pagar ..e como aqui não tá muito fácil pra alugar .. já viu né ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodolfo.

      Um imóvel do tipo que pretendo comprar (apenas uma ideia, preciso pensar e definir se realmente farei isto) será um AP ou casa simples, se for casa só terá IPTU, se for AP o condomínio é baixo ... E eu pagaria feliz um condomínio de um imóvel meu, mesmo desocupado!

      Abraço

      Excluir
  12. VDC, seu blog é muito bom, vc sempre emprendendo e investindo.
    Seu milhão está próximo, daí por diante, junte-se a nós...

    Abraço amigo, SUCE$$O!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá RK!

      Pois é, sempre correndo atrás do prejuízo kkk.

      Abraço

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares