Total de visualizações de página

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Mais um Guerreiro que Abandona as Ações (Eu) + Novo Aporte de R$ 7.000,00 ...

.
.

Boa tarde Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Mais uma vez, o mercado não me perdoou! Tive que pagar o preço de não saber bem o que eu quero no mercado, mas analisando as notícias agora (Infomoney), vi que meu prejuízo foi menor do que seria, se eu tivesse mantido meu investimento ...

Como disse anteriormente, bons investimentos são aqueles que lhe dão tédio, e que, se você faz um investimento que não lhe deixa confortável, é hora de rever as ações tomadas e corrigir o que não lhe faz bem.

No meu caso, não tenho perfil de um investidor agressivo (eu pensei que tinha), acabei descobrindo que meu perfil esta mais para moderado.

No momento atual que estou, não vejo a necessidade também de correr tantos riscos, como era preciso há cerca de 5, 6 anos atrás, quando eu estava formando meu patrimônio, apesar de estar sim inserido num contexto de extremo risco (atualmente), que são os Dividendos da Sociedade e Investimento em Fundos Imobiliários, pois, são investimentos que, se tudo der errado e eu perder 20% a 40%, sentirei muito, mas isto não afetará de forma significativa meu patrimônio.

Investimento de Risco me deixa extremamente desconfortável, afetando inclusive a minha saúde, pois, sou bastante ansioso (detesto ficar com problemas à resolver), e nesta segunda-feira (04/04/2016), mais uma vez, eu tive que pagar o preço p/ Girar Patrimônio, pois eu fiz um investimento, e no final de semana, ao ficar pensando no que eu fiz, decidi que não quero isto para a minha vida, e nem para meu plano de Independência Financeira.

O que eu fiz de tão errado que não me deixou dormir? Uma operação alavancada em Gerdau, seguindo o trader que vendeu o apartamento para investir nesta siderúrgica? Comprei OGX para aproveitar a alta repentina, seguindo as notícias do Infomoney? Resolvi operar opções a seco da Petrobrás? A resposta é: Não, nada disto.

Na verdade eu comprei Ações de 4 empresas que geram lucros consistentes, distribuem dividendos e que possuem um bom histórico de geração de caixa.

Todas estas são empresas que eu teria sim, orgulho em ser acionista.

Eu analisei o histórico, baseado em fundamentos (não analisei graficamente), pensei, repensei, e pensei mais uma vez e decidi: Este é o melhor caminho agora. Vou aportar R$ 7.000,00 e comprar um lote de cada uma destas ações.

Fiz diversas perguntas internas para mim, como:  Você esta preparado para aguentar as quedas que virão, provavelmente já na próxima semana (lembre que o IBOV subiu mais de 16% no mês anterior)? Você realmente esta comprando as Ações para recebimento e reaplicação dos mesmos para compra de mais Ações? Você esta seguro de que este dinheiro aplicado deve e obrigatoriamente permanecerá investido por no mínimo 10 anos, exceto se houver mudança dos fundamentos das empresas que você investirá? Você esta ciente de que o país esta mergulhado numa crise política e econômica, sem tamanhos, o que acarretará movimentos bruscos de queda e alta  neste curto prazo, e que provavelmente suas novas Ações irão ter uma alta variação, para cima e para baixo, por ser renda variável? Você venderá os seus ativos no pânico, quando sair alguma notícia no Infomoney e o IBOV abrir com gap de baixa de 3% a 5%?

Todas as perguntas foram respondidas internamente por mim mesmo com um “Sim! Estou pronto para retornar às Ações”, afinal, eu passei por muita coisa no BRCR e aguentei firmemente, pensando no longo prazo e agora estou vacinado e pronto para grandes quedas.

Acontece que, no final de semana, eu fiquei martelando isto na minha cabeça: Será que o IBOV abrirá em alta na próxima segunda-feira? Saiu notícia da Dilma, e agora? Você sabe que nunca conseguiu segurar Ações para receber dividendos né? Lembra daquele trade que você fez na Gerdau, que levou em 1 dia todo o lucro de 1 mês swing trade no Banco do Brasil? E aquela vez que você comprou GGBR4 ao invés de GGBR3, onde GGBR3 subiu 13% com seu alvo de 10% no trade, e a GGBR4 subiu 3% e depois descolou da ON (situação que eu nunca havia visto, mesmo acompanhando Gerdau há vários anos) caindo 8% e colocando você em pânico, vendendo ações às pressas, vendo seu dinheiro derreter pela tela do computador? Você sabe que você é o Rei Midas ao contrário: Compra a Ação ela desaba. Vai continuar perdendo dinheiro em Ações mesmo? Nossa, você economizou deixando de sair no sábado naquele restaurante de gente rica com seus amigos esbanjadores, e perdeu o mesmo valor naquele trade da LLX, você lembra?

.
.

Ou seja, no resumo da história, definitivamente eu não me senti bem,  não me senti confortável, pois já tive excelentes momentos na Renda Variável (trades memoráveis, Arteris, Multiplan), mas relembro também os piores trades que tive: LLX, OGX, PDG, Usiminas ... Interessante: Os piores trades foram nas piores empresas. Nem preciso explicar os motivos, certo?

Mesmo tendo feito toda a análise interna, quando você compra uma Ação amigo, se você não esta preparado o emocional fala muito mais alto do que o racional, sendo bem diferente de quando você esta apenas pensando e simulando cenários. Quando você coloca seu dinheiro, a coisa muda.

Comentei isto no blog do Pobre Catarrento, compartilhando do mesmo pensamento dele: “A gente faz tanta economia para poupar dinheiro, e todo mês vemos nosso dinheiro escorrendo pelo ralo nas Ações”.

Isto foi a gota d’água para mim. Decididamente, eu não quero retornar às Ações.

Na teoria dos mais conceituados livros de economia, aprendemos que Ações, no longo prazo, tendem a ter um retorno positivo, acima de qualquer Renda Fixa.

A explicação é simples: Empresas são criadas para gerar lucro, logicamente, acima das rentabilidades providas pela Renda Fixa, caso contrário, qual seria a lógica de se criar uma empresa, correndo maiores riscos, se o retorno é inferior aos da Renda Fixa?

A teoria simplista por trás das Ações: Você vai comprar um pedaço de boas empresas listadas em bolsa, e seu patrimônio irá crescer junto com ela, pois ela estará partilhando seus lucros, em forma de dividendos, na proporção das cotas que você possuir.

Um conceito que vale frisar aqui sobre Dividendos: Dividendos não são um brinde, um presente das empresas para você investidor. Eles saem do Patrimônio da Empresa, são descontados. A conta é simples: Se eu compro uma ação a R$ 50,00 e ela distribui R$ 1,00 de dividendos, eu passo a ter uma ação que vale R$ 49,00 e R$ 1,00 por cada cota que detenho, que serão devidamente depositados em minha conta na corretora. Não adianta retirar este valor, você precisa reaplicar, justamente para manter a sua carteira em crescimento.

Na teoria isto é lindo mesmo, às vezes ocorrem altas como esta de 16% no mês de Março de 2016, coisa que eu nunca havia visto desde 2012, mas, quantos meses estas ações ficaram em queda?

Lembro de trades e pensamentos que tive de comprar Ações e segurá-las, mudando a filosofia para o “Buy & "Hold” (Comprar e Manter), mas vejam as Ações que eu tinha em mente naquela época longínqua (2010, 2012): Gerdau PN a R$ 18,00,  Usiminas PN a R$ 9,00, Vale custando mais de R$ 35,00 (PN), Cemig (PN) a R$ 42,00. Fico pensando: E se eu tivesse comprado estas ações, ao invés de ter feito meus investimentos em Lotes / Construções? Como eu estaria, segurando até hoje estas ações? Provavelmente já teria assumido um prejuízo homérico e ter vendido, com a velha promessa de “Ações nunca mais”.

Por ter um blog de finanças (pelo menos eu tento ensinar e aprender alguma coisa aqui), uma das imagens mais populares do Trade, não poderia faltar aqui:

 A quantidade de pessoas que transforma um Trade em Investimento de Valor e depois muda para Investimento de “Loooooongoooooooo” prazo, é muito alta.

Um blog que acompanho, que é o Vida Ruim de Pobre (sim, eu havia brigado com o Pobretão, mas pensando bem vi que estamos nos blogs de finanças p/ nos ajudarmos, mesmo que às vezes não estejamos de acordo com alguns conceitos apresentados), fico imaginando a coragem e o sofrimento que foi p/ ele ter segurado, por tanto tempo, um “all in” em Eletropaulo, aguentando meses de queda, uma subida fantástica em 3 meses e após uma nova queda abrupta.

Vejam que, até as postagens dele mudaram para um tom mais otimista, após a venda de suas antigas ações da Eletropaulo, onde muitos entraram na empresa baseado nos dividendos, e não nos fundamentos). Atualmente é notável a sua satisfação aplicando em Renda Fixa.

.
.

E outro blogueiro que é a referência maior, que me fez repensar vários conceitos, o mestre, ilustre, Viver de Renda, referência, pioneiro nos blogs de Finanças.

VR já atingiu a sua Independência Financeira, e foi o responsável que me fez repensar alguns conceitos importantes como TSR (Taxa Segura de Retirada), isto num futuro, para realmente Viver de Renda, e a aplicação que ele fez p/ garantir a sua IF, entrando num “all in” em NTNB 2050 c/ Juros Semestrais.

Lembro de algo que ele inseriu, um questionamento de um leitor, onde ele disse que a performance do portfólio dele teria sido 3 vezes melhor, se desde o início ele tivesse aportado em Renda Fixa.

Apesar de concordar que Ações, no longo prazo, podem sim trazer um retorno maior que a Renda Fixa (na teoria), ainda não vi isto na prática, e pretendo não ‘pagar para ver’ com meu dinheiro, ou seja, neste momento, continuarei na estratégia de aumentar meu portfólio comprando FIIs, que na minha análise de Renda Variável é o investimento mais seguro, se assim posso dizer (não existe investimento seguro acima de 0,5% ao mês), e pretendo começar a aportar também em Renda Fixa (perderei a preguiça, farei cadastro numa melhor corretora que ofereça mais títulos LCI, LCA, CDB, CRI, e TD e começarei a aportar nesta modalidade também).

Estou muito satisfeito com os investimentos em FIIs, pois, apesar da queda abrupta que eles tiveram com a possível taxação (medida MP 694), eles mostraram a sua força, retornando aos valores anteriores à esta proposta indecente feita pelos nossos políticos, e principalmente: Independente do preço da cotação, FIIs permaneceram me gerando Renda Passiva, que é o que eu preciso neste momento, bem mais do que possíveis variações para cima das cotas.

A possibilidade de reajustes nos aluguéis por índices como IGPM e IPCA, são uma blindagem para evitar a perda de patrimônio durante os próximos anos, ou seja, em teoria os aluguéis tendem a ser reajustados seguindo estes índices, independente das cotas.

O que farei agora: No meu plano original, eu estimava investir cerca de R$ 100.000,00 em FIIs, e pretendo continuar no ritmo, mas agora de forma diferente: Quero aportar maiores valores em FIIs mais sólidos, com maior grau de perpetuidade e com contratos longos de aluguel, além de claro estarem situados em boas regiões com maior facilidade de locação, em caso de vacância.

Ficou mais fácil entender a ideia do blogueiro Mestre dos Dividendos, que é um especialistas em FIIs, pois na tarde de domingo (ontem) tentei analisar os relatórios, e perdi umas 2, 3 horas analisando, cerca de 10 FIIs (eu tenho 29 em carteira).

E sabendo desta estratégia, e de que eu quero continuar aumentando minha Renda Passiva, eu transformei o investimento de R$ 7.000,00 em Ações em 6 Cotas de AGCX11 + 10 Cotas de SAAG11 e 20 Cotas de FFCI11 (meu FII p/ guardar os trocos da corretora).

Claro, perdi uns R$ 70,00 nesta brincadeira de ser Trader..

 
Esta imagem reflete bem o que eu não quero: Esta preocupação com IBOV, IFIX, olha lá alguns dos meus FIIs subindo. Fica a dúvida no ar: Será que meu nome é José?
  
Minha carteira agradecerá a inserção de Renda Fixa, pois ela fará o contrabalanceamento nos momentos onde a Renda Variável (FIIs) apresentar queda, ou seja, em termos de Rentabilidade, para quem gosta de controlar, a tendência é que a Renda Fixa + Aporte me salve de Rentabilidade Negativa, quando os FIIs resolverem cair (o que pra mim pouco importará, se continuarem pagando os aluguéis atuais).

Eu gosto de ler notícias de economia, e não gostaria ficar privado de ler algumas coisas da Infomoney para não ser obrigado a ver as variações do índice e cotações.

.
.

O ideal é realmente não se ligar muito nisto, mas é inevitável algumas vezes, o importante é diversificar de uma forma que quedas não façam sua mente sofrer.

Nunca tomar atitudes de cabeça quente ...

Investir deve ser algo que te faz bem, e não o contrário.

E o aumento patrimonial maior, vocês sabem: É com a Construção.

No próximo tópico atualizo minha vida financeira e pessoal.

Grande abraço e ótima semana.

.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

50 comentários:

  1. Nessas horas até o "empréstimo garantido" te deixa mais confortável rs
    Estou há mais de 1 ano com ações da Alupar, desconsiderando os dividendos auferidos, estou no 0 a 0. Mesmo sendo de um setor estável, já oscilou pra 30% para ambos lados. Minha estratégia é igual do Barsi, caiu compro, subiu deixo de comprar. Caiu muito, mas a expectativas de lucros/dividendos se mantém, compro de pá (com o caixa da renda fixa)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola R1.

      E sim uma boa estrategia, se voce confia nas empresas que tem, estas subidas e descidas devem ser indiferentes, pois durante o periodo voce estara recebendo dividendos e sendo realmente socio da empresa.

      No meu caso, cheguei a conclusao que no momento atual preciso mesmo gerar fluxo de caixa e manter a variacao dentro de limites aceitaveis, sem esta variacao descabida dos especuladores de curto prazo.

      Eu realmente vi que nao tenho mais esta coragem e animacao das acoes.

      O emprestimo eu reduzi o valor e agora me sinto mais confortavel, e durmo tranquilo. Adequei o retorno ao risco.

      Abraco

      Excluir
  2. VDC, estou com um espaço meio vazio meio construído e estou pensando em montar um "barracão" quarto+sala+cozinha+banheiro nele. Estou em dúvida se o espaço dá conta. São 2,7m por 2,5m para o quarto, 2,7m por 2,6m para a sala, 2,7 por 1,4m para a cozinha. O banheiro já está separado e a cozinha está apenas demarcada. Minha preocupação é mais a cozinha, me pareceu muito apertada. O que acha? Dá pra ficar legal e alugar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola TH.

      Qual a area total do lote (espaco onde ira construir)? Ha fiscalizacao?

      Faca o seguinte: Voce moraria na casa que pretende construir para alugar? Se a resposta for sim, com certeza voce conseguira alugar.

      Abraco

      Excluir
  3. Olá, VDC.

    "Investir deve ser algo que te faz bem, e não o contrário."

    É isto aí!

    Sucesso nos investimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola G65.

      Com certeza, estudei, analisei, e apos executar o plano nao me senti confortavel.

      Vou de FIIs e Renda Fixa, alem do meu carro chefe que sao as construcoes.

      Abraco

      Excluir
  4. Vc é bom em algo e não satisfeito parte
    para novas empreitadas.

    Tens as fontes de ganhar dinheiro tranquilo, pq se arriscar tanto?

    Muitos já passaram do milhão mas quando comparo os dividendos deste com um meu, vejo q não são tão grandes principalmente comparando com o patrimônio.

    Sinto que vc tem um pouco de vontade de firmar-se com um blogueiro, esqueça isso, cada qual cada qual. Independente do patrimônio, vc tem uma vida muito melhor, nem vou comparar família.


    VR chegou a uma excelente conclusão, faça um comparativo em todos blogs que segues e encontre quantos possuem ganhos históricos melhor que a poupança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola VDA,

      Permita-me, respeitosamente, discordar: As construcoes continuam sendo o carro chefe do meu aumento patrimonial, mas, o dinheiro que sobra e o que preciso aplicar para gerar renda passiva, ao ponto que cubra as minhas despesas e me permita enfim Viver de Construcao.

      Nao tenho necessidade alguma de me tornar blogueiro, eu conheco bem a parte digital (lembra dos meus empreendimentos digitais) e este tipo de blog nao seria rentavel, por ter um publico muito especifico, eu escrevo pois realmente gosto de escrever e de responder os comentarios, e claro ler os demais blogs.

      O tempo que eu gasto para publicar meus posts sao um passatempo para mim, um hobby que criei, eu poderia usar o tempo para estudar novos negocios ou fazer renda digital, eu realmente escrevo por que gosto.

      Sobre as acoes, e do meu perfil mesmo, nao desejo ter, permito rendimentos simples e mais seguros mesmo, devo incrementar a renda com mais cotas de Fiis e partir para a renda fixa mesmo, economizar e subir o patrimonio mes a mes, devagar e sempre.

      Meu proximo passo nos proximos 2 anos no maximo sera adquirir um novo imovel, usar o FGTS e por para alugar, vou fazer o que eu sei mesmo, o simples, conhecido, e que vem dando resultado, nesta parte eu concordo com sua dica e agradeco tambem.

      Abraco

      Excluir
  5. Boa noite

    O que acham de construção de casas nesse momento.

    Tenho 900.000,00 e 62 lotes, penso em iniciar com 6 casas e elas se multiplicarem.

    VGV 10.000.000,00
    Custo efetivo: 6.200.000,00

    4 anos de obra

    Lucro total de 3.800.000,00

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Sucesso.

      Por que voce nao vai com calma, constroi num lote, acaba, aluga.

      Depois o outro.

      Se voce tem 900K, pra que tanta pressa?

      Voce tem 62 lotes, nao seria melhor reduzir seu imobilizado vendendo parte e construindo em parte nao vendida?

      Acredito qur se voce vender todos os lotes, voce ja esta rico, pra que esquentar a cabeca construindo, recebendo aluguel, manutencao ... Joga tudo na NTNB e va viver a vida sossegado, com os juros e mantendo seu capital blindado da inflacao.

      Abraco

      Excluir
  6. VDC, outra pergunta. Eu tenho um terreno com 6 barracões para alugar. Mas não dou conta mais das dores de cabeça. Eu que faço tudo, dos contratos até ir verificar cada manutenção necessária, infiltrações e até arrumo algumas coisas etc. Como posso diminuir a dor de cabeça? Delego para uma imobiliária? Nesse caso como faria para terceirizar as manutenções de modo a mexer o mínimo com isso? O que vc faria no meu caso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola TH.

      Meu pai tem barracoes alugados, todos com imobiliaria.

      Mesmo pagando um %, vale a pena, pois toda esta parte de recebimento, cobranca, fica com a imobiliaria.

      Eu no seu caso colocaria numa imobiliaria, e cortaria o contato direto com os inquilinos.

      Quando necessario reparos, a imobiliaria te informa, voce contrata alguem que vai la e faz, se souber voce mesmo fazer, voce pode ser a pessoa da manutencao, mas eu penso que quanto menor o contato com inquilinos, menor dor de cabeca.

      A imobiliaria fara isto pra voce.

      Abraco

      Excluir
  7. Respostas
    1. Ola Madruga.

      Provavelmente algum problema na conta adsense vinculada a meu @ do blog, eu usava em outro site que fiz, um investimento que me gerou lucro na venda do site.

      A opcao aparece e esta habilitada, coloquei os quadros do adsense na pagina, mas nada aparece.

      Quando tiver tempo vou tentar vincular uma nova conta adsense pra testar.

      Abraco

      Excluir
  8. Meu caso é o contrario de você, olho pra minha conta no TD é fico revoltado com o baixo rendimento e com vontade de aplicar tudo em ações hehe.

    Adoro renda variável, não tem sensação melhor do que ganhar 10% em um dia, coisa que você demoraria 1 ano em renda fixa.

    Sou investidor agressivo, único mico que eu comprei ate hoje foi a RSID3. sabia que iria perder mesmo assim quis arriscar ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anonimo.

      Admiro a sua coragem ... Voce pode ganhar 10%, mas tambem pode perder 10%, este e o problema.

      Ficarei satisfeito com uma renda passiva em TD, ou outra renda fixa.

      Na renda variavel deixarei as emocoes apenas nos Fiis mesmo.

      Abraco

      Excluir
  9. VDC, realmente a melhor relação retorno/risco está na Renda Fixa. Acho que sua escolha é certa.

    Mas tentando analisar um pouco racionalmente temos que entender que nos últimos 3 anos a bolsa estava toda em queda, então impossível lucrar neste mercado a não ser que você seja muito safo. Temos que aguardar um pouco para ver se a tendência não muda.

    O "certo" seria a galera trabalhar com stop loss e investir só uma porcentagem pequena da carteira na bolsa. Assim, na pior das hipóteses iria empatar, não dar rendimento negativo. Não fazem nenhum nem outro. Estou começando agora com os investimentos, e ficaria bastante aflito se minha carteira desse rendimento negativo. Tenho interesse em colocar 60% na RF e 40% na RV e ir diminuindo a RV paulatinamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola SMM.

      O Brasil e o pais dos juros, temos que aproveitar isto.

      O problema talvez seja este que voce citou: Desde que eu acompanho a bolsa, so tivemos queda.

      O Stop Loss deve ser usado em trades, para o socio nao vejo tanto sentido usar, afinal, para fazer parte e colher os frutos de um ativo voce deve estar exposto a ele.

      Na teoria renda variavel bate a renda fixa, infelizmente ainda nao vimos isto na pratica, entao penso que aplicar 100% em renda fixa lhe dara um patrimonio bom, sem riscos, com fortes aportes.

      Abraco

      Excluir
  10. Amigo, não seria o caso de pensar numa pequena alocação em ETFs?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amigo.

      PIB11 e sempre algo que me vem a mente (mencao do VR), pois possui baixa taxa de gestao.

      O problema e que nao gera renda passiva, da forma que quero atualmente, sei que redistribue, dividendos na cotacao, mas o que preciso atualmente e recebimento de caixa mensal mesmo.

      Voce tem algum? Bova? pibb?

      Talvez se eu tivesse que escolher talvez iria de IVV11B, exposicao internacional.

      Abraco

      Excluir
    2. Se prefere fluxo de caixa, fique com os FIIs mesmo. É a melhor opção. Nem as ações individuais são instrumentos tão poderosos para essa finalidade. A ideia é ter um pouco de ETF no portfólio (5-10%), fazendo alocação de ativos, rebalanceando, comprando um pouco mais quando cai e comprando pouco quando sobe.

      Recomendo BRAX11 e PIBB11, são os melhores. BRAX11 tem a taxa de administração um pouco maior (0,2%), mas nada que comprometa. O PIBB11 é o ETF com a menor taxa de adm do mundo. A vantagem do BRAX11 é possuir mais ações, ele representa o mercado melhor do que o IBOV. Não gosto do BOVA11, possui uma taxa mais salgada e o BRAX11 como dito é melhor como índice (IBrX-100), a única vantagem é maior liquidez no fracionário (mas nada demais, já que um lote padrão de BRAX11 é menos que 500 reais).

      O IVV11B é bom, mas só para investidores qualificados. Mesmo que a corretora libere, não me sinto muito confortável. Melhor abrir uma conta nos EUA e comprar por lá.

      Excluir
    3. Concordo com o risco de IVV11B, se mudarem as regras, voce pode ter um belo prejuizo. Ele e ofertado em minha corretora.

      Nao conhecia o BRAX11. Darei uma olhada para ver as acoes que compoe o indice, interessante mesmo.

      BOVA11 taxa de gestao muito cara mesmo, eu preferiria PIBB11 por este motivo, mas, comprar indice depois de 16% de alta do IBOV e ben arriscado, o problema e que meu metodo e desconsiderar preco na hora da compra, ou seja, nao usar o timing a meu favor.

      Abraco

      Excluir
  11. Eu vou mantendo a proporção 70%FII 20%RF 10%ações ; pode ser que futuramente a renda fixa passe os FII pois aporto os rendimentos todos em RF ,dinheiro novo so ações e FII, mais cada um tem buscar o que for mais adequado a cada perfil boa noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SM.

      Interessante sua proposta, este contrabalanceamento achei interessante sim, pois a maior parte esta nos FIIs.

      Abraço

      Excluir
  12. Entendo seu lado...eu tenho menos de 10% em ações...sobe, desce, despenca...não me incomoda muito, mas só esse valor.

    Estou construindo uma base sólida em FII + TD com cupom semestral...preciso desse 'salario' fixo, pra me dar tranquilidade na vida...tipo, se tudo der errado nos meus negócios, eu tenho uma vida 'digna'.

    Calculo 3 mil reais de renda, eu viveria muito bem, sozinho. Quanto eu obtiver esse valor, pretendo arriscar mais em ações, pois já estarei 'seguro'.

    Andei comprando ações porque vi umas despencarem, e o preço dos FII's subirem muito...mas vou me importar menos com preço de compra e rentabilidade, e levar mais a sério aportar em FII.

    Por exemplo, KNRI11 dá cerca de +- 0,80% ...retorno baixo, mas se olhar os imóveis, são simplesmente fantásticos, de alto padrão, muito bem localizados, bem cuidados...se continuarem com esse padrão, passarei décadas recebendo os aluguéis.

    Por hora vou construindo meu porto seguro com bons FII's e TD, mas vou comprando um pouco de ação também, até o momento me sai bem, não vendi, não fiz trade...e vamo que vamo :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assalariado, tudo bom?

      Seu pensamento esta muito similar ao meu: Eu trabalho para aportar e gerar renda fixa (um “salário passivo”) que me permita não ter que trabalhar, ou trabalhar menos, se possível somente gerenciando as minhas construções.

      Eu não estou dando muita bola para preço, sinceramente, eu só comparo entre os FIIs que vou comprar mesmo. Por exemplo, meu próximo aporte será em SAAG11 e BBPO11, independente do preço, pois cada real que eu compro para o futuro me deixa satisfeito.

      Para você ter ideia, eu pensava em montar uma renda pra viver dos juros da poupança, qualquer coisa acima de 0,7% ao mês já me satisfaz rs.

      O foco em aumento patrimonial é o que você deve seguir, eu demorei a ver isto, tanto ações, FIIS e renda fixa você ganha acumulando, não fazendo trade.

      Abraço

      Excluir
  13. Pô Viver, quem compra u m ativo que acabou de subir 100% nas ultimas semanas tem é que tomar susto mesmo. Cuidado com o timing. Comprou na hora errada e levou susto. Definitivamente não é momento de novos aportes em ações, apenas reinvestimento de dividendos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Mestre Uo!

      O problema é que não existe timing pra mim, chegou o dia, é comprar o que planejei e pronto, não espero nem spread, no longo prazo a diferença não é tão significante.

      O problema não foi o susto da queda em si, e sim a possibilidade de deixar de aumentar a rentabilidade: R$ 7.000,00 a 1% me geram R$ 70,00 mês, já o mesmo aporte em ações, não gerariam tantos dividendo ao ponto de cobrir este valor (desconsiderando, claro, variações da cota, que tendem a ser maiores p/ ações).

      IBOV subiu demais, entrar vendido pra mim não é uma opção aceitável, então permanecerei na dupla FII + TD, só falta eu começar a comprar TD mesmo.

      Abraço

      Excluir
  14. VDC,

    Acho que sua decisão é a mais correta. Na busca pela independência financeira, o essencial é ter um plano bem definido e segui-lo à risca. E este plano, invariavelmente, deve se adaptar à sua realidade, à sua tolerância ao risco e ao seu perfil de investimento.

    Se você não se sente confortável com as oscilações do mercado, então não compre ações. Se você fica ansioso sobre o impacto do noticiário no preço de suas ações, então você não deve possui-las.

    Não é fácil segurar ações em tempos de crise. É por isso que apenas uma pequena parcela dos investidores ganham dinheiro com ações. Este mercado não é para qualquer um, e se não se encaixa no seu perfil, o melhor a fazer é não se envolver.

    Foque no que você se preparou e faz bem. É isso que vai te levar à IF.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá PM.

      Não adianta, eu até tentei, mas não estou disposto a correr tantos riscos, como antes, pois as coisas estão caminhando bem, patrimônio aumentando aos poucos, então penso que uma pitada de FII já é suficiente para me dar esta emoção toda.

      O que venho reparando na minha carteira é o contrabalanceamento dos FIIs, metade cai, metade positiva, e fico no zero a zero ou positivo (analisando custódia), e no final das contas todo mês eu recebo meus aluguéis, é quase fazer o que eu pensava antes, que seria comprar barracão para alugar.

      Se me sinto mais confortável comprando imóveis, para que ficar nesta loucura com ações, não é pra mim mesmo.

      Agora quero apenas ficar próximo de 1% ao mês de aporte todo mês e estará de ótimo tamanho, afinal, crescer um patrimônio estimado de quase 900K vai me levar ao milhão em 1 ano, espero continuar neste ritmo.

      Abraço

      Excluir
  15. VDC,

    É bem inteligente esse análise no sentido de que conforme o tempo passa e o patrimonio aumenta, diminuir a exposição ao risco é muito inteligente ..

    Só o contraponto, é que, você tendo como fonte principal construção, ações seriam uma diversificação e diversificação quando bem feita... também reduz riscos de estar exposto a somente 1 tipo de negócio ...

    Concordo com o Uo, cuidado com o timing em ações .. minha opinião é de que o mercado agora tem muito risco envolvido, obviamente, poderá dar um bom retorno, mas é um risco deve ser avaliado. Se for o risco pelo risco, faríamos roleta russa ganhando 100% do capital cada vez que estamos certos .. mas .. e se estivermos errados???

    A avaliação que fiz, pra direcionar por enqt meus novos aportes pra TDpós foi ... mercado começou falando que poderia ir a 60k com impeachment... só que se não acontecer.. mercado já marcou minima a baixo de 40k (pts no ibov), a 50k.. teoricamente é 1 pra 1. Outra, caso dê certo ações que devem pular são petr, elet, bb... vc vai comprar essas empresas? eu não ... tirando bb bbse.. essas 2 outras nem ferrando ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Rodolfo,

      Eu preciso de outros investimentos mesmo, veja meu caso agora: 2 casas prontas, sem venda. Como eu viveria sem trabalhar se casa parada (sem venda e sem alugue) não gera venda?

      Penso que Ações são feitas para aumentar o capital, são como uma mola que impulsionarão seu capital pra frente (claro, na teoria).

      Agora o que eu busco mesmo é o fluxo de caixa, é a parte 2 do meu plano, aumentar a renda passiva de uma forma que eu forme o meu “salário passivo”, e com ele eu consiga viver nestes momentos esperando a venda das casas, justamente por ter o capital para comprar o lote e construí-las em separado.

      O lucro das casas, eu reaplicaria em Renda Fixa, gerando mais renda, ou mesmo comprando outros imóveis para gerar mais aluguel.

      No momento, estou com um pensamento em um tipo de negócio dos antigos e que é rentável (assunto para o próximo post), e pode ser também a forma de gerar mais renda (não tão passivamente) pra mim.

      Ações estão penando há tempos, um ciclo baixista que parece não ter fim, eu cansei disto, ficarei só olhando mesmo, de fora, pois gosto do mercado, só não quero participar da festa.

      Preciso mesmo começar a aportar em Renda Fixa, ainda penso que NTNB a 6,50% + IPCA é um ótimo parâmetro para a compra.

      Abraço

      Excluir
  16. Estudos que mostram mercado de ações rendendo acima da renda fixa no longo prazo normalmente são baseados no mercado americano onde as taxas de juros são bem mais baixas (hoje abaixo de 1%)e o mercado acionário menos volátil, com empresas mais sólidas e economia mais estável. Fazer trade em renda variável para bater DI de 14,25% aa é quase impossível.Sem falar que se você tem retorno de 14% aa em LFT, com risco quase zero, para correr risco no mercado acionário teria que se esperar que ele dê um retorno de pelo menos 5pp ou 6pp acima do DI, o que hoje daria um retorno de pelo menos 20%. Como esperar retorno de 20% num cenário como o de hoje?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Charles.

      Concordo, muitos destes estudos, como você bem disse, foram feitos nos EUA, sem considerar a grande bagunça que é nosso país e a festa dos juros que temos aqui.
      Friamente pensando, não vale a pena ficar sofrendo, acompanhando IBOV subindo 2% num dia, caindo 3% no outro, empresas diminuindo dividendos, outras fechando as portas.
      Quero paz nos investimentos, nas ações não estarei em paz, então estou fora delas.

      Abraço

      Excluir
  17. Sobre sua postagem é bem isso que eu sinto quando lembro de alguns investimentos em renda variável, fico ansioso, querendo ao menos não ficar no prejuízo.

    Eu possuo apenas duas aplicaçoes em renda variável, PIBB11 e um Fundo de Investimentos em Ações, o PIBB11 não é algo que me preocupa tanto, já o FIA é aquele investimento que não me sinto bem com ele e não vejo a hora de encerrar, desde que eu não saia no prejuízo.

    Sei que investimento em renda variável é algo ao longo prazo, mas não é bom você todo mês só ver prejuízo e que infelizmente você não pode fazer nada quanto a isso.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ZR!

      Por mais que sempre citamos que Renda Variável é para longo prazo, nossa mente não foi programada para aguentar perdas financeiras, por isto investir em ações é algo que vai contra nosso emocional e o racional, pois temos que fazer o que não somos programados para aguentar as quedas.

      Outra coisa: Já reparou que aguentamos mais as quedas, do que ver as ações que compramos acima do nosso preço de compra, ou seja, com lucro?

      PIBB11 é uma ótima maneira de diversificar, comprando várias ações do índice englobadas neste ETF (menor custo por sinal do que os demais ETFs), mas, não geram dividendos, não geram renda passiva, e estou batendo fortemente nesta tecla, pois gerar fluxo de caixa é ajudar os juros compostos a agirem.

      A cada mês estou comprando R$ 70,00 de renda adicional, isto é fantástico, as cotas podem cair, a renda dos aluguéis poderá diminuir, mas, é um investimento mais próximo ao que eu mesmo faria, se comprasse barracões para alugar. Se ficou vago de inquilinos, eu fico sem receita. Com FIIs é a mesma coisa, numa proporção maior.

      Sobre FIA, se você não esta confortável, não espere para sair no “zero a zero”. Venda, e coloque seu dinheiro onde você fica confortável.

      Abraço

      Excluir
  18. Nossa construtor! Tinha feito ótimas aquisições. Más se não te deixa confortável, melhor sair fora. Eu ao contrário, depois que conheci o mercado de ações, me apaixonei. Só orgulho em poder investir em empresas top tipo Grendene, cielo, Bradesco etc....abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beto.

      Sim, nada mudou, as empresas são realmente boas.

      Mas, na abertura do mercado, me senti mal, e optei por não formar posição em ações mesmo.

      Eu estou mais orgulhoso investindo em FIIs rs.

      Abraço

      Excluir
  19. Tudo Bem VDC?! Eu não entendo porque as pessoas complicam tanto investimento. A regra é simples juros alto (selic) vai pra renda fixa, vai pra FII. Juros baixos assuma o risco da renda variável já que renda fixa não vai pagar nada. Simples. Pra mim, FIIs ficam no meio do caminho entre risco e retorno. Pois eles possuem um yield que acompanha a alta e baixa do juros, como a renda fixa, tem fluxo de caixa mensal e ainda tem potencial de valorização, ou seja, une os dividendos e valorização das ações com a previsibilidades da renda fixa (juros sobe renda fixa fica menos atrativa e o contrario). É por fim pra eu que entendo de imóveis é muito mais fácil avaliar um imóvel de qualidade do que os meandros dos números que estão nos relatórios da empresas. Compra coisa boa em FIIs e esquece, assina Empiricus, pega 3, 20 opniões e racionais e compra hoje que quando o juros começarem a cair os FIIs valorizam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiz, tudo bem?

      Seguinte, Juros Alto (Selic) é Renda Fixa mesmo, como você disse. Normalmente os FIIs caem justamente devido a esta oferta maravilhosa da Renda Fixa.

      Quando a Selic cai, os FIIs valorizam (veja que, com a possibilidade de redução da Selic os FIIs valorizaram bastante e o TD caiu bastante).

      Renda Variável em teoria seria quando a Renda Fixa tivesse ruim, com juros baixos.

      Na minha opinião, para não ficar girando de um lado pro outro, o negócio é investir no que você se sente confortável, eu por exemplo não quero mais ações, mas estando em FIIs e Renda Fixa um cobrirá as quedas do oturo.

      Você expressou o sentimento que tenho de FIIs, é isto mesmo.

      Empiricus, já vi diversos anúncios, mas não tive tanto interesse, eu mesmo faço as minhas análises, e uso muito o blog aqui, mas logicamente respeito quem usa o serviço.

      abraço

      Excluir
  20. Depois que começou o rali do impeachment não comprei mais ações. É a hora de ser cauteloso mesmo, porque depois de tanto cambalacho, não ficarei espantado se a Dilma terminar o mandato...

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá DH.

      Não olho muito a tempística, mas realmente eu comprei num péssimo momento, mas, eu nem esperei o pregão após a compra, decidi mesmo que ficarei fora das ações, vou de FIIs e Renda Fixa, até a próxima construção.

      Nossa política é uma vergonha.

      Abraço

      Excluir
  21. Grande VDC, o mais importante de tudo é que você se conhece e sabe qual é seu perfil, isso sim é importante, se conhecer.
    Conheça-te a ti mesmo!

    ResponderExcluir
  22. Olá, VDC. Estou pensando, há um tempo, investir em FIIs, começar com aportes pequenos de R$600/mês. Mas não consigo decidir qual a Corretora mais barata e confiável para esse montante pequeno de aporte... você tem alguma sugestão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. anônimo, muita gente que compra apenas FII usa a Socopa que não cobra corretagem, apenas 10 reais mensal pela custódia. Mas se for executar apenas 1 ordem de compra mensal, também indico a Mycap, no plano flex, cobra 10 reais pra mandar sua ordem, mas não cobra taxa de custódia mensal. Porém a principal vantagem da mycap, na minha opinião(é minha corretora principal) é a calculadora de IR gratuita e a função de visualizar Proventos já pagos ou previstos.

      Excluir
    2. O R1 respondeu muito bem.

      Eu usava a Picchionni, mas ela finalizou e estarei migrando para a Guide Investimentos.

      Eu pago R$ 4,90 por ordem e R$ 8,90 de custódia, considero bons valores.

      Abraço

      Excluir
  23. Excelente post Viver de Construção.

    Realemnte, ação não parece ser um bom investimento hoje em dia. Eu me arrependo de ter começado minha carreira em mercado de renda vairável. Fui vítima de marketing rsrsrsrsrs

    Hoje penso igual a você, FII e Renda fixa são os melhores investimentos que se pode fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vidinho.

      Pois é ... Poucos ganham, muitos perdem.

      Vou no que é mais certo, Renda Fixa e Construção, e confio nos FIIs.

      Abraço

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares