Total de visualizações de página

sábado, 9 de abril de 2016

Reduzindo Custos p/ a Independência Financeira - R$ 96,00 Mensalmente Economizados ou R$ 0,96 Mensal na IF ...

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Redução de Custos em prol da Independência Financeira. Este será o tema abordado neste humilde blog, nesta noite de sábado.


Nesta semana, eu fiquei pensando em formas de reduzir ainda mais meus custos fixos.

A ideia é bem simples: Quando menos eu gasto, mais dinheiro sobra de meu salário + investimentos para aporte (que inclui novos negócios, que abordarei também neste post).

A equação fundamental da Independência Financeira é: Menos Gastos, Mais Aportes em Valor, Somado ao Tempo. Esta é a fórmula “secreta” do enriquecimento.

Claro, estou desconsiderando negócios ilícitos ou empreendedores que conseguem criar algo inovador que elevem os mesmos ao milhão rapidamente. Vamos falar do nosso mundo, dos trabalhadores, dos poupadores, que estão muito a frente do restante da população por um simples motivo: Planejamento Financeiro.

Seguindo o tema central deste tópico, eu, que me vangloriava de ser um exímio poupador de despesas fixas, percebi alguns “pequenos vazamentos” em minha conta bancária, que tratei de corrigir nesta semana mesmo.

A primeira ideia surgiu neste mês, quando estava atualizando meu controle financeiro (planilha Excel simples que uso), e percebi novas linhas, que incluíam pagamentos novos, em comparação com os meses anteriores.

Desde a finalização da obra, surgiu um item a mais para pagar, que era a ligação de energia elétrica que fiz para a segunda casa recém construída, pois para que os fiscais da prefeitura emitissem o Habite-se era realmente necessário ter esta ligação pronta.

Eu estaria pagando por mês, a taxa mínima, num valor estimado em R$ 22,00, para arredondar. Perguntei a mim mesmo: Por que continuar pagando isto?

Realmente não faria sentido ... Então, liguei na Companhia de Energia Elétrica de meu estado, e solicitei o cancelamento.

Para a minha surpresa, o procedimento mudou, e eu não preciso mais ir pessoalmente a uma agência: Pelo próprio telefone eu faço o cancelamento, informando a última medição, e eles provavelmente farão um acompanhamento se, com a ligação cancelada, esta medição permanecerá a mesma (muito inteligente, reduz os custos de enviar um técnico para cortar a energia, e um novo técnico para religar a energia).

Pois bem, até o momento, economizei R$ 22,00 por mês. Como uso a Regra de 1% em tudo na minha vida, isto significa uma contribuição de R$ 0,22 centavos para a minha Independência Financeira.

Mas a economia não parou por aí ...

Recebi meu contracheque, e após vários meses sem me preocupar em analisa-lo detalhadamente, percebi que eu estava contribuindo com R$ 18,00 para ter acesso ao transporte da empresa, que, por ser multinacional, se trata daqueles ônibus de viagem, que pegam nos pontos cada um dos colaboradores.

O ônibus passa bem cedo, e eu não gosto de ter horários certos de entrada e saída, uma das coisas que eu me dou o luxo de ter é ir ao meu trabalho, que não é tão longe assim, no meu veículo, que é bem econômico.

Pois bem, mais R$ 18,00 cortados das minhas despesas mensais. Ou seja, contribuição de R$ 0,18 para a minha Independência Financeira.

Ainda não fiquei satisfeito ... Percebi que o plano da empresa que eu fiz, para ter acesso a um clube, não estava sendo usado. Eu fiz, para ir uma vez apenas e não voltar mais. Resultado: Mais um corte. Contribuição de R$ 0,11 para a minha Independência Financeira.

Aí tomei gosto pela redução de custo orçamentária, e percebi que estava pagando uma cesta de R$ 18,00 para manter uma conta corrente ativa na Caixa Econômica Federal.

Liguei para uma despachante Caixa, e perguntei a ela se eu poderia receber o valor de venda de casas, caso financiado pela Caixa (99% dos casos de venda de imóveis), através de uma Conta Poupança Caixa, que não tem custos.

A resposta foi positiva, um sim.

Não esperei dois dias, fui à Caixa Econômica, e cancelei a minha conta corrente, abrindo uma nova conta específica Poupança, sem custos mensais de manutenção, bastando apenas depositar R$ 1,00 p/ não deixa-la sem crédito com risco de cancelamento. Uma contribuição de mais R$ 0,18 para a minha Independência Financeira.

Tomei gosto pela redução de custos, e agora farei parte do time “Do Yourself”, traduzindo, “Faça Você Mesmo”.

Eu estava há cerca de 2 semanas com o chuveiro de um dos dois banheiros do meu apartamento com a resistência queimada. Nunca vi e nem sabia o que era, descobri que deveria ser esta tal resistência pesquisando no google.

Um eletricista conhecido, faria o serviço da troca por R$ 50,00, mas, no dia combinado ele sequer deu satisfação, mesmo tendo lindo minhas mensagens no whatsapp. Resultado: Cortado da minha lista de serviços, incluindo na construção e casas.

Mais uma semana passada, e hoje, após minha esposa falar mais uma vez, vi um vídeo no youtube sobre o conserto deste chuveiro, fui num depósito, comprei a resistência por R$ 24,00 (era R$ 25,00, eu mostrei R$ 24,00 e falei que iria ver se tinha moedas, o dono da loja disse “pode ser R$ 24,00 mesmo”. Excelente! Economia de R$ 1,00. Após, consegui trocar sem dificuldade alguma, ou seja, economizei R$ 26,00 fazendo eu mesmo.

Eu já sou adepto desta modalidade em minhas obras, por exemplo, não uso despachante para regularizar meus papéis, eu mesmo o faço, economia de R$ 2.000,00 ou mais.

Além disto, eu pago internet + TV, plano mais básico, nem telefone fixo eu tenho, e notei nesta semana que, sem me avisar, aumentaram a conta dos atuais R$ 109,00 para R$ 123,00 ...

Liguei imediatamente e briguei muito ao telefone, ameacei cancelar, e no final das contas após insistentes ligações minhas, resolveram reduzir minhas mensalidades, nos próximos 3 meses subsequentes, para R$ 108,00, infelizmente neste mês serei obrigado mesmo a pagar os R$ 123,00. Considerando meus gastos dos meses seguintes, R$ 15,00 economizados, que totalizam R$ 0,15 na caminhada da Independência Financeira.

Nesta semana também eu tive a minha primeira reunião de condomínio no prédio que moro (sempre morei em casa), e uma das questões da pauta era um aumento de R$ 30,00 no valor do condomínio.

Analisei a situação, vi os balanços, e notei que estamos arrecadando exatamente o valor que gastamos, sem estarmos em déficit mês a mês, e com uma reserva de 1 mês de condomínio, além de uma pequena reserva separada p/ alguns reparos no prédio.

O síndico propôs o aumento, junto à administradora do prédio, pedindo para pagarmos um pouco mais para ir sobrando dinheiro mês a mês, para o condomínio ter uma sobra maior. Mas, na minha análise, qual o motivo plausível para arrecadar a mais, se não há déficit e há cobertura de inadimplência de um mês, caso todos decidam não pagar uma mensalidade num certo mês?

Sugeri uma análise completa para a redução dos custos fixos que temos, ao invés de simplesmente aumentar o condomínio, e minha proposta foi aprovada pelos demais participantes. Em outras palavras, minha contribuição foi suficiente p/ evitar um aumento de R$ 30,00. Poxa, aumentar R$ 30,00 logo na semana que eu fiz várias reduções no meu orçamento fixo mensal? Não mesmo.

Mais R$ 30,00 mensais economizados, contribuindo em R$ 0,30 para a minha Independência Financeira.

No final das contas, mensalmente eu terei uma redução de R$ 18,00 + R$ 11,00 + R$ 22,00 + R$ 15,00 + R$ 30,00 que totalizam R$ 96,00 por mês, apenas fazendo uma análise em minhas contas fixas, de itens que eu não uso e são desnecessários para mim no momento, ou que poderiam ser reduzidos.

Se eu considerar a redução em prol da Independência Financeira, o resultado desta “semana da redução de custos” esta em R$ 0,96. Excelente!

Pode parecer pouco, mas, se meu salário fosse de R$ 960,00, seria uma redução de 10% das contas. Sendo um salário de R$ 1.940,00, reduzi 5%. Considerando minha renda mensal atual, uma redução em torno de 1,07%, se considerar somente meu salário fixo (líquido) 1,55%. Nada mal, concordam?

Ainda fiquei pensando se não teria sido uma boa ideia ter sido o síndico, pois desde quando entrei aqui, tentei ajudar e correr atrás de algumas melhorias para o grupo, que me beneficiariam também.

O síndico não paga condomínio, e ainda conta com uma administradora, então ainda estou pensando se não teria sido bom economizar R$ 170,00 mensalmente, mas, analisando friamente, sei que seria um dinheiro muito problemático, pois seriam 15 famílias diferentes que eu teria que prover suporte, e eu já faço muita coisa, como vocês sabem ... Penso que é melhor aplicar o tempo que eu teria que dedicar a resolver estes problemas do prédio, por R$ 170,00, pensar e investir nos meus Projetos Digitais, que me rendem muito mais que isto, se eu ficar dedicado.

Logicamente, eu quis mostrar para vocês como podemos enxugar nosso orçamento mensal, através de uma análise detalhada dos gastos, e a buscar formas de sempre reduzir as suas contas fixas.

Lembram da venda do meu lote, que desisti de construir? Foi excelente, pois eu deixei de pagar a prestação de R$ 765,00 por mês! Uma folga orçamentária em bom momento.

Não estou querendo ser ou ensinar a vocês a ser pão duro, mas penso que podemos sim fazer algumas coisas simples que reduzam nossos gastos. Algumas outras sugestões que tenho em mente:

·         Posto de Gasolina: Atualmente estou abastecendo num posto próximo com a gasolina a R$ 3,489. Os demais próximos variam entre R$ 3,59 a R$ 3,69. Pensando que eu sempre encho o tanque, eu economizo de R$ 5,00 a R$ 10,00 só nesta escolha de posto.

·         Almoçar fora (Trabalho): Eu almoço sempre no restaurante da empresa, então não tem como economizar, na verdade há dois restaurantes distintos, um chamado de padrão, para ser usado mais pelos operários, e outro a ser usado mais pelo time de escritório. Isto gera uma diferença mensal de uns R$ 50,00, mas, eu prefiro pagar um pouco a mais pela diversidade de opções do restaurante melhor, sem dor na consciência. Agora, para quem trabalha e almoça fora, principalmente para quem esta acima do peso: Que tal começar, gradativamente, a reduzir o prato? Ou a ir naquele restaurante de preço fixo, com uma carne?

·         Almoçar fora (Final de Semana): Eu sempre me regrei da seguinte forma: No final de semana, se eu sair no sábado, dificilmente eu sairei p/ gastar a mais no Domingo, e vice-versa. Tenho alguns colegas que saem terça, quarta, quinta, sexta, sábado e domingo. Cada saída, no mínimo R$ 50,00 a R$ 100,00, se for solteiro então, os gastos aumentam, se for namorando / noivando, aumenta mais ainda, principalmente quem não mora sozinho e precisa ir a motéis ... Imagine o estrago que R$ 300,00, R$ 400,00 por semana, que poderiam ser aportados, fazem ao longo do tempo. Lembre: Viver de forma simples. Nota: Neste sábado, decidi ficar em casa, escrevendo este post e fazendo algumas pesquisas na internet.

·         Promoções no McDonalds: Sei que faz mal, mas de vez em quando eu gosto de comer um Fast Food. Descobri um site do próprio McDonalds que exibe as ofertas do mês, por exemplo, a promoção Big Mac esta custando R$ 29,00, vendido duas promoções pelo preço de uma (um combo para duas pessoas), ou seja, apenas mostrando o cupom gerado no site, você compra dois pelo preço de um. Ideal para quem namora, é noivo ou casado, ou mesmo para ir com um amigo e dividir este valor.

·         Compras na Internet de Sites Confiáveis: Não preciso detalhar tanto, pois, uma empresa que apenas mantêm uma loja virtual para receber pedidos e despachar, apresentará preços muito mais baixos que lojas que contam com estrutura física, pagam aluguel, tem mais funcionários, etc. Fiz uma excelente economia comprando online, e não digo para comprar em lojas desconhecidas, digo lojas como Wal-Mart, Magazine Luiza, Ricardo Eletro, Casas Bahia, Americanas, etc.

Não vou aumentar tanto a lista, isto são apenas itens que me vieram a mente neste momento.

Na sexta-feira (ontem), por exemplo, mesmo sem tanta fome, acabei aceitando ir a um restaurante fora do trabalho, e paguei R$ 31,00. Qual o problema? Eu trabalho exatamente para isto, fui mais pela companhia de bons amigos mesmo, conversar, rir, valeu a pena. Só fiz diferente deles pagando à vista, eles dividiram no cartão. Eu sei, tem as milhas, mas tudo que eu compro, gosto de pagar à vista. Sou assim e não quero mudar.

Como sempre, olhando para cima vejo que escrevi demais, vou deixar o assunto de um novo empreendimento que estou analisando, não na área de construção, para um próximo post.

Eu estou montando minha Renda Passiva para me permitir criar um negócio, paralelo à construção, que alavanque ainda mais meu Patrimônio.

Se der certo, continuarei trabalhando normalmente, até o dia que me cansarei e passarei a minha vida apenas olhando a parte de construção e dando suporte a este negócio que tenho em mente ...

Nota: Já mencionei algo sobre nos posts anteriores, e estou apenas analisando mesmo, mas, se aparecer uma oportunidade, quem sabe não chegou a minha hora de ter meu negócio próprio, além da construção?

Para não perder esta atualização, uma rápida passada nos demais tópicos:

·         Obra: Apesar de ter terminado a obra, ainda estou regularizando. A  Averbação das casas ficou pronto na prefeitura, e agora devo emitir um documento chamado DISO, da Receita Federal, pagar, e ir pessoalmente na Receita Federal entregar algumas documentações e cópias do projeto. Quando finalizar este trâmite, receberei um documento chamado CND, que basicamente é uma certificação de que não tenho débitos com a Receita e que esta construção esta com todos os pagamentos em dia. Este documento CND, junto da Averbação, são os documentos que preciso para finalizar a regularização, levando os mesmos ao Cartório de Registro de Imóveis para que agora a escritura do lote se torne a escritura de um lote com duas casas. 

·         Projetos Digitais: Voltou a me dar alegrias, com pouco esforço de minha parte, mas me reinventei. Não quero contar tantos detalhes, como sempre, mas digo que até este momento do mês (09/04/2016) já ultrapassei a renda do mês anterior inteiro ... Objetivo? Ainda nenhum. Mas, mais de R$ 1.000,00 com este investimento é considerável e plausível.

·         Dividendos da Sociedade: Tudo fluindo perfeitamente, sem estresses. Tive um pequeno problema, que não gostei, mas relevei: Comprei junto ao sócio um valor alto de produtos, em dois dias, redução de 10% pagando à vista (venda grande da loja dele, que precisa de capital para comprar à vista). A empresa da qual ele comprou não conseguiu atender o pedido, em consequência ele perdeu a venda (da loja dele), e me retornou meu dinheiro sem lucro no dia seguinte, após me explicar a situação e ter meu aval. Não gosto de arriscar capital p/ não ganhar nada, na verdade eu perdi, pois ao retirar da poupança os 0,67% que eu ganharia na data de aniversário agora começaram a contagem novamente ... Próximos contratos extraordinários, terei uma taxa mínima de devolução, p/ evitar novos casos. É a segunda  vez que aloco capital na Sociedade e não recebo nada de Dividendos.

Vale ressaltar que estou totalmente descapitalizado este mês, valor todo aplicado, e não quero ter que reduzir meus investimentos em Fundos Imobiliários ou Dividendos da Sociedade para quitar compromissos no mês, lembrando uma das máximas que prego aqui, que é Não Girar Patrimônio.

Eu cometi um erro na leitura da ordem das atividades, pois na regularização da obra eu pensei que pagaria o Cartório primeiro, o que ficará em torno de R$ 2.500,00, e esqueci que precisaria pagar a Receita Federal primeiro, cujo valor estimo entre R$ 6.000,00 a R$ 7.000,00, ou seja, no momento não tenho este capital todo, melhor esperar o fechamento do mês, lembrando a todos que o que me descapitalizou me fazendo errar nas contas foi o pagamento de R$ 6.600,00 do “problema do meu tio”, já explicado em posts anteriores e que pretendo esquecer completamente, onde de bom coração passei R$ 3.300,00 para ele, como ajuda e gratidão pelo excelente serviço e por ser da família, e o restante (50%) ele me pagará aos poucos ... Era exatamente o valor que eu precisava para concluir a documentação da obra, e eu não queria ficar um mês sem aportar ... Por isto, estou “apertado financeiramente” no momento, com capital menor do que R$ 3.000,00, que também contribuiu um celular novo que comprei p/ meu pai (ele sempre me emprestou dinheiro sem juros, quando precisei, então este celular é como se fosse um pagamento de juros que não repassei a ele quando ele me emprestou. Valor do celular nas lojas: R$ 700,00, em média. Na internet: Comprei por R$ 467,00 ... Bela economia.

Agora, quero finalizar, deixando um DEVER DE CASA para vocês:

Eu gostaria que vocês fizessem uma análise completa dos gastos de vocês, e analisassem se há algo que vocês consigam reduzir, pode ser qualquer coisa, e escrevam aqui o resultado.

Lembrem sempre, este blog veio para crescer junto com vocês, para mim é um prazer aprovar os comentários e estar conversando com todos vocês leitores, e fico feliz em saber que este blog já tem um espaço no coração de cada um de vocês (momento emotivo do dono do blog). Falando sério, o número de visualizações e comentários vem crescendo, e isto me motiva a continuar escrevendo aqui, pois a responsabilidade de tentar passar um bom conteúdo me faz dispender mais tempo escrevendo, revisando o texto, e tentando passar uma mensagem para vocês, além de claro mostrar a minha estratégia e patrimônio.

Um grande abraço, e excelente final de semana!

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

36 comentários:

  1. é isto aí, despesa é igual unha, tem que cortar toda semana, rs

    ResponderExcluir
  2. Mandou bem VDC. Fiz este exercicio ha cerca de 4 meses atras e me surpreendi com a economia. A maior foi o corte de energia de um imovel que não consigo alugar. Foram R$ 90.00 /mes pois este é o custo do consumo minimo ou disponibilização da energia para o local. Na minha opinião esta taxa não deveria existir. O corte foi simples e rápido como voce falou. Para religar a energia vai ser simples e sem custo. Cortei tambem os seguros de cartão de credito e débito dos dois bancos. Parece besteria mas cada cartão tinha uma proteção de R$ 8 por mes. Já é super protegido por chip, senha e ainda cada despesa feita recebo um SMS em meu celular. Este seguro é bom mas pode ser dispensado. Outra "conicidencia" foram as economias de refeição fora de casa. Este custo aumentou muito no ultimo ano e desde então já diminui em cerca de 80% este tipo de gasto. Agora quero cancelar a TV a cabo em definitivo (já consegui a redução da mesma forma que voce fez). O dificil e convencer as mulheres da casa. Se eu perder o emprego ai não vou nem negociar. Ligo para a operadora e cancelo. No longo prazo meu objetivo e não moram mais em condominio para não pagar taxas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anonimo.

      Excelente economia.

      Ha uns meses atras, analisei o extrato do banco do meu pai e vi que eles estavam cobrando varias taxas que ele nao contratou.

      Fui com ele ao banco e reduzimos uns R$ 65,00.

      O corte da sua energia do imovel vago foi otima, achei muito abusiva e cara esta taxa, quase 100 reais mes, parece brincadeira.

      Estas protecoes de cartao nunca usei, tambem recebo SMS em compras a partir de 50 reais.

      Eu preciso apenas da internet mesmo, mantive o plano basico, e vi que valeu a pena assistir netflix, mas usei 1 mes gratis no meu nome e cancelei, agora estou no mes gratis da minha esposa, e tentarei criar novas contas assim de 1 mes gratis ou dividir com algum colega, visto que o proprio netflix disse que nao e ilegal compartilhar netflix.

      Abraco

      Excluir
  3. Abrir um novo negocio ? Apoiado!!! Tu é fera VDC , não tenha medo e será recompensado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois e Anonimo, vejo uma necessidade de um negocio no bairro de meu pai, e comecei a estudar a vi a viabilidade, poderia ser um investimento novo.

      Meu objetivo e ter renda passiva que me permita cobrir os custos fixos e prejuizos iniciais de um novo negocio.

      Se eu continuar trabalhando, colocaria alguem de confianca gerenciando este novo negocio, ou eu chutaria o balde e eu mesmo gerenciaria, pois daria para suportar a obra e este negocio.

      Obrigado

      Abraco

      Excluir
  4. Bom Dia! Construtor, ultimamente meus gastos estão altas. meu carro é usado e está sempre tendo algo para fazer, a inflação faz com que aumente os gastos quando se vai no supermercado, além de gastos extraordinários mais necessários em doenças da família, dos cachorros etc....Essa da da redução da operadora de internet e TV terei que ligar lá também, todo mês aumentam em cerca de 5 reais a fatura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Beto.

      Eu to com um carro usado tambem, e basicamente e so gasolina e troca de oleo mesmo.

      Pretendo inclusive levar pra uma revisao completa, ver se esta tudo certo, melhor prevenir que remediar.

      Os precos so aumentam mesmo. Lembro bem das promocoes de 4 pasteis por 1 real no centro da cidade. Hoje cada pastel e 1 real ou mais, um exemplo simples que exemplifica como tudo subiu.

      Eu pretendo tentar reduzir o preco das compras, atualmente eu compro a qualquer preco, sem pesquisar. Exemplo: Quibe frito congelado. Tem 4 marcas, eu pego a da embalagem mais bonita, sem preocupar com o preco, preciso melhorar isto.

      Internet, celular, ligue e reclame muito ate que eles abaixem os precos.

      Agora doenca nao tem jeito, nao tem como economizar.

      Abraco

      Excluir
  5. VDC, é isso aí, mas vou te falar uma coisa, o problema é o tal "padrão de vida".

    Sei que meu caso é exceção a regra, mas posso dizer que tenho uma renda alta, gastos altos e mesmo assim sobra uma boa grana no final do mês.

    Por mais que eu tente reduzir gastos é difícil. E olha que no meio em que estou inserido eu sou um dos mais comedidos. Meus carros estão entre os mais simples no condomínio em que vivo e sou um dos que menos esbanja entre meus amigos.

    Faz parte do jogo. O importante é ter consciência e manter os gastos no mínimo proporcionais a renda.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola EI.

      O primeiro passo e gastar menos do que voce ganha e poupar, e isto voce ja faz.

      Tem gastos que nao temos como abaixar: Eu gosto de um banho mais demorado, nao vou reduzir meu banho ou tomar banho frio para reduzir a conta de energia eletrica, eu pago a mais por isto.

      Acompanhar amigos de padrao de vida melhor e sempre um problema.

      Na minha visao, ou voce tem amigos do patamar que quer gastar, ou voce reduz as saidas com os amigos de padrao elevado, ou seja, se eles saem 4 vezes ao mes, voce sai 2, reduzindo 50% as despesas.

      Nao sou adepto do modo "pao duro" de viver, apenas em reduzir os custos ao minimo possivel que te deixe confortavel.

      Abraco

      Excluir
    2. VDC,

      Apesar de achar importante manter os gastos controlados, sempre estive mais focado em aumentar a minha renda e não em diminuir os gastos, daí digo que os gastos devem ser proporcionais. Não dá para você ir subindo de cargo na empresa e continuar usando relógio da 25 de março, terno da Colombo e carro popular. Infelizmente, para se posicionar na sociedade, você tem que subir o nivel dos gastos de forma proporcional. (Exemplo do almoço é ótimo, por mais que doa no coração, você tem que saber a hora que vale a pena ir num restaurante mais caro com um colega de trabalho, ou com o seu chefe).

      Como eu disse, tudo tem que ser feito de forma comedida e controlada, sem exageros ou sem jogar dinheiro fora com dívidas, principalmente com os juros que temos neste pais. Daí a educação financeira é fundamental.

      Como o foco em aumentar a renda está dando certo, não penso muito em mudar isso.

      Abraços

      Excluir
    3. Com certeza EI, concordo.

      Uns posts atras eu falei sobre, tive um gasto maior para comprar roupas melhores, visto que comecei a gerenciar um projeto maior, comecei a encontrar com diretores de varias partes do mundo e nao poderia estar usando as camisas da Colombo rs.

      Eu tambem busco o Aumento do Aporte, preciso ler seu blog nos posts anteriores para melhor entender sua estrategia, mas concordo que o aporte e a base de tudo mesmo, e eu tambem venho tentando aumentar o meu mes a mes.

      Abraco

      Excluir
    4. "se posicionar na sociedade" explique melhor isto E.I.

      Excluir
    5. Uó,
      Acho que ficou claro com o exemplo que dei o exemplo do almoço.
      Posso dar outros exemplos, como o carro. Não dá para você ter um carro lixo e parar ao lado dos seus colegas de trabalho com carros melhores.
      Não estou falando de BMWs e colegas de trabalho gastões, mas um carro compatível com a sua renda (que a maioria dos seus colegas tem ideia de qual é).

      Outro exemplo é a casa que tem que ser de um bom nível para receber amigos.

      Posso citar também a escola dos filhos. Não dá para economizar na escola dos filhos se você tem condições de pagar a melhor escola do bairro. Mas se você coloca os filhos na melhor escola do bairro, como você vai se relacionar com os pais dos amigos dos filhos se você não tem uma aparência de decente, uma casa legal e não dá bons presentes de aniversário.

      É um assunto complicado, mas não dá para ficar alheio a estes gastos se você quer "participar" de uma sociedade.

      Abraços

      Excluir
  6. Olá confrade VDC

    Tu és um exímio mestre dos centavos.

    Parabéns pela economia!

    Obs: ainda curioso quanto ao seu projeto digital.

    Abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola MD,

      Pois e, nesta eu fiz uma bela pequena economia, com coisas que eu nem usava e poderiam ser canceladas sem me afetar.

      Reduzir custos significa aumento de renda, que e tambem um aumento de aporte, sendo o aporte o principal na corrida do milhao, quanto maior, melhor.

      Abraco

      Excluir
  7. Eu vejo vcs comentando gasolina a R$ 3,50 dá vontade chorar. Aqui no Centro Oeste já tá batendo os R$4,00 fácil. Tá osso de lidar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola IJR,

      Na cidade que construo a gasolina ta na casa dos 3,89 a 3,99.

      Na capital ainda encontro a 3,49, em poucos postos.

      E pensar que era 2,79 e eu achava caro.

      O ruim e que, independente do preco, temos que comprar.

      Abraco

      Excluir
  8. VDC,

    Post muito bacana. Uma redução de R$96 já é algo significativo, principalmente pra você que deve ter gastos mensais não tão altos.

    Eu utilizo um aplicativo de celular que permite que eu rastreie meus gastos e os classifique em categorias. Já venho fazendo isso há uns 10 meses e é ótimo para analisar os gastos e ver onde posso diminuí-los.

    Mas acredito que já me concentro muito na redução dos gastos. Quero, no médio prazo, ver é se aumento minhas receitas rsrsrsr.

    Um abraço !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ragnar, e um prazer te-lo aqui, ja assisti sua serie rs.

      Eu uso um mais simples que criei e me serve ate hoje, uma planilha excel simples, mas ja vi bons aplicativos que controlam os gastos.

      Ta certo, quanto melhor ad receitas e aporte, melhor.

      Esta analise eu fiz pra ver se aumentava meu dinheiro de sobra, o aporte, e valeu muito a pena.

      Tenho alguns outros gastos que se tornaram fixos, mas nao coloco, que e o futebol de terca e sabado, cerca de 150 eu gasto, mas vale a pena.

      Nao da pra reduzir tudo tambem rs.

      Abraco

      Excluir
  9. tbm me livrei do uniclass que cobrava 48 e iria subir para 53 636/mês sempre faco esse exercício de corte
    ótimo texto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola SM.

      Pessoal do Itau Unibanco gosta destas taxas.

      So para pagar estes 53 da taxa voce precisaria ter uns 10K, perdendo os juros ds poupanca.

      Como disse o Uo, tem que virar uma rotina esta analise.

      Abraco

      Excluir
  10. O segredo está nos detalhes, eu hoje não uso nenhuma planilha para me ajudar no controle dos gastos, pois aqui já está meio "automatizado" os processos. Você usa alguma aplicativo ou planilha, VDC?

    Forte abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola APR.

      Eu uso sim, nada demais, uma coluna Saldo conta corrente, Saldo conta poupanca e uma observacao, onde lanco o valor do credito / debito e o que fiz.

      Mais simples impossivel.

      As contas fixas do mes eu deixo ao lado destes lancanentos, e marco em verde quando pago a conta, fica em laranja quando pendente.

      Abraco

      Excluir
  11. É VDC . isso é bem importante mesmo fazer ... rever custos ... a gente aumenta a renda .. a gente aumenta os gastos na mesma proporção.. ai sempre trabalhamos mais pra pagar os gastos que nós mesmo aumentamos hehehe ... tem que quebrar esse ciclo ..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Rodolfo.

      E isto mesmo, esta revisao de custos e sempre necessaria, pretendo fazer isto mais vezes, qualquer 1,00 poupado ja ajuda para a IF.

      Abraco

      Excluir
  12. Bela postagem VdC

    Há única coisa que eu posso reduzir nas minhas despesas é se eu vender minha banheira que se chama carro.

    rsrsrs

    Mas vire e meche preciso dela. Sei que o correto é eu tirara carteira de moto e comprar uma, porém tenho preguiça de fazer auto escola outra vez, sem contar que moto é arriscado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Vidinho,

      Moto e muito perigoso, por mais que voce ande corretamente ha sempre o risco de acidente.

      Voce pode talvez trocar seu veiculo por um economico, mille fire, gol bolinha, etc.

      Abraco

      Excluir
  13. Respostas
    1. Ola Luiz.

      Nao tenho um email do blog ainda, irei criar algo.

      Manda por aqui mesmo.

      Abraco

      Excluir
    2. Não tem como.
      Queria encaminhar os relatórios das construções que participo pra você ver melhor e quem sabe trocarmos ideias.

      Abs

      Excluir
    3. Só lembre que sou da área de TI, não sou Engenheiro Civil hehe. Abraço

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares