Total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Trabalho: Reuniões com Alto Escalão - A Oportunidade de Jogar o 'Jogo' Empresarial

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Vamos falar um pouco de Trabalho hoje?

E os grandes desafios, começam a trazer grandes oportunidades ...

Passada a semana maluca, onde meu estresse estava elevadíssimo e por duas vezes tive vontade de ‘chutar o balde’, como comentei nos posts anteriores, agora começo a ver a minha nova realidade e as oportunidades que isto trarão. E estou começando a gostar de tamanha responsabilidade ...

Reuniões com meu Diretor (gerentes tem acesso a sala dele, pessoas abaixo raramente, e eu me tornarei presença frequente), meu novo Gerente Funcional (para quem respondo diretamente neste novo projeto), e o início de conversas com ‘gente grande’ da empresa (gerentes, diretores, presidente ...). Não foi atoa que me colocaram neste projeto, e desta vez amigos, sim, desta vez eu vou jogar o jogo ...

Eu participando numa reunião dentro da sala do meu Diretor e imaginando o que poderei conseguir se fizer as coisas certas ...

Cabe aqui um comentário sobre esta excelente série: Se você não assistiu (se não reconhece a imagem acima), assine o Netflix agora e assista House of Cards. Vale muito a pena.

Não se trata apenas de ser bom neste caso, você precisa ser político, precisa saber se expressar, saber entender os movimentos nos bastidores de cada ação, principalmente em projetos globais, envolvendo culturas diferentes, e tendo contato com pessoas de diversas regiões de altos cargos.

As pessoas certas precisam saber que você quer ser promovido: Não adianta falar só com seu colega de mesa. E você precisa ser conhecido. As pessoas de outros setores, regiões, precisam falar bem de você, e quanto maior o cargo da pessoa falando bem de você, melhor. É o jogo minha gente!

Uma das coisas que me fez entrar neste patamar de estar apto a gerenciar grandes projetos globais, e ser visto como um real gestor global foi: Eu não gero conflitos. Eu sei engolir o orgulho, eu sei ser paciente, e quando alguém de cargo acima me chama a atenção ou comenta algo contrário às minhas diretrizes (mesmo sendo raras às vezes que isto ocorre), não sou eu quem vai discordar publicamente. Opinião forte não vence o ego de pessoas com altos cargos. Seja o mais político possível!

Claro, que também entregue resultados condizentes, começando com projetos menores e aumentando gradativamente o nível de complexidade.

Dificilmente alguém irá contatar meus superiores para relatar problemas de relacionamento ou atritos: Quando o 'bicho' pega mesmo, eu passo a bola para o nível de cima. Tem decisões que não podem ser tomadas por simples mortais como nós, por envolverem decisões políticas.

Uma frase interessante, do meio jurídico que li, é: “Nunca produza provas contra si mesmo”. Naquele momento de raiva, de estresse, evite enviar um e-mail. Já me arrependi de alguns casos que fiz isto. Conte até 10, saia para tomar um café, abra o blog Viver de Construção um site de humor, e quando voltar a si, aí sim você responde. E pense: Preciso mesmo responder? Se puder deixar pra lá, melhor. Se não conseguir se controlar, exclua o e-mail. Assim você não poderá responder e evita problemas.

Se quiser brigar, que não seja por e-mail, você liga para a pessoa e fala o que quiser. Não seja orgulhoso querendo ganhar ‘discussões’ por e-mail copiando várias pessoas, pois isto não te levará a nada, evite ao máximo.

Se você falar as coisas, contando que a pessoa não esteja gravando a conversa (vai que ...), ela nunca conseguirá provar que você gerou atrito, mas se provar negue até a morte.

Sim, eu quis usar novamente o taxado sobre o texto, agora acabou a minha cota de uso, desculpe leitores.

Recursos (pessoas): Como é difícil lidar com pessoas.

Eu comecei a ter os primeiros atritos com o gestor anterior do projeto, pois agora ele é parte do meu time, e ainda não entendeu que a responsabilidade é toda minha e que ele será um recurso meu. Como o projeto cresceu, eu fui escalado, e ele passa a me ajudar. Se tudo der errado, sou eu o responsável, isto ainda não esta claro para ele, mesmo eu passando mensagens sutis ...

Nesta parte acima não quero, de forma alguma, dizer que sou melhor que ninguém, pois tem muita gente incrivelmente melhor que eu, mas, em questão de esforço ninguém me supera: Eu me esforço demais para gerar resultados!

Em algumas situações, precisamos entender, por mais que seja difícil, que devemos dar um passo para trás para seguir dois adiante.

Se eu tivesse no lugar desta pessoa, o que eu faria: Ficaria muito desanimado na primeira semana, mas após eu faria meu máximo para ajudar e provar que eu poderia ter sido sim o gestor a nível global, e também ajudando o novo gestor e aprendendo com ele, pois alguma coisa de diferente ele teria em relação a mim para assumir o projeto.

Se a decisão já foi tomada, não adianta chorar o 'leite derramado'. É igual quando alguém é promovido e você discorda: Por mais que você fique puto, vá embora cedo, pense em pedir demissão, a pessoa não será despromovida e nem você será promovido por ter achado ruim. Aí vem toda a parte de bastidores que falei acima ... Muita coisa acontece por debaixo dos panos, em todas as empresas, a vida é assim.

Agora é a hora de mostrar resultados, e se eu quiser buscar algo a mais na minha carreira, a hora é agora ...


Um grande abraço, excelente terça-feira.

Nota: Estou tentando responder todos os comentários rapidamente, se não conseguir durante o dia, a noite sempre respondo.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

7 comentários:

  1. VDC esse jogo político é um mal necessário no meio de algumas empresas. Eu não gosto muito, prefiro acreditar no estilo de liderança. Ao longo da minha carreira eu ví pessoas muito incompetentes que só sabem fazer jogo político e não desenvolvem nem produzem nada de bom além de serem péssimos lideres mas chegou ao topo da carreira porque no quesito puxar saco, ou seja, política, tirou 10 na prova e leu todas as cartilhas.
    Quando alguém utiliza o método da liderança ela mesma não precisa fazer sua propagando pois sempre tem alguém olhando e vai apresentar esta pessoa como solução para um problema e até mesmo para uma promoção.
    Bom, esta é minha opinião e o que utilizo para minha vida, claro que sei que existem pessoas que amam esta política, afinal, ela é um mal necessário e deixo para quem gosta.

    Em relação a lidar com pessoas.... realmente difícil ainda mais se você tá bem sucedido, bons investimentos, bom carro, bons hábitos, boas viagens e dinheiro para você não é problema. As pessoas dizem a partir dai que você teve sorte. hahahaha eu dou gargalhadas nessas horas e digo que venho de berço de ouro e isso deixa esses invejosos com mais raiva ainda mas ninguém sabe os investimentos que fazemos e estudamos diariamente, ninguém vê as promoções que conseguimos na hora de trocar de carro ou viajar. Tudo é questão de oportunidade, só saber onde procura-las!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Grande BPM,

      Eu já acreditei demais que, fazendo um excelente trabalho, eu conseguiria promoções. Claro, consegui sendo assim e continuarei sendo, mas, muitos outros eu vi que, mesmo não sendo bons, sendo ‘chorões’, e sempre batendo na tecla ‘quero ser promovido’ venceram pelo cansaço e conseguiram.

      Eu detesto o ‘puxa-saquismo’ também, mas agora tenho uma mentalidade de tentar me vender melhor, ou seja, nos projetos importantes que dão certo, eu tentarei passar esta imagem de sucesso, para buscar melhorias e aumentos de carreira e salário.

      Sendo financista nesta parte, um aumento de R$ 2.000,00 líquidos significariam um aporte de R$ 200.000,00 em FIIs, considerando que eu conseguisse 1% ao mês ... Entende a importância?

      Tenho usado muito da liderança, que é o que você diz. Meu melhor chefe era assim, você fazia o melhor, pois ele era muito bom e conseguia sempre te motivar.

      Se você postar no Facebook / Instagram suas fotos da viagem, certeza que criará algumas inimizades. As pessoas não gostam de ver o sucesso alheio.

      Falarão bem na sua frente, mas desejarão o mal por trás ... É assim o ser humano, não todos, mas sabemos que é isto. Vão dizer que você é sortudo mesmo, mas não sabem da sua luta pra conseguir poupar.

      Um abraço

      Excluir
    2. Agora aos trinta e pouquinhos que começo a lidar melhor com esta questão de política.
      Sinceramente nunca gostei disso,apesar de saber que isso é imprescindível.

      Mas confesso que penso em ser um mero carregador de piano p poupar energia,poia essa política me suga as energias.,

      Abcs

      Diego

      Excluir
  2. Conheço várias pessoas que se metem em enrascadas pq não sabem a hora de parar e dar uma respirada, ficam sempre batendo de frente com os problemas/pessoas, mesmo em situações bobas. É triste dizer isso mas no trabalho tem horas que é preciso se fazer de bobo e tentar dar o troco mais tarde. Até!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IJR,

      Eu já fui mais jovem e tinha este ímpeto, esta ansiedade, e em e-mails de atrito, eu era do tipo que ficava batendo boca copiando todos ... Erro infantil.

      Vocês disse certo: É melhor se fingir de bobo nestas situações, evitando bater de frente.

      Depois que percebi isto, e que ser político e não gerar atritos são a chave para melhor profissionalmente, apliquei ao meu trabalho.

      É raríssimo eu me estressar ou brigar com alguém ... Melhorei muito a minha gestão de pessoas.

      Abraço

      Excluir
  3. VDC, excelente oportunidade de se expor aos níveis superiores. Esta é a hora da verdade em que você pode mostrar seu valor. Seja sempre objetivo ao lidar com o alto escalão e nunca arrume uma desculpa para explicar uma falha. Erros tem que ser assumidos e uma solução apresentada imediatamente. Uma vez escutei de um presidente de uma grande empresa, eu uma reunião do comitê em que eu era um mero "assessor" a frase: "Existem dois tipos de pessoas, os que fazem e os que explicam porque não fizeram. O segundo tipo não tem lugar nesta mesa".

    Sobre este negócio de ter conflitos com as pessoas e discutir eternamente para ter razão, eu adoro a frase "Eu prefiro ser feliz do que ter razão!". Acho que esta é a melhor abordagem mesmo, pessoas que ficam querendo ter razão fatalmente entram em discussões inúteis e com isso perdem credibilidade.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá EI, tudo bom?

      Sim, é uma oportunidade excelente, já é o segundo grande projeto 'caótico' que 'jogam' na minha mão ... O primeiro eu reverti um resultado conturbado, e consegui deixar o projeto alinhado, espero que neste eu tenha resultados similares.

      Anotada a dica: Ser objetivo e evitar desculpas ... Pelo pouco que conheço, é bem isto mesmo, e suas dicas confirmam as tratativas.

      Hoje sou considerado o cara que faz ... Por isto falo que tenho que manter a minha marca, meu nome, sempre com este slogan.

      Gostei muito da frase, faz todo sentido. Já briguei muito quando era jovem, hoje já adquiri uma maturidade para evitar conflitos, e vejo o quanto perdi tempo me corroendo por 'briguinhas' por e-mail ... Não leva ninguém a lugar algum isto.

      Um grande abraço, e apareça mais!

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares