Total de visualizações de página

domingo, 11 de setembro de 2016

Trabalho x Procrastinação - A Hora da Verdade + Novo Foco nos Fundos Imobiliários ...

Bom dia Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Venho trabalhando como ‘gente grande’ nos últimos dias, sem trégua, sem pausa, no feriado, e neste momento digo que estou ‘procrastinando’ as atividades mais críticas do novo projeto que gerencio para escrever um novo post para o blog, principalmente por estar bastante cansado mesmo.

Vale aqui uma nota sobre esta palavra tão usada: Procrastinar significa ‘transferir para outro dia ou deixar para depois; adiar, delongar, postergar, protrair’.


Tempo é tudo o que eu não tenho no momento: Em teoria, o escopo do novo e grande projeto que peguei era bem simples: Um sistema pronto que atenderia toda a região onde atuamos, onde eu deveria entender os ‘gaps’ (requisitos faltantes) e estender as outras regiões, incluindo outros países.

Na prática: Não funciona bem na nossa região (muitos requisitos incorretos ou faltantes), então meu escopo agora é uma ‘corrida contra o tempo’ para adaptar a solução para que funcione plenamente em nossa região, e em paralelo preparar todas as adaptações para que funcione também nos demais países. Não é um trabalho muito fácil, principalmente por eu ser um só e estar no Brasil, e ter que fazer muita coisa em curto espaço de tempo.

Senti a equipe do projeto um pouco perdida, trabalhando na base do ‘apagar incêndio’, ou seja, sem planejamento algum, apenas corrigindo os problemas a medida que iam aparecendo.

Este foi o primeiro ponto que corrigi, passando mais confiança ao time do projeto, e planejando os próximos passos.

Apenas um comentário mais bem humorado sobre: Nos primeiros dias e reuniões do projeto, para entender a real situação do projeto eu fiquei tipo assim:


Foi realmente um trabalho de ‘Supernanny’, pois eu precisava entender não só do sistema em si, mas também a parte de gestão das pessoas. Por que depois de mais de 1 ano de projeto as coisas não foram entregues? Por que tanto atraso? Por que tantos problemas simultâneos? E acabei descobrindo os erros e tracei os planos de contorno, dando uma vida nova ao projeto.

No momento já sei onde estamos e o tamanho do ‘gap’ que temos que resolver para que a solução funcione bem em nossa região, mas, infelizmente não tenho Tempo e preciso trabalhar em paralelo para já antecipar as atividades das demais regiões.

Se me permitem dar uma dica a quem trabalha na área de desenvolvimento de sistemas ou serviços a usuários: Pense com a cabeça de um usuário. Eu penso assim para entregar sistemas para ‘preguiçosos’, assim evito a possibilidade de boicote dos usuários à ferramenta, caso ela, de fato, otimize o trabalho dos usuários, permitindo que eles percam mais tempo em análises do que em atividades dentro do sistema.

Bom, neste Domingo, não tenho escolhas: Estou criando especificações para correção do sistema atual, planejando as reuniões com o time de outras regiões, e analisando a parte de custos.

O único problema é que, por ser muito cansativo, às vezes acabo ‘procrastinando’ algumas coisas, pra ser sincero ... Como disse acima ...
  
A parte de Custos em si é muito interessante, pois aqui esta a chave do meu crescimento profissional: É um cálculo abstrato (posso estar usando um termo incorreto), mas é algo do tipo onde você começa a planejar cada um dos detalhes de um grande projeto, seja a parte de viagens, pessoas por fase do projeto, perfis profissionais, riscos e valores de contingência, até mesmo material de divulgação do projeto, camisas, brindes, etc. Esta parte esta agregando muito profissionalmente, pois eu sempre fui um Gerente de Projetos que recebia estes custos e planilhas prontas dos Gerentes de Projeto de nível mais alto, e agora estou sendo treinado para fazer exatamente isto. É inegável que, após muito trabalho e resultados, mesmo sem ter um networking bem elaborado (por falha minha),estou conseguindo crescer profissionalmente.

É bem motivador você ser responsável por Milhões em projetos empresariais ... Se eu tivesse o dinheiro deste projeto eu já teria me aposentado ...

Já ocupo uma função de nível superior a minha função atual, e acredito que agora é questão de tempo para que meu Salário acompanhe esta subida de cargo / funções. Só me resta aguardar.

O que mudará caso meu Salário aumente: Comprarei um novo carro zero KM? Trocarei de apartamento? Começarei a frequentar clubes da ‘High Society’? Claro que não! Não muda nada, na verdade o que mudará é: Aporte maior ... Comentarei mais sobre na parte de Finanças, abaixo.

Ainda na questão do Tempo: No momento eu preciso, além de dedicar muitas horas extras a este projeto, estudar um novo idioma, mas nesta parte acho que cheguei ao máximo no aplicativo Duolingo, e precisarei me dedicar mais, com um curso na internet gratuito ou com algum livro de gramática ... Me preocupa o fato de me dedicar inteiramente a uma outra língua, inclusive começando a assistir vídeo aulas no Youtube, pois meu receio é ter uma queda no meu Inglês ... Espero que isto não ocorra.

Não tenho Tempo para tocar os meus Projetos Digitais, mas também continuo satisfeito comigo mesmo por ter elaborado uma forma de receber R$ 10,00 por dia, sem esforço.

Não tenho Tempo para melhor acompanhar o mercado de Construção Civil, e tenho deixado toda a divulgação do valor das casas com as imobiliárias. Como sabem, o preço de venda das casas é maior do que o que aparece em meu Patrimônio divulgado (que ainda verificarei se postarei ou não nas próximas atualizações), então considerando o preço de venda o simbólico Milhão em teoria esta mais perto.

Não tenho tido Tempo também para acompanhar de perto os Empréstimos Garantidos, e com isto tive alguns pequenos problemas com postergação de pagamentos, mas até o momento, apesar de alguns sustos, tem dado tudo certo, mas esta é uma semana onde, devido à postergação de um valor desta semana passada, estou com menos de R$ 70,00 em minha conta bancária ... É de chorar mesmo. Estou alavancando muito meus clientes, e chegou a hora de reduzir esta forte exposição para ganhar fôlego financeiro. Passar um final de semana inteiro sem dinheiro é bem complicado.

Resumo de todo este texto acima: Não mudei nada do que faço, continuo com esforço máximo pelo meu trabalho. Por mais que eu esteja sem Tempo, fazendo hora extra (e eu nem recebo hora extra por ter ‘Cargo de Confiança’), não desanimo. Não vou ‘chorar as pitangas’ dizendo que há colegas que ganham mais e fazem menos, pois eu olho e me comparo a mim mesmo apenas, e eu vou gerar resultados, custe o que custar. É meu compromisso para comigo e para com a empresa.

Indo para a parte de Finanças em si:

Estou aguardando receber o retorno do Capital + Juros acordados de um dos Empréstimos Garantidos para fazer um novo Aporte em Fundos Imobiliários.

Eu não olho muito o preço para comprar, sempre friso esta parte, e comprei 26 cotas de BBRC, o meu mais novo e querido FII. Ainda falta comprar mais cotas para fechar a posição desejada neste fundo.

Por que comprei BBRC? Isto é comentário detalhado de um próximo post ... A pedidos, e como já estava pensando, pretendo gerar alguns posts abordando alguns FIIs específicos, mostrando um pouco do que é o FII e principalmente o meu racional para a realização da Compra.

Fato é: Estou tentando pensar como ‘Grande Investidor’, não apenas buscando o preço momentâneo, mas tentando analisar  um pouco mais o médio e longo prazo, e cheguei a conclusão de que o momento é de focar em FIIs com menor yield, mas com maior perpetuidade, melhores contratos, preços de locação competitivos, justamente buscando colocar meu dinheiro num ‘porto seguro’ e esperar calmamente a valorização das cotas ao longo do tempo, principalmente com esta tão provável queda da Selic que tanto se comenta (e eu tenho expectativa que realmente ela seja reduzida).

Eu fiz muitos aportes em FIIs de Papel, garantindo um belo yield mensal do montante aplicado, mas, agora meu foco já não é tanto a rentabilidade adicional dos FIIs de Papel, e sim a busca de Aumento de Patrimônio investindo nos melhores Fundos de Tijolos ...

Agora o objetivo é Aportar mais forte ainda (sem deixar de viver, claro, e nem passando apertos financeiros), e o foco é distribuir bem nos FIIs de Tijolo, mas, participarei da nova emissão de cotas do BCRI (FII de Papel) e estou ‘com uma pendência' para comprar cotas de KNCR (FII de Papel também), pois na nova emissão de cotas de FII não participei, por não ser correntista do Itaú.

Também há posts que poderei detalhar o motivo de querer ser cotista de BRCR, mas estar aguardando uma definição do que será feito com a Torre Almirante.

O motivo de querer comprar, mas estar aguardando uma melhor definição em BBFI ...

Eu trabalho para não ter de trabalhar futuramente, e não resta dúvidas de que a minha Aposentadoria consistirá em Fundos Imobiliários + Construções, isto quando eu parar de trabalhar ...

Sobre o Blog ... Se continuo ou não ...


Ps.: O blog é Castle Black! risos

Um grande abraço e excelente Domingo! As planilhas de custos e requisitos me aguardam!


VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

26 comentários:

  1. Grande amigo VDC,
    Trabalho, aporte, foco, esse é o caminho... E tenho a impressão que muitas coisas positivas irão acontecer até 2018.

    Sucesso, abraço!
    Bagual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bagual, bom demais meu caro?

      Também tenho uma visão otimista Bagual. Eu não preciso que tudo ocorra tão rapidamente.

      Estou atuando em várias frentes para aumentar o patrimônio, sem me 'matar' por isto.

      Agora o foco é inteiramente no aporte, pois, chegará um tempo onde eu terei tantas cotas de FIIs e o retorno da construção será tão atratativo que trabalhar se tornará algo opcional, dado as receitas que terei passivas.

      É isto aí, positivismo sempre meu amigo.

      Um abraço

      Excluir
  2. Nem me fale VDC, eu estou desde ontem falando que vou mexer no projeto que estou tocando e até agora nada. Depois de ler seu post já me programei para que agora no final de tarde eu consiga adiantar pelo menos a tarefa de segunda feira.

    Sucesso aí no projeto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Rato, bom demais?

      Pois é, este é um dos defeitos que tenho. Se tenho duas atividades, uma crítica, a outra normal, meu cérebro me obriga a fazer a não crítica primeiro, para 'estar 100% pronto para a tarefa crítica'. Isto é um erro, e preciso corrigir.

      É isto aí, eu apaguei esta tarde toda, dormi, estou muito cansado ultimamente (aqui aparece a importância de manter a academia, é a minha saúde em jogo), mas já acordei e estou tentando agilizar as atividades de amanhã.

      É uma fase difícil no trabalho, mas preciso gerar resultados.

      Um abraço

      Excluir
  3. Boa tarde. Meu amigo, no início do ano passado descobri o Acumular Patrimônio e desde então venho adotando métodos de controle financeiro com o mesmo sonho da IF. Estou no início da minha carreira, de fraldas ainda. Hoje eis que descubro o seu blog, e simplesmente me identifiquei por completo. Sou estudante de engenharia civil que quer se especializar em gerenciamento de projetos, trabalhando em uma empresa e também autônomo em paralelo na construção civil, acompanhado de investimentos de renda variável. Peguei seu blog e gostei muito estou lendo desde seu primeiro post.
    Gostaria de tirar umas dúvidas que não cabem aos comentários, existe a possibilidade de nos comunicarmos em privado? Isso claro se partir da sua vontade, e que fique claro desde já que um eventual não será completamente entendível.
    No mais, ansioso para continuar lendo seus posts nos momentos livres. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá EI, tudo bom?

      Fico feliz, leitor novo, apareça sempre aqui e vamos trocando ideias.

      Eu teria sido da área de Engenharia Civil, se não fosse o gosto pela área de TI. Acabei realizando este sonho investindo na construção de imóveis, assim consigo conciliar TI x Engenharia Civil.

      Se você ler desde o princípio verá que em um ano eu amadureci muito meu pensamento financeiro. Hoje me sinto muito mais preparado e isto reflete nos textos que eu crio aqui.

      Logicamente isto foi fruto de estudo, acompanhamento do mercado, e principalmente a troca de ideias com os colegas aqui da blogosfera, então você terá muito a ganhar participando deste grupo seleto de 'poupadores do milhão'.

      Sobre a comunicação, não há problema encher aqui de comentários, vou respondendo assim que puder.

      Eu divulgaria um @ para contato comigo, mas desde as últimas duas semanas alguns leitores revoltados vem tentando descobrir a identidade de blogueiros, e provisoriamente este contato direto posterguei, até que as coisas se acalmem novamente.

      Um abraço

      Excluir
  4. Olá nobre VdC...

    É muito legal ler seu blog pois o que vejo em teoria você aplica na prática, é bacana ler sua experiência sobre levantamento e gerência de mudança de requisitos, etnografia (Supernanny... rsrsrs) e sua preocupação com a interface homem-computador.

    Parabéns cara aprendo muito aqui...

    Abraços e Suce$$o!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Grande Noimo,

      Grato pelo comentário.

      Preocupar com a usabilidade do usuário é algo importante que nem todo GP ou mesmo analista de sistemas preocupa tanto, e o usuário é primordial para que a entrega seja de sucesso.

      Fico feliz em contribuir em algo. Simplicidade é a base de qualquer tarefa.

      Um abraço

      Excluir
  5. Grande VDC! Construção sempre é bom, apesar do alto investimento inicial. De onde vc é? Interior de SP o terreno valorizou muito e está difícil trabalhar com casa...mesmo assim pretendo ano que vem ingressar em um projeto assim. Aguardo os posts sobre construção! Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Dino, tudo bom?

      A primeira obra è a mais dificil, depois tudo se torna mais simples.

      Localizacao nao posso dizer, infelizmente dada a atual circustancia de perseguicao na blogosfera.

      No Brasil inteiro terras valorizaram.

      Por enquanto estou aguardando vender as casas para entrar novamente em nova obra.

      Abraco

      Excluir
  6. Caro VDC:
    Li em um comentário que você deixou no blog do Dividendos, que agora você tinha mudado sua corretora para a Socopa.
    Gostaria de saber como está sendo sua experiência, pois também estou pensando em abrir uma conta lá,exatamente para operar FII e ETFs (e eventuais LCI/LCA/CDBs)
    O HB é estável e razoável?
    O sistema de transferência de recursos para a conta no Banco Paulista é tranquilo?
    E quanto a eventuais opções de aplicação em renda fixa privada (CDb, LCI, LCA) e fundos de investimentos de terceiros? Há muitas e boas opções?
    Grato pelas respostas;
    Jucá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jucá,

      Eu senti bastante diferença no início, pois o outro HB da antiga corretora era mais 'bonito' e mais fácil de usar ...

      Mas, foi mesmo apenas a primeira impressão: Depois que eu entendi como funcionava, vi que era a mesma coisa.

      Uma coisa que mudou também foi que eu só abro, compro, e fecho.

      Para quem gosta de daytrade em minutos eu não recomendo ...

      A transferência é tranquila e rápida, mais rápida que minha antiga corretora: Você envia um comprovante anexando no sistema com o valor que depositou, e eles já liberam o limite em menos de 10 minutos. Esta é a maior vantagem, pois no outro HB demorava umas 3, 4 horas ...

      Há algumas opções de CRI, a taxa de TD é boa, mas CDB, LCI / LCA achei fraco ... Mas como invisto só em FIIs, pra mim atende bem.

      Um abraço

      Excluir
    2. Grato pela resposta.
      Vou ver se me animo a abrir a conta lá.
      Abraços,
      Jucá

      Excluir
  7. VDC,
    esse é um tema muito importante... especialmente em tempos de abundância de informação E facilidade de acesso à informação...

    obs: estou te adicionando no blogroll... e agradeço se der pra adicionar tb :)

    abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paodurismo,

      Vou dar uma passada no seu blog e te adiciono aqui, pode cobrar, só estou com pouco tempo para ler ultimamente.

      Precisamos filtrar e saber direcionar os esforços. Eu mesmo tenho que melhorar nisto, e parar de querer fazer tudo de uma vez.

      Um abraço

      Excluir
  8. Não tem como não te admirar camarada! A contradição no seu blog, que mais me desperta interesse é quando você descreve seu trabalho, que é um sonho pra 100% dos saídos de uma faculdade e diz que uma hora quer sair dele pra trabalhar com suas construções e curtir a vida. Não sei se você partilha com a família mas certamente é julgado, assim como eu, que sonho em ter o mesmo tipo de aposentadoria.

    A grande questão é quando você pretende migrar pra viver de construção, já que sua renda passiva já cobre todas as suas contas? É uma pergunta muito difícil. Eu tive que imventar um critério: se tudo der certo, aos 40 anos vou viver de construção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CF, tudo bom?

      Pois é ... Basicamente é assim: Eu quero me aposentar pra viver das construções, mas eu gosto muito do meu trabalho.

      Eu falo as vezes com meu pai, ele diz que ainda estou novo pra parar de trabalhar, e eu concordo com ele. Até uns 35 anos acho que vou tranquilo no trabalho.

      A minha renda passiva já cobre com folga, é verdade, mas é uma renda muito arriscada: A maior parte vem dos Empréstimos Garantidos, e outra parte ainda pequena dos FIIs (não mais que R$ 1.400,00 de FIIs). Ainda preciso crescer muito este número.

      O valor das casas é separado, então não posso contar com ele como 'rendimento mensal', apesar de saber que, vendendo as casas, eu terei uma renda dos teóricos R$ 460.000,00 que receberei, pois não conseguirei gastar de uma só vez todo este valor, leva pelo menos 1 ano (e neste valor incluo meu lucro também da venda das duas casas).

      Não tenho o que reclamar do meu trabalho, mas sei que existem melhores, mas é aquele negócio: Vale a pena arriscar, se gosto de onde estou e do que faço? Então vou buscando um crescimento mesmo na empresa.

      Um abraço

      Excluir
  9. Dont worry about the quality of your english declining while you learn another language, you just gotta keep consuming stuff in english (reading and listening). Im doing the same as you, Im learning a third language right now, and as you can see the quality remains good and the same as before.

    Good luck!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi Anon, how are you? Hope you're doing well my friend!

      Tell me the secrets haha.

      Even studying during the night other language, I've been always listening some podcasts and mainly an american radio that I like (Texas Public Radio).

      It's very good to communicate in other language, and now, trying to speak in the new language I'm studying, I felt the same initial problems when you learn a new language: The missing of vocabulary.

      It's hard to formulate phrases, think about expressions, past, future, etc. ...

      But it makes part of the learning phase.

      I hope i get the basic conversation skills quickly to facilitate my job ...

      Thanks a lot for your comment.

      Bye

      Excluir
  10. Bom dia, Srs

    Estive aqui imaginado e surgiu uma dúvida em meus pensamentos.

    Vamos supor a seguinte situação

    Comprei o fundo

    SHPH em seu IPO em 10 de janeiro de 2005, com um valor por cota de R$165,00 ou seja meu preço médio é este de R$165,00 e seguro elas até hoje onde estão avaliadas em R$ 767,00 uma valorização de 613% até o presente momento, Ok até ai beleza.

    Mas eu continuo recebendo também os rendimentos mensais no caso neste último mês o valor distribuído foi de R$3,40 por cota se colocarmos na ponta do lápis vamos verificar que o Dividend Yeld do valor da cota atual (R$767,00) é de 0,44%.
    Só que meu preço médio neste ativo é de R$165,00 por cota, ou seja eu tenho um magnifico Dividend Yeld sobre minhas cotas de aprox. 2,06% ao
    Mês

    Minha dúvida é este raciocínio meu está correto? ou estou apenas viajando em minha teorias


    Desde já agradeço pelas respostas

    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pqp cara, você é O CARA nos FIIs. COMPROU BEM PRA CARAMBA.

      Seu raciocínio esta certo: Seu yield deve considerar seu PM (Preço Médio) de compra, e não o preço de fechamento.

      Que mega valorização você teve, INVEJA BOA de você.

      Tenho alguns FIIs que dispararam já, tipo AGCX, SAAG, BBPO, VRTA, e este é o segredo: Quanto mais tempo você fica em FIIs bons, mais dinheiro de valorização de cota e recebimento de alugueis você terá.


      Parabéns pela excelente escolha.

      SHPH não entrou na minha carteira ainda pelo baixo yield, mas será um dos FIIs que considerarei pra minha aposentadoria, com certeza.

      Um abraço

      Excluir
  11. Rapaz. Parei de ler seus posts porque você sempre repete as mesmas coisas com outras palavras. Pode ver.. todo post você cria uns 10 parágrafos falando de tempo+aporte+paciência+trabalho. No seu próxomo post corte 5 a 10 parágrafos que vai ficar ótimo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anonimo.

      Voce nao è obrigado a ler os meus posts.

      A regra do enriquecimento è esta, e continuarei repetindo em todo post.

      Abraco

      Excluir
  12. Também estou passando por algo parecido, estou num projeto que peguei de outra pessoa gerenciando com a equipe totalmente perdida.

    Fazer a galera e entrar no seu ritmo de trabalho não é fácil, mas tem que persistir.

    ResponderExcluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares