Total de visualizações de página

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Da Tristeza à Alegria - Resolvido o meu Problema no Trabalho! Chega de Estresse e Raiva! Não Fui Demitido ...

.
.

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Para quem ainda não viu o Ranking Alternativo da Galera de Finanças, clique no link ao lado (Comentários em aberto ainda):https://viverdeconstrucao.blogspot.it/2016/10/ranking-alternativo-blogueiros-de.html

Resolvido meu problema na empresa! Bastou uma reunião com a gerência onde falei a verdade, onde fui sincero, demonstrando o que esta errado e o motivo de ser impossível gerenciar um recurso que não aceita ser gerenciado, e os problemas que tentei contornar e que não seriam possíveis com as definições tomadas de forma unilateral por esta pessoa.

Para mim, a solução não poderia ter sido melhor: Reduzo meu escopo de atuação, atuando especificamente para a parte que realmente é importante (parte global), e que é justamente o que eu deveria fazer desde o dia em que fui alocado no projeto, mas devido a tantos erros do ‘projeto original’ eu tive que assumir também a responsabilidade por ele, e foi justamente neste ponto que os atritos foram iniciados.

A parte problemática, digamos assim, não é mais minha responsabilidade, desta forma ‘a pessoa’ que citei no texto passado terá um grande desafio: Resolver uma série de problemas em curtíssimo prazo de tempo, e agora, sem a minha ajuda.

.
.


Até a minha avó de 72 anos que mora no interior sabe o que irá acontecer: Haverá uma série de erros, mesmo se a solução for entregue (e pela conversa que tive com o gerente da área, acho difícil ele aceitar a solução com tantos erros), a área que receberá o sistema reclamará tanto e possivelmente irão me acionar para resolver ... Se isto acontecer, aí sim, terei as minhas exigências: Eu corrigirei a bagunça no meu tempo (meu cronograma), com o time de projeto que eu vou escolher, e do meu jeito.

Conversar com meu gestor e ele entender este ‘ciúme’ da outra pessoa, e entender o motivo de tanto atrito (sendo que sou uma pessoa que gerencia muito bem os mesmos), me deixou mais tranquilo. Expliquei tudo, e ele entendeu perfeitamente, sabendo que eu tentei na base da parceria, na amizade, na base da autoridade e nem assim a outra pessoa ajudou ou quis colaborar para com a empresa / projeto.

Ele me garantiu também que nada iria mudar no meu plano de carreira (projetos maiores, mais complexos, aumento de equipe que gerencio, cargo maior), e isto me deixou mais tranquilo novamente.

Realmente me sinto como alguém que tirou um enorme peso das costas.

Não serei o santinho pra dizer que torço para que o projeto ‘problemático’ dê certo, por mim que esta pessoa se lasque e lembre que eu estiquei o braço para ajudar e ela desprezou, tentando me prejudicar.

Mas amigos, a todos que desejaram forças, grato! Valeu mesmo pelo apoio. Somos amigos, mesmo que virtuais!

.
.

A minha dica para todos é: Não deixe ninguém transformar a sua vida num inferno na empresa. Lute, não aceite, não sofra. Eu estava ‘sofrendo’ por mais ou menos uma semana, por saber que meu nome seria colocado como responsável de um projeto totalmente mal conduzido, com regras de negócio incorretas e que esta consumindo 40% a mais do budget planejado, e isto estava me deixando muito incomodado e estressado, principalmente por que a pessoa rebelde não aceitava as minhas diretrizes e continuava martelando e seguindo o caminho errado, e eu era obrigado a engolir este recurso no projeto, por ter sido o responsável por ele desde o início.

Tanto o fornecedor, quanto a área pediram a minha permanência (usei um pouco o meu lado político), mas o gestor da outra área (a quem respondo funcionalmente no projeto) optou por manter esta pessoa no projeto, justamente para não causar ainda mais mal estar, pois esta pessoa é um recurso dele.

Foi melhor assim ...

Agora estou mais tranquilo para conduzir a parte mais importante, sem receios quanto ao projeto em atraso. Eu desmembrei totalmente um do outro (já comecei a me precaver desde o princípio), inclusive com times diferentes para atender ambos os projetos. Não há dependência alguma com o início de uso desta solução para o meu projeto ...

Isto me lembrou até uma história do meu pai, que era do ramo de Construção:

Numa grande obra, não lembro o motivo, mas o dono da obra, Engenheiro de sucesso, teve uma discussão com meu pai, e proibiu ele de entrar na obra.

Era uma grande obra, um prédio com muitos andares, e meu pai coordenava uma equipe de umas 25 a 30 pessoas, na empresa dele.

O que meu pai fez? Como ele foi praticamente ‘expulso’ da obra, ele disse “se eu não posso ficar, minha equipe completa também não fica. Não há dinheiro no mundo que me faça continuar esta obra”.

Ele parou a obra, e mandou as 25 / 30 pessoas para casa, e a obra ficou paralisada por alguns dias, até que o Engenheiro arrogante quase implorou para ele voltar, assumindo toda a responsabilidade de erro na discussão, e aí sim meu pai retornou com toda a equipe e finalizou a obra.

.
.

Lembro até hoje meu pai dizendo esta história quando eu era pequeno, e uma frase que dizia “Dinheiro nenhum no mundo me faz ser humilhado no trabalho”.

Não é atoa que eu sou assim, tive um grande exemplo dentro de casa ...

Um grande abraço e até o próximo post!

.
.

VDCFT– VIVER DE CONSTRUÇÃO FELIZ NO TRABALHO

17 comentários:

  1. =^.^= Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca se acabe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola GI,

      Felizmente, muito estresse, mas foi resolvido.

      No dia que eu precisar atrapalhar alguem pra crescer na empresa, eu peço demissao, pois isto è inaceitavel.

      Abraço

      Excluir
  2. Nada como um dia atrás do outro!

    Grande abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada como um dia atrás do outro!

      Grande abraço!!! [2]

      Excluir
    2. Nada como um dia atrás do outro!

      Grande abraço!!! [3]

      Excluir
  3. Parabéns por ter conseguido solucionar a encrenca. Felizmente seu chefe compreendeu a situação e percebeu que não era corpo mole da sua parte. Agora será que não periga o cara vir pedir arrego pra vc na hora que o bicho pegar? kkk

    Att.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IJR,

      Felizmente ... Ele viu a minha posição de "invejado", digamos assim, e que todo este atrito não é por minha causa, e sim por esta pessoa que ainda não aceita que precisou colocar um profissional mais experiente que ele para coordenar algo maior (e resolver a bagunça dele).

      Se ele vier pedir arrego, vai escutar poucas e boas, não vou ajudar em nada.

      Só atuo se ele sair do projeto, cara mal caráter, me prejudicando pelas costas, não ajudo mesmo kkk

      Excluir
  4. Cara..nada melhor do que resolver as pendengas rs..
    Hoje teho certeza que terá uma ótima noite de sono!!
    abrços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dentista,

      Sim, dormi bem, acordei bem disposto, e sem muitas preocupações.

      Nada melhor do que resolver os problemas que nos afligem, isto melhora a sua vida e a sua saúde!

      Abraço

      Excluir
  5. VDC, parabéns pelo blog e que bom que conseguiu solucionar este problema profissional!

    Que você tenha muito mais sucesso na tua carreira.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IG,

      Muito obrigado meu caro.

      Nada pior do que ser obrigado a conviver com problemas diários, o meu problema foi resolvido, e provavelmente a outra pessoa será demitida em breve ... Mas, não foi a minha culpa e não tenho nada a ver com o problema dos outros.

      No fundo da minha alma eu sei: Eu fiz tudo para ajudar esta pessoa.

      Agora ela que assuma as suas responsabilidades.

      Desejo em dobro o sucesso pra você meu caro!

      Abraço

      Excluir
  6. Parabéns VC! assumiu o controle e marcou território! fico feliz que tenha mijado no poste. Um grande abraço e continue nos escrevendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Unknown,

      Realmente meu caro, mostrei a minha indignação e coloquei as cartas na mesa: Ou ele, ou eu.

      Terei que atualizar o post, já pediram minha ajuda, e em breve a pessoa será desligada, pois não é o primeiro problema, é uma pessoa muito problemática e que vem entregando resultados ruins.

      Uma pena ter cruzado com meu caminho, não gosto deste tipo de pessoa.

      Abraço

      Excluir
  7. uuuuuOOOOOOOOOOOOOOOuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
    Sua vida virou uma montanha russa, não deu tempo nem de postar antes. rsrsrsrsrsrs

    VdC,

    SINCERIDADE, essa é a palavra, antes de mais nada seus superiores perceberão onde está o erro.

    Trabalho na maior obra de SC, atualmente, tive um problema com um mestre de obras, e levei 7 meses, isso mesmo, 7 meses para conseguir que meu superior demitisse o kra, mas todo dia mostrava os erros cometidos pelo funcionário.
    Os erros cometidos por esse mestre refletem até hoje, mas é cultura da empresa que trabalho. Para mudar a cultura só mudando o Dono.

    Mas é isso, eu uso e abuso da sinceridade, as vezes sei que sou até inconveniente, mas não largo ela por nada.
    Quando o erro é meu, é a mesma coisa, sou sincero, assumo o erro na frente de todos. As pessoas estranham, mas no final é ponto para mim. Tentar ficar contornando erro, isso só atrasa o projeto.
    Quanto mais vc fica postergando uma tomada de decisão mais vc atrasa o projeto, e minha obra está atrasada por causa dessa cultura da empresa de ficar "cozinhando" os erros.

    No mais e bola pra frente.
    Um abraço
    Rica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rica,

      Impressionante como passamos pelos mesmos problemas: Ficar "cozinhando" um problema não é algo específico da sua empresa, passo pelo mesmo.

      Isto aqui achei muito importante "Quando o erro é meu, é a mesma coisa, sou sincero, assumo o erro na frente de todos. As pessoas estranham, mas no final é ponto para mim. Tentar ficar contornando erro, isso só atrasa o projeto."

      Eu opto por agir da mesma forma. Ser sincero, é a melhor forma de resolver as coisas mesmo.

      A pessoa que citei no texto, já esta em processo de 'desligamento', infelizmente ainda não sabe, mas ela vai colher o que plantou.

      Voltarei ao projeto "parte problemática", mas a pessoa sairá do projeto, foi a minha exigência.

      Bola pra frente.

      Vamo q vamo

      Abraço

      Excluir
  8. Na minha experiência, o maior desafio de qualquer gerente são as pessoas. Por isso, algumas vezes, grandes técnicos acabam virando péssimos gerentes. As habilidades necessárias são bem diferentes.

    Acho que você tratou a questão muito bem. Você fez a sua parte e a sua gerência mostrou lucidez ao tratar o assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá LT,

      Eu realmente fiz meu máximo, tentei de todas as formas, mas a pessoa que relatei já era considerada 'problemática', não só comigo, e pela minha entrada no projeto esta insatisfação profissional acabou vindo a tona de forma ainda mais forte, ultrapassando o limite do profissionalismo.

      O importante é: Passei raiva, mas resolvi o problema.

      Eu tinha receio da gerência não entender isto e pensar que eu 'falhei' na gestão de pessoas, mas ficou claro que o perfil do profissional já era problemático, e que poderia ser qualquer um que o problema seria o mesmo.

      Quando não conseguimos resolver sozinhos, temos que levantar a mão e pedir ajuda dos gerentes mesmo ... É assim que funciona.

      Abraço

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares