Total de visualizações de página

domingo, 23 de outubro de 2016

Vencendo o Medo do Novo, do Desconhecido - Se Tornando uma Pessoa Melhor, mais Vivida ... E a Certeza de Lutar 110% em Busca da IF ...

.
.

Bom dia Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Não poderia começar este post sem mencionar uma frase: “Deus é muito bom!”.

Neste sábado tive um dos melhores dias da minha vida, não só por ter feito um passeio maravilhoso, mas por ter me libertado de medos que cercavam a minha vida ... Explico em detalhes, e se prepare, pois hoje será textão ...


Esta história, um blogueiro em especial sempre me disse para fazer isto, o Buscando Primeiro Milhão, que eu chamo sempre de BPM aqui ... Este texto você vai gostar brother!

.
.

Continuo aqui no velho mundo, e diante de um sábado maravilhoso, o velho receio de estar sozinho e fazer as coisas num local desconhecido, o medo do novo bateu na minha porta.

Como simplesmente escolher um meio de transporte, ir em direção a algo desconhecido, falando apenas inglês (e respondendo ao anônimo que mandou um xingamento, meu inglês não é fluente, no máximo um avançado, principalmente na parte de negócios, não que eu lhe devesse esta resposta mas pode ser também a dúvida de outros leitores), sem conhecer nada? Afinal, não sou um viajante nato, e realmente ficamos com muito receio de partir numa viagem desta sozinho.

O que eu fiz? Meu corpo e mente titubeavam, já pensava em fazer aqueles velhos programinhas de ir ao shopping, buscar alguma atração aqui na cidade onde estou, mas eu disse a mim mesmo: Chega! Desta vez farei diferente.

Peguei meu computador, já era tarde, cerca de 11:00 da manhã, tomei um café reforçado mais cedo, e abri o mapa: É aqui onde vou! O que fazer? Sei lá! Nem que eu vá ao centro desta cidade, pare o carro, tome um café e volte a minha cidade, pouco importa se dirigirei 3 horas pra ir e 3 para voltar.

Blusa de frio no corpo e uma mais pesada na mochila, garrafa grande de água, celular a postos (felizmente com internet), GPS, dinheiro, passaporte e decidi: É hoje que visito um país diferente, coisa impensável para o VDC anterior.

Como o medo nos impede de fazer as coisas  boas da vida! Não somente para viajar (quando temos a oportunidade, como esta), mas em tudo mesmo: O medo de tentar fazer algo novo, de inovar no trabalho, propondo soluções. O medo de perguntar algo numa palestra de um tema interessante, com receio do que os outros vão pensar. O medo de falar não para aquilo que você pensa estar errado, seja no trabalho, seja para um parente / amigo, afim de evitar conflitos e discussões. O medo de viver, o medo da opinião alheia ...

Peguei o carro, até para colocar o GPS no vidro eu tinha dificuldades, pois eu vi que estava um pouco ansioso e afobado, e perguntando a mim mesmo: Será que terei problemas? Devo mesmo fazer uma viagem destas?

O receio acabou com alguns minutos na estrada ... Meu Deus, como as coisas aqui funcionam! Você paga os pedágios, mas a estrada é um verdadeiro tapete, risco quase zero de acidentes, em condições normais.

Só a parte da estrada já seria um capítulo a parte: Imagine você dirigindo algumas horas, ouvindo boas músicas (músicas até não divulgadas nas rádio Brasileiras), uma variedade de opções, com uma vista exuberante a sua frente, aos lados ...

Sendo ultrapassado por veículos inimagináveis no Brasil ...

.
.

Foi a melhor viagem interna a mim mesmo que fiz: Eu repensei a minha vida inteira nestas horas dirigindo, foi a melhor coisa ter ido sozinho, e hoje já posso dar um conselho de viagem: Se tiver a oportunidade, faça uma viagem sozinho, consigo mesmo, de pegar a estrada você e Deus e repensar toda a sua vida nestes momentos.

O medo te força a ser mais humilde, de pedir ajuda, de ver o próximo com melhores olhos.

Depois de curtir algumas horas comigo mesmo no veículo, tirando muitas fotos, parando várias vezes para ver a paisagem deslumbrante, cheguei ao local.

O medo voltou ...

Tudo novo, num país que não domino o idioma e pra ser sincero não conhecia uma palavra, no máximo um ‘obrigado’, com pessoas diferentes, de várias partes do mundo.

A vontade era de voltar para o hotel e me enganar dizendo “ah, eu dei uma volta na cidade e conheci ela”.

Não ...

Rodei a cidade, consegui ver um local para estacionar, parei o veículo, desci do carro e decidi caminhar, e perguntar alguém o que eu poderia fazer lá, com meu inglês.

O que o destino me aprontou? Pedi informação para um casal junto com um cara, e justamente a mulher era .... Brasileira! Isto mesmo ... Achamos brasileiros em todos os lugares da terra, inacreditável.

Os dois caras não falavam inglês, era um pouco difícil de comunicar, mas a moça fez uma proposta: Bem, estamos aqui, meio perdidos também, se você quiser pode vir conosco. Seremos 4 perdidos.

Inacreditável! A cabeça já disse de imediato “saia fora, você nem conhece estas pessoas, e se for um grupo de terroristas, traficantes, ou cometerem algum crime e você esta junto será preso”. Ou seja, o medo de fazer o que nunca fiz: Permitir e confiar em pessoas estranhas.

Pois bem ...

Decidi e fui com eles ... Eu que não sabia o que faria, agora já tinha companhia de pessoas que pelo menos falavam o idioma local, e isto facilitou muito, tanto que fomos curtir algumas das atrações da cidade, e após iriamos almoçar.

Gostaria de postar uma foto de onde estive, um frio gélido, nunca senti tanto frio, fez muita falta uma luva térmica, em alguns momentos tive que buscar abrigo pois a minha mão ficava dura e vermelha, congelando mesmo, pois sempre estava tirando foto e gravando vídeos.

.
.

Vejam bem: De alguém que iria apenas dar uma volta de carro e pegar a estrada, eu conheci uma atração que é até difícil descrever em palavras, só posso dizer que me senti pequeno diante de algo que vi, tão esplendido, tão maravilhoso, que logicamente só me fez pensar: Como somos pequenos, insignificantes, como existem tantas pessoas e modos de vida diferentes ... E a maioria dos brasileiros que eu conheço sempre com o mesmo pensamento medíocre de trocar de carro anualmente, de frequentar lugares caros toda semana para postar no Facebook e ganhar likes, de só pensar em trabalhar para adquirir passivos ao invés de trabalhar para conquistar ativos e poder realizar passeios como este que eu fiz.

Tem coisas amigos, que realmente não há dinheiro que pague, e eu vivi esta emoção, eu estive neste local maravilhoso, eu vi coisas que nunca sairão da minha cabeça, e por um momento eu consegui entender por que o blogueiro Buscando Primeiro Milhão me disse isto, eu consegui pela primeira vez entender que não se trata apenas de gastar muito dinheiro (com certeza um passeio destes vindo do Brasil não ficaria por menos de uns 12K a 15K), mas, sim, de uma experiência que você levará eternamente na sua vida, uma emoção tão grande que enche os olhos de lágrimas, pois você vê como o mundo é lindo, é grande, e como vivemos reclamando de coisas tão estúpidas, tão idiotas mesmo, sendo que podemos batalhar para viver estes momentos como o que eu tive.

O que isto mudou na minha vida? Eu já posso dizer: Sou uma nova pessoa. Ou pelo menos, alguém mais vivido, com mais experiência, não sei como explicar.

A minha motivação de buscar a Independência Financeira aumentou 357% depois deste evento, e com toda certeza eu digo: Se eu já fosse livre financeiramente, eu não faria nada, mas nada mesmo, eu não perderia 10 horas do meu dia trabalhando, sendo que poderia estar vivendo experiências como esta.

Ver um Dória que tem, sei lá quantos milhões, querendo se tornar prefeito ...

Um Warren Buffet que com tantos milhões e velho praticamente não aproveitou nada na vida ...

Um Barsi que só pensa em ações, ações, onde poderia vender esta porcaria toda, aplicar numa renda fixa e viver bem o resto da vida, deixando a família numa boa por gerações.

Ter um amigo mais velho, que talvez seja a pessoa mais rica que eu conheça pessoalmente, com mais de 40M de patrimônio e trabalhando como analista, pois ‘gosta do que faz’, tem algo extremamente errado aí, pelo menos esta é a minha opinião.

Não venham me falar que isto dá prazer, eu não tenho prazer algum em dizer que tenho Fundos Imobiliários, eu só compro pois com o tempo trarão retornos maiores ao meu dinheiro, justamente para um dia eu viver desta renda.

Não acho nada errado o que fez o Viver de Renda, aplicando tudo em Tesouro Direto, ele venceu o jogo, acabou com estas análises de relatórios mensais, o risco, e tudo mais, e agora pode se dedicar ao bem mais precioso que é viver ...

.
.

Ontem foi por pouco, quase postei uma foto de onde estava, tenho certeza que todos ficariam admirados, mas infelizmente, não vou colocar para evitar os comentários “Hum ... Você esta no país X, foi de carro, pode estar na cidade Y”.

Como disse, trabalho numa empresa muito grande, sou da área de TI, e digo que ela esta presente em praticamente todos os países do mundo ... São muitos os que na minha própria empresa trabalham e investem, alguns em Construção também (não pense que eu sou o escolhido, o ‘midas’ da construção, apenas faço algo que já é feito por muitos anos).

Fato é: Conheci o desconhecido, abri a minha mente ...

Estou mais engajado ainda com o projeto, morar na Europa já começa a ser um pequeno pensamento dentro da minha mente, pois com um bom salário aqui, e com uma boa reserva, você já atinge a Independência Financeira.

É como nos Estados Unidos: Você não precisa ter 10 Milhões de Dólares para ter uma vida independente lá! Na verdade, pensando num bom salário Brasileiro aplicado nos Estados Unidos (salário de um analista sênior, expert, por exemplo), se você conseguir gerar uma renda passiva acima da inflação com este padrão de vida, você viverá muito bem lá, afinal, tudo é acessível, e é por isto que muitos querem ir para lá, pois, mesmo com salário de ‘peão de obra’, sua qualidade de vida e tranquilidade serão muito maiores do que morando no Brasil.

Atualização Rápida: Finanças

Próximo mês provavelmente já receberei os primeiros aluguéis de Fundos Imobiliários acima do patamar de R$ 1.400,00 por mês. É esta a renda que preciso aumentar, pois ela seria uma renda mais segura do que a renda dos Dividendos da Sociedade.

Sempre falo e sempre vou repetir: Investimentos tem que lhe deixar dormir bem a noite, este começou a me preocupar, não me importo com a renda que perderei, e sim com a minha tranquilidade. Desta forma, será reduzido sim e provavelmente o patamar de R$ 12.000,00 mês será perdido, deve voltar ao padrão de R$ 10.000,00 por mês líquidos.

Importante salientar que continuo trabalhando muito forte para aumentar a torneira de renda, conseguindo uma promoção no Trabalho, o que trará pelo menos uns R$ 1.500,00 a mais líquidos por mês (assim eu espero).

Vejam bem, eu sou um só, e não consigo trabalhar em várias frente ao mesmo tempo.

Por este motivo, o lado Construção esta um pouco de lado, pois estou focando no Trabalho e tenho que corrigir os rumos dos Dividendos da Sociedade.

Fundos Imobiliários estão indo por si só, então não estou tendo trabalho, para ser sincero.

Projetos Digitais, caíram um pouco também, agora já são R$ 5,00 por dia ao invés de R$ 10,00, então precisarei dedicar um tempo para levantar esta vertente .... Se eu recebo R$ 200,00 por mês nesta vertente, é como se eu tivesse aplicado R$ 20.000,00 em FIIs de Papel, para vocês terem noção da importância de uma renda adicional.

Ver o Soul (Pensamentos Financeiros) pensando em lançar um curso sobre o que ele conhece, me faz pensar se eu poderia criar algo e abrir esta caixa de pandora também através de um curso, mas, vou maturar a ideia.

Vamos ver o que a vida me proverá ...

Continuo na luta, e após entregar este projeto, quero buscar um aumento de renda para encurtar meu caminho à Independência Financeira.

Que me perdoem todos os outros investidores, de nenhuma forma quero me achar melhor ou desmerecer ninguém, mas tenho a impressão de que, mesmo tendo a menor renda (até ano passado eu não aportava mais que R$ 4.000,00 por mês, eu acho), consegui aumentar mais o patrimônio, proporcionalmente falando, e passo longe de ser um expert em finanças.

Então amigos, se eu que sou pobre posso, vocês também podem! Não desanimem a ver aportes vultuosos acima de R$ 20.000,00 por mês! Eu com um aporte destes já teria uns 4 Milhões, com certeza, quando bater a tristeza, lembre deste amigo simples aqui chamado VDC, que aportava tão pouco como vocês, mas que buscou formas adicionais de aumento de renda e foram justamente estes adicionais que aumentaram meu aporte, e assim a bola de neve foi sendo criada ...

Esqueça a complicação, ações daqui, % do yield de lá, stock picking, Market sharing, e sei lá mais o que: Parta da premissa de que: Se você conseguir poupar, e ter a paciência de aguardar, seu patrimônio vai subir! Você pode aportar até na Poupança, no pior dos casos, e seu dinheiro crescerá. 

"'Mimimi' a Poupança não cobre a inflação ..."

Quando você não sabe o que fazer, o ideal é não perder dinheiro, e a Poupança serve sim para isto, mesmo com a inflação, você pode ir acumulando e depois migrar para um instrumento melhor.

A regra para aumento e patrimônio é: 1) Não perder dinheiro. 2) Poupar. 3) Nunca esquecer da regra número 1.

Se quer um conselho meu e esta começando: Esqueça ações, e vá de renda fixa ...

Um grande abraço e excelente Domingo!

.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

34 comentários:

  1. Amigo VDC!

    Obrigado por compartilhar essa experiência comigo e por dar tantos conselhos bons! que Deus te abençoe e te traga em dobro tudo o que você tem me proporcionado.

    Abraço,

    Vinícius Machado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Vinicius,

      Se eu conseguir ajudar de alguma forma, que seja apenas uma pessoa, eu ja ficarei feliz.

      Eu ja perdi muitas oportunidades por medobe receios bobos, foi esta a mensagem que eu quis passar.

      Abraço

      Excluir
    2. Ah, e que Deus abençoe a todos nós. Sempre.

      Não tenho o que pedir, só agradecer mesmo.

      Abraço

      Excluir
  2. Mt bom viajar VDC, quando eu vou tiro logo uns 15 dias no mínimo.
    E dirigir em outro país requer coragem de fato, parabéns! E o inglês pra turismo é tranquilo. Veja se você compra o guia do Lonely Planet daí do lugar que você está, eu gosto muito deles, vale muito a pena, principalmente pra sair do "roteiro do turista" convencional que sempre é batido, cheio de atravessadores e muito mais caro e sem graça. Com certeza um dia a gente chega no nível do Soul. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Frugal,

      Eu li seus textos, incluindo a viagem da argentina, achei show.

      Como tenho que digitar email, site, acabo nao comentando pelo celular muitas vezes, mas sempre to lendo.

      Nao conhecia esta guia, vou dar uma olhada, to aprendendo agora a me virar sozinho.

      O roteiro de turista convencional acaba sendo feito pela maioria mesmo, comprando os pacotes ja prontos, o bom mesmo è voce criar seu passeio.

      Realmente comecei a sentir o que deve ser a vida do Soul. So com que uns 10 milhoes menos kkk.

      Abraço

      Excluir
  3. Olá, VC!
    Muito bom. O medo é uma ferramenta evolutiva importante. Sem medo, provavelmente nossa espécie não teria chegado onde chegou. Agora, quando o medo nos paralisa para o novo, realmente isso pode ser muito ruim.
    Fico feliz que tenha tido uma experiência gratificante. Com o tempo, quando você adicionar pessoas, você verá quão maravilhosa pode ser as experiências. Você se perguntará se realmente o foco de tantas pessoas não está um pouco distorcido, quando se pegar num lugar cercado de tanta beleza, e se perguntar "como eu podia estar cego para tudo isso?". E isso não se aplica apenas a viagens, mas há muitas outras esferas na vida. Viagens é apenas a forma mais fácil da pessoa perceber isso. É como meditar. Uma pessoa muito preparada pode meditar andando no meio da avenida paulista. Para iniciantes, é mais fácil meditar num lugar sem barulho, afastado de tudo.

    Um abraço meu amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Soul,

      Digamos que eu comecei a entender uma pontinha da mensagem que voce sempre passa no seu blog, ficou bem 'Soul' este texto, pois vi muito das coisas que voce diz no seu blog nesta minha experiencia.

      Nao sei explicar direito, mas nao è so o fato da viagem em si, mas isto muda a forma com que enxergamos o mundo, ficamos mais solicitos e prestamos mais atencao ao proximo, aqui foi mais facil dar esta abertura a pessoas diferentes, veja so, eu passei um dia com 3 pessoas desconhecidas, conversamos, rimos, comemos, e aquelas pessoas nao pediram nada em troca, apenas tiveram abertura e me deixaram entrar no grupo. Coisa incrivel isto.

      No jantar, expliquei que gostaria de pagar uma bebida, uma sobremeda ou qualquer coisa como forma de agradecimento, e eles nao permitiram, diziam que o presente ja era estamos compartilhando um dia tao especial.

      Cara, que show isto.

      Começo a pensar um pouco naquelas imagens que voce postou no seu blog e ter este tipo de visao, pois o 'velho VDC' nao conseguia entender como alguem como voce simplesmente saia de casa pra ficar 2 anos viajando. Agora parece que comecei a entender.

      Um prazer recebe-lo aqui, outro amigo que gosta de viajar e citei no texto è o BPM, que tambe me sugeriu perder os medos e viajar.

      Abraço

      Excluir
    2. Sim, VC. Essa é a maravilha da interação humana. Talvez você nunca mais veja essas pessoas, talvez veja, mas perceba que essas pessoas de alguma maneira foram importantes para conectar você mais vivamente com a realidade. Essas pessoas foram importantes. Não quer dizer que elas serão os seus melhores amigos, necessariamente, ou que você não possui pessoas muito mais importantes na sua vida (como a sua família), mas apenas que por alguns momentos você interagiu com outros seres humanos, desconhecidos de começo, e isso resultou numa ótima experiência.
      Isso de alguma forma contraria o livre mercado? Isso de alguma maneira é contrário a você querer ganhar dinheiro de forma correta para qualquer finalidade que você queira? Evidentemente que não. Isso apenas amplia a sua percepção da realidade, conecta você com à natureza e com outros seres humanos. Tente colocar mais isso em sua vida, que verá como muitas coisas boas irão ocorrer na sua vida.

      Abraço!

      Excluir
    3. Com certeza Soul,

      Agora serei ainda mais assíduo no seu blog, já leio tudo mesmo, agora entenderei melhor rsrs.

      Abraço

      Excluir
  4. VDC,

    Tento imaginar a sensação que está sentido ao ler seu texto, ótimas palavras e experiência! Por curiosidade, qual o motivo de destacar tanto algumas palavras em vermelho?

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola PN,

      Foi fantastica a experiencia, espero repetir novamente, trazendo minha esposa numa viagem de lazer.

      Sobre o destacar palavras, nao lembro bem, mas comecei a sempre marcar palavras negativas em vermelho, palavras boas em verde, e outras qualquer em azul.

      Tento deixar e frisar bem estas partes, por exemplo, a palavra divida sempre coloco em vermelho, uma palavra como poupança em verde e assim por diante.

      As vertentes do blog que sao Construcao, Fundos Imobiliario, Projetos Digitais, Emprestimos Garantidos, Trabalho sempre coloco em negrito.

      Numeros sempre coloco em negrito.

      Renda passiva, valor adicional e outros conceitos sublinhado.

      Antes de postar eu reviso meu texto, e vou colocando esta parte destacando o que è importante, na minha visao.

      Abraço

      Excluir
  5. "Ter um amigo mais velho, que talvez seja a pessoa mais rica que eu conheça pessoalmente, com mais de 40M de patrimônio e trabalhando como analista, pois ‘gosta do que faz’, tem algo extremamente errado aí, pelo menos esta é a minha opinião."


    Eu consigo entender o seu amigo. Me sinto um ET por amar meu trabalho!
    Mas também adoro viajar (e acho que agora você também está contaminado, rs).
    Para mim, poupar é escolher com sabedoria onde gastar o seu dinheiro. E gastar com uma viagem legal, para mim, vale muito a pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá LT,

      Eu gosto muito do que faço também, de verdade, mas ele tem uma empresa externa, não precisaria parar de trabalhar, mas a rotina que ele segue de pegar o carro, ir ao trabalho as 08:00 e largar 18:00 poderia ser evitada.

      Acho que ele deveria aproveitar bem mais a vida sabe, não só em viajar, mas de cultivar mais a familia, a esposa, sair mais mesmo, se dar mais momentos de tranquilidade.

      Realmente gastar com uma viagem vale a pena, mudei meus conceitos.

      Abraço

      Excluir
  6. Gostei dessa aventura de conhecer um país novo. Ainda estou na fase de conhecer um estado diferente aqui no Brasil! Quanto aos empréstimos, acharia melhor acabar com isso. Com o tamanho do seu patrimônio, não vale a pena correr tanto risco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Beto,

      Os empréstimos são assim: Um tomador excelente, nunca atrasa. Taxa menor.

      Este outro com maior risco, então maior capital.

      Penso que ele é uma pessoa do bem, não tentará me passar a perna, mas ... É um paradoxo: É este o risco que me provê um aporte maior ... Mas não me deixa confortável.

      Vamos ver o que faremos.

      Não perca a oportunidade de visitar um outro estado ...

      Cara, você esta solteiro, pega o Tinder da vida e vai curtir ... Conhecer gente nova. Não fica na depressão, o mundo é bo demais e todo mundo encontra seu par.

      Abraço

      Excluir
  7. Fala Viver!

    Esta viagem vai lhe fazer muito bem, retornará revigorado e cheio de novas ideias.

    Acho que eu sentiria "medo" em subir uma daquelas comunidades do Rio que ainda não foi pacificada, não medo dos moradores, mas sim medo de cair bem no meio de uma guerra entre polícia e traficantes.

    Em um situação como a sua acho que sentiria uma certa preocupação, não medo propriamente dito. De qq forma há uma linha tênue entre estes dois sentimentos. Contudo, o medo é um sentimento de proteção do ser humano, e o que equilibra a nossa vida é a coragem. A coragem é o ato de enfrentar nossos medos, sem desconsiderar a precaução.

    Grande abraço e depois passa lá no Abacus, cê tá sumido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Uó,

      Sim, agregou muito a minha vida profissional e pessoal! Estou curtindo, mas, já com mais saudade de casa pra ser sincero ... Quero voltar rsrs!

      Medo e coragem são importantes, mas dosados. Como diz a frase, eu prefiro ser um medroso vivo que um corajoso debaixo do chão rsrs.

      Sobre o Abacus Uó, tenho lido sempre, mas às vezes estou tendo problemas ao escrever.

      Por exemplo, dia destes escrevi textão pelo celular, postei e deu erro, perdi tudo.

      Outras vezes eu clico no tópico novo e não acho, não sei por que não abre o tópico novo.

      Mas de qualquer forma, sempre estou lendo, nem precisa me lembrar, você é um dos amigos virtuais e sempre prestigio seu excelente trabalho!

      Grande abraço

      Excluir
    2. Este WP está me sabotando, rs.
      Deletei o cache lá, veja se consegue comentar como teste.
      Abraço!

      Excluir
    3. Fala Uo,

      Consegui comentar depois, atraves do computador.

      Quando tiver problemas te aviso.

      Abraço

      Excluir
  8. VDC,

    Passei por coisas parecidas em uma viagem que fiz.. mas é isso ai .. meter as caras .. pq .. é uma oportunidade praticamente única .. quando terá oportunidade de fazer isso novamente?

    Ficar perdido as vezes é inevitável . mas no final tudo da certo .. é só sair perguntando .. só não recomendo .. se vc estiver no alaska ..

    Viajar é muito bom cara... abre a nossa cabeça ...

    E eu concordo contigo .. o dia que eu tiver uma boa condição financeira ... muito próxima da IF .. é arrumar um bico .. e sair viver ...

    Abs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Rodolfo,

      Verdade. Com tudo bancado pela empresa, realmente foi uma oportunidade unica.

      Meu passeio sabado foi tao bom que acabei acordando tarde e ficando com preguiça de tentar algo novo no Domingo, mas valeu a pena.

      Rumo a arrumar um bico e sair pra viver, è isto ai.

      Abraço

      Excluir
  9. VDC,

    Estarei na África do Sul daqui a 11 dias e daqui a uns 26 dias, Estados Unidos, num cruzeiro com minha família e sogros. Já fiz isso umas 4 vezes, mas SEMPRE acho legal pois meus filhos adoram! A alegria deles é a minha alegria, que se dane se o cruzeiro em si.

    "To travel is to discover that everyone is wrong about other countries" - (Aldous Huxley).

    Já foi ao Peru? É perto e muito legal.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala HM,

      Tenho vontade sim de conhecer Machu Pichu (nao sei se è escrito assim), acho que seria fantastico.

      Que viagem bacana, ficara bastante tempo, e realmente nao tem dinheiro que pague.

      Interessante a questao do Cruzeiro, daria um belo post contar um pouco pra gente.

      Abraço

      Excluir
  10. Boas VdC,

    Viajar é uma das coisas que eu não troco por nada. Me desculpem as pessoas que falam que se gasta muito em uma viagem. Eu discordo completamente. Viajei um mês por boa parte da America do sul e não gastei nem 5 mil reais.

    Poxa VdC, se vc aporta 4 mil reais por mês vc está muito longe de ser pobre. Eu não ganho 4 mil por mês nem Bruto. E posso dizer mais... conheço poucas pessoas que ganham isso Bruto por mês e Moro em São Paulo, a capital financeira do maior pais da America do sul.

    Choradeiras a parte gostei muito de saber que vc está aproveitando para viajar, não sei pra onde vc foi, mas sei que se te tocou é pq a viagem cumpriu seu papel.

    Sucesso VdC :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola IM,

      Sim, mudei meus conceitos, pretendo viajar pelo menos uma vez ao ano mesmo, mas agora com a minha esposa, pois foi muito gratificante os momentos que vivi e estou vivendo no exterior.

      Vejo alguns colegas que aportam mais de 15, 20 mil por mes, parece que nao aportamos nada com valored de 4, 5 mil, mas, cada um com seu aporte rs.

      Valeu meu caro, um abraço

      Excluir
    2. Boas,

      Tô ferrado com aporte de mil reais então kkkkkkkkk

      Passarei a vida toda juntando dinheiro :'(

      Melhor eu investir 1k na mega sena todo mês ??

      Excluir
    3. Haha nao é assim.

      Melhor usar os 1000 pra aportar em voce e aumentar seu aporte.

      Abraco

      Excluir
  11. VdC, mais um excelente tópico.
    Na minha próxima viagem a trabalho, com certeza vou seguir seu conselho, de conhecer um pouco mais o lugar e enfrentar o novo.

    Parabéns pelo texto.

    Sucesso

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Joao,

      Obrigado.

      Sim, faça isto. Aproveite.

      Nao deixe que o cansaço e o medo tirem a vontade de explorar e conhecer novas coisas.

      Um abraço meu caro

      Excluir
  12. Bom dia VDC!
    Ainda usa a socopa como corretora?
    Ouvi falar que todas as corretoras vao começar a cobrar por movimentação em FII.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Sergio.

      Uso sim.

      Seria ruim a cobrança, mas como eu faço poucas ordens por mes o impacto seria quase nulo.

      Abraço

      Excluir
  13. GRANDE VDC!!!

    1) O lado ruim de não ter tido tempo pra acompanhar os blogs que sigo esse mês foi ter perdido toda essa montanha russa da sua vida! Que bom que tudo deu certo no seu trabalho, que bom que vc teve essa experiência transformadora de vida. Parece besteira, mas fico feliz por ti!

    2) Fiquei curiosíssimo em saber qual foi esse local que vc visitou. Assim, sério!

    3) Excelente a parte final do texto e a dica aos recém-chegados, como eu, e que aportam pouco. Vejo aportes gigantescos e isso meio que me inspira a lutar pra aportar mais, mas é sempre bom saber que um pessoa "normal" como vc vai chegar lá também!!

    4) Vc falou muito em medo, ultimamente meu medo tem sido investir de vez em FIIs. No fim do texto vc fala pra não se preocupar, ficar na renda fixa e ser feliz, mas eu acho que eu preciso correr algum tipo de risco em prol de uma maior rentabilidade, pq meus aportes são pequenos... Enfim, é algo a se pensar, mas gosto MUITO da sua filosofia de investimento, é algo que eu sigo.

    Obrigado por compartilhar isso tudo!

    Grande abraço! Tamo junto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala PZ,

      Perdeu muita coisa, teve muito post bom aqui e no blog dos amigos rs.

      Gostaria de falar, mas os 'haters' não deixam, melhor evitar.

      Esqueça preço, pense em bons ativos, e você perderá o medo em investir.

      Abraço

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares