Total de visualizações de página

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

A Receita do Enriquecimento + Um Blog com Posts Diários ...

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Hoje foi difícil criar alguma coisa no blog, pois meu dia foi muito corrido ... Para terem ideia, estava trabalhando (de casa) até este momento ... Nem fui malhar hoje.

Estou com algumas ideias de posts, mas eu opto por criar posts na hora, não gosto de criar vários e deixar um 'estoque de posts' prontos.

Uma coisa que me perguntaram: Por que "Viver de Construção", se aqui tem muitos posts de Finanças? Ora, se eu quero Viver de Construção, preciso ter renda para me manter justamente nas fases onde finalizarei uma obra, e estarei aguardando a venda para começar novo empreendimento. É justamente a fase que estou agora. 

Amanhã, último dia do mês, teremos Fechamento Mensal aqui no blog, normal, seguindo os últimos meses. Esta é a parte que é mais legal para mim, e o motivo de ter criado o blog.

Pensando bem, alguns colegas deram uma boa dica: Se você for num bairro rico, você sabe que a maioria que passa ali de carro de luxo tem dinheiro, então, não precisamos ficar tão preocupados assim. E se eu estiver mentindo? E se eu na verdade não tenho nem R$ 10.000,00 em conta poupança? Já pensaram nisto?

Outra coisa também: Algumas figuras da internet já sabemos que são, teoricamente, independentes financeiramente falando, e, muitos mostram a sua cara nos blogs e nos cursos de educação financeira, então no pior dos casos eu me transformo num educador financeiro, com a minha linda foto estampada no site com domínio ‘.com.br’.

Minha ideia com o blog agora é criar algo diariamente, no dia que tiver mais tempo, criarei textos mais detalhados, maiores (o famoso ‘textão’), e nos dias mais ocupados, como hoje, criar alguma simples ideia.

O que eu desejo com o blog: Eu quero ter um post aqui todo dia, para você leitor, tomar o café da manhã lendo o blog, ou mesmo almoçar, estar no ônibus / metrô ter algo para ler e distrair a mente, sei lá.

Eu, por exemplo, não venho acompanhando tanto o futebol como antes, mas, é necessário estar sempre ciente das notícias, pois na empresa é um dos assuntos que diretores e gerentes podem comentar num início de bate papo, e, não saber nada sobre o Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil, pode ser ruim nestes casos.

Então o que eu faço? Sou leitor assíduo de um blog de esportes, onde, estou atualizado sobre tudo o que acontece nos campeonatos daqui ... Será um dos posts que pretendo fazer, divulgando o blog, que já é bem conhecido na verdade.

E neste outro blog, uma coisa legal é: Todo santo dia tem post novo! E eu leio algo novo todo dia. Esta é a ideia que venho aplicando aqui, tentando gerar algo diariamente, sobre temas variados.

Aproveitando a mudança, vejam a parte de 'economia' do texto abaixo.

Ultimamente não tenho tido tempo para acompanhar detalhadamente as Finanças, mas, dei uma olhada rápida no Home Broker e vi que os FIIs subiram novamente. Eu realmente não entendo e nem preciso entender onde isto vai parar, eu só quero aportar todo mês e ver meu dinheirinho subindo com o reinvestimento religiosamente feito mensalmente. #Juros Compostos!  Só alegria!

O que me aflige no momento? A Sociedade que criei com mais 2 empresários. Vou reduzir a alavancagem que estou provendo nesta investimento. Preciso voltar ao conforto, mesmo reduzindo a renda recebida.

Mestre dos Dividendos passando uma mensagem aqui no post.

Tá vendo? Não tenho muito o que comentar: A receita do enriquecimento (citada no título do post), também conhecida como ‘a receita do bolo’ é bem simples: Foco no Aporte, reinvestimento mensal, Aporte Mensal.

Recebeu? Separa o dinheiro do Aporte, deposita na corretora, escolhe o que vai comprar, compra, fecha o Home Broker, até dia 15, 16, 19, 22 (dias mais comuns de recebimento dos aluguéis dos FIIs). Acesse novamente nestes dias, reinvista os aluguéis, feche o Home Broker. Até mês que vem!

Repita o ciclo por 10, 15 anos. Descubra que esta rico!

Para fechar este post, mais uma imagem.


Um abraço e excelente sexta-feira.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Construção, Fundos Imobiliários, Carreira, Saúde e Projetos Digitais - Atualização Resumida

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Pesquisando e navegando pela internet, voltando a olhar mais os temas de Construção, vi algumas coisas bem bacanas. Realmente fiquei uns tempos de ‘férias’ do tema obra, e como prometido trataremos sempre aqui Construção, Fundos Imobiliários, Carreira, Saúde, tudo em prol do objetivo da Independência Financeira.

Achei esta imagem ‘Gif’ num dos sites que passei, e vou compartilhar aqui. Uma série de imagens de uma construção em poucos segundos, do início ao fim.


Ontem, como citei, subscrevi no Fundo Imobiliário BCRI, adquirindo mais 32 cotas, e estranhamente não tenho nenhum código em carteira que me mostre onde meu dinheiro foi parar ... Segundo a corretora, aparecerá em breve. Será o código BCRI12? Não sei. Estou acompanhando ...

No Trabalho, já estou mais tranquilo, depois da fase inicial conturbada, acredito ter deixado o projeto na linha e já consigo sair novamente no horário.

Como venho frisando, 2016 pra mim esta sendo o ano da Saúde: Hora de fazer os check-ups médicos que posterguei (fiz todos), entrar na academia (entrei), melhorar a alimentação (é ... estou melhorando). Seria o ano também onde as Finanças seriam parte secundária da minha vida, e realmente esta sendo, eu acho.

Bom, pensarei nos próximos temas para posts (não tenho ‘estoque’ de posts, publico sempre na hora, o que vem na mente), e criei este registro para não deixar o dia de hoje em branco, sem nenhuma nova história e/ou informação.

Ah, nos Projetos Digitais, fiz uma alteração em busca de melhores resultados, mas tive péssimas confirmações ... 3 dias sem ganhar nada ... Amanhã olharei isto com calma.

Um abraço a todos e excelente quinta-feira.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

Viver de Construção no Chat do Nod (Time Bastter) - Chat Ao Vivo #2 - Assunto: Fundos Imobiliários ... 21:00 Horas

Boa tarde Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Excelente discussão no post anterior, pretendo sim voltar a falar mais de Construção. Vi que a galera estava sentindo falta, e teremos pelo menos um tópico semanal sobre o tema.

Hoje malharei mais cedo (entre 19:00 / 20:00), para às 21:00 estar pronto em meu escritório para falar de FIIs.

Às quartas-feiras temos chat sobre Fundos Imobiliários.

Basicamente é o Nod do site do Bastter transmitindo vídeo numa sala de bate papo, que possibilitará que a gente converse com ele, formulando perguntas e tirando dúvidas sobre FIIs.

Estarei participando com o apelido: Viver_de_Construcao_Blog (como na semana passada).

Se alguém entrar no chat do Bastter através desta postagem, escreva lá no chat. Vocês também poderão conversar comigo por Chat (se o Nod não achar ruim rsrs).

Quem quiser acompanhar o bate papo sobre FIIs, segue o link de acesso (funciona para celular também): http://www.bastter.com/mercado/live.aspx

Nota: O Nod realiza a venda dos cursos, não participei de nenhum, e infelizmente não ganho nada divulgando o chat dele. Eu estou divulgando por ser um local de aprender um pouco sobre FIIs, e ter contato com outros investidores, e por gostar da metodologia do Nod: Focar em acumular valor, de uma forma simplificada para os pequenos investidores, como nós.

Ps. 2: Principais comentários / discussões do chat postarei aqui.

>>> 
Resumo: ...


Um abraço, e nos vemos às 21:00 no chat do Nod!


VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Como Construir uma Casa? Veja passo a passo (VDC Comentando um Texto da Internet) ...

Boa tarde Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Achei este texto na internet, navegando em busca de informação, resolvi copiá-lo e postar alguns comentários, apenas para voltar a comentar algo sobre Construção, que estou há algum tempo sem comentar muita coisa aqui neste humilde blog. Não detalhei muita coisa, mas serve de base para conhecerem as etapas de uma obra.

A parte do texto original esta na cor preta, e meus comentários em azul.

Texto original:

Veja quais são as etapas de construção de uma casa de 120 m/2 com os detalhes de cada etapa, como projeto, construção, acabamento, documentação e outros detalhes. Veja o passo a passo.
Nesta página pretendo mostrar passo a passo as etapas de construção de uma casa, baseado na minha experiência de construção de uma casa. Para tanto e antes de começar gostaria de definir o perfil da casa que estou construindo para que você faça as devidas adaptações para o seu projeto, ok?
§  Tamanho do terreno: 302 m/2
§  Área a ser construída: aproximadamente 120 m/2
§  Padrão de construção: Não sei dizer ao certo, mas eu diria que é um padrão médio/econômico.
Muito bem. Agora que você já sabe o perfil da casa, vou detalhar cada uma das etapas abaixo e em muitos casos mostrarei mais detalhes em páginas paralelas com links indicando. Vamos lá:

Etapa 1: Terreno

A primeira coisa a fazer é comprar o terreno. Se você já tem, ótimo, senão é necessário observar alguns detalhes importantes. O terreno é o norte da sua construção e ele irá de certa forma determinar algumas dificuldades ou facilidades na construção. Quando comprei o meu terreno escolhi um que ficava do lado de cima da rua, com pouca inclinação e posicionado mais ao centro do condomínio. Leia algumas dicas importantes sobre terrenos:
VDC: Até aí ok! O custo da obra dependerá muito da escolha do terreno. O ideal é: Quanto mais plano, melhor. Na parte superior da rua, melhor (menor gasto com terraplanagem). Até mesmo a distância do lote para o poste de energia elétrica deve ser avaliada, pois, se existe um poste na frente do seu lote, talvez seu projeto tenha que ser alterado para facilitar a entrada e saída de veículos na garagem. Estando mais próximo do poste, há também a redução no custo de ligação de energia elétrica.

Etapa 2: Projeto e documentação

O projeto é a etapa de planejamento da construção onde você ira determinar o tamanho a obra, quantidade de dependências, pavimentos, entre outros fatores. O ideal é você contratar um arquiteto que irá lhe ajudar na definição do projeto e ele será também responsável pela criação do projeto arquitetônico, do projeto elétrico, hidráulico e outros que se fizer necessário. Ainda assim você precisará também de um engenheiro para fazer o cálculo estrutural da obra. Depois de tudo pronto o profissional que você contratou deverá submeter o projeto à aprovação na prefeitura da sua cidade.
VDC: Discordo desta parte! Apenas um Engenheiro é mais do que suficiente, e com menor custo (um profissional ao invés de dois). Você pode rascunhar uma ideia no próprio Excel, definir os tamanhos, buscar imagens de projetos na internet e ter uma melhor noção do que deseja, passando direto ao Engenheiro. O Engenheiro será o responsável pela elaboração do projeto e toda a aprovação perante a prefeitura de sua cidade. Evite comprar projetos na internet: Já comprei uma vez, sofri para conseguir adaptar às normas da cidade que construo.

Etapa 3: Terraplanagem, água e energia elétrica

A terceira etapa é a preparação do terreno para a construção, ela envolve basicamente três coisas. A terraplanagem é o nivelamento do terreno, que pode ser um processo de tirar terra ou de aterrar, dependendo do tipo de desnível do lote. A ligação da água e da energia elétrica.
VDC: Esta é uma parte que pode reduzir muito o tempo da obra. O ideal é já deixar o terreno nivelado ao nível desejado para construção, evitando ter que retirar terra posteriormente, principalmente após ter o muro pronto, pois desta forma caso haja a necessidade de aterrar ou retirar terra, será feito com carrinho de mão.

Etapa 4: Construção do muro

Na quarta etapa foi feito a construção do muro que no meu caso foi apenas nas laterais esquerda e direita, assim como no fundo. A frente da casa não pode ser murada por regra do condomínio. Veja abaixo a explanação mais completa sobre a construção do alicerce e do muro.
VDC: Neste caso por regra de condomínio não seria construído o muro frontal. Nas minhas obras, eu já opto por comprar os dois portões e colocá-los, após a conclusão do muro. Uma coisa que faço também é colocar cerca elétrica, desde o início da obra, pois isto reduz consideravelmente o risco de roubo na obra.
Dependo da localização do seu lote, e se tratando de um item caro (portões), no dia da colocação do muro é mais seguro contratar alguém para vigiar, visto que quando você chumbar o portão, com a massa fraca, é possível que algum FDP ladrão leve seu portão embora, seja numa caminhonete, ou até mesmo num carrinho de mão. Eu já vi casos assim ... Pior, já vi casos onde com o portão chumbado o ladrão levou marreta, picareta e tirou o portão do trilho para levar embora ...

Etapa 5: Alicerce e alvenaria da casa

Agora começamos a construção da casa e o alicerce já foi feito.
VDC: Esta é uma parte bem chata, pois, há muitos gastos (cimento, areia, ferragem, brita) e você não vê nada, ou seja, seu dinheiro esta indo todo para debaixo do chão. Uma coisa que comecei pecando nesta parte: As minhas estruturas eram muito acima do padrão, ou seja, eu estava gastando muito mais concreto (areia, brita, cimento) e tempo, montando uma estrutura acima do que deveria fazer. Isto ocorreu para a primeira casa.
Na furação dos tubulões, para grandes projetos é até indicado furar com máquinas, pois, usando pessoas a espessura de cada tubulão fica maior, ou seja, mais espaço para colocar concreto que resulta em mais gastos.
Já a parte de Alvenaria é uma das mais rápidas: Assim que o pedreiro nivela a primeira carreira de tijolos, rapidamente as paredes começam a subir e a casa a tomar forma.
Lembro de um pedreiro que fez as últimas casas que vendi, o rapaz subia toda a estrutura até a laje sem amarrar os pilares ... O risco da parede inteira cair era muito grande (felizmente isto não ocorreu). O ideal é que as paredes subam no máximo até a altura inferior da janela, e seja feita a amarração e enchimento dos pilares.
Sobre o texto, nesta parte deveria haver mais detalhes sobre o tema Bater a Laje. Eu opto sempre por usar as lajes pré-moldadas de tijolos, mas há quem goste de usar as lajes de isopor.
Antigamente era tudo feito de madeira, que tinha que ser bem fechada, para evitar desperdiçar muito concreto no enchimento da laje, hoje não é muito comum.
Numa das obras usei o enchimento da laje com caminhão betoneira: Impressionante a rapidez que é feito, em menos de 2 horas esta tudo pronto. Mas, rapidez tem um preço maior.
Na maioria das vezes, contrato as pessoas, a betoneira (que normalmente já alugo), e vamos enchendo de lata em lata ...
Para prédios, esta tática funciona no máximo para o primeiro e segunda andar, mas eu particularmente optaria por usar caminhão de concreto mesmo, até por que o concreto industrial é mais rígido, parece ficar mais forte, dando mais segurança.
Quando você contrata um monte de gente para Bater a Laje, é normal oferecer um lanche e o almoço. Macarrão com carne é sempre uma boa pedida, e cachorro quente. A galera trabalha feliz e contente.
Nesta parte também já opto por deixar toda a parte externa de encanamento prontas, assim evito retrabalhos futuros.


Etapa 6: Telhado

O telhado foi uma das partes de que apresentou maiores desafios, custos e problemas.
VDC: Esta é uma parte bem chata também. O ideal é escolher boas madeiras, para evitar problemas. Telhados coloniais podem arrear, ou seja, começa a ficar empenado. Normalmente eu já peço para reforçar a base, para evitar este tipo de problema (lembre que o construtor deve garantir por 5 anos que a casa estará em seu perfeito estado de construção).
Já tive problemas também com chuvas com muitos ventos, principalmente em casas de dois andares, onde as telhas da ponta simplesmente caíram, por não terem sido bem amarradas pelo carpinteiro. Eu opto por gastar mais, mas prender todas, passando um arame e evitando qualquer problema (imagina uma telha cair na cabeça de uma pessoa e a mesma morrer, pode ser o seu fim como construtor).
As telhas brancas, na minha opinião, ficam mais bonitas e destacam para a venda, mesmo sendo mais caras.
Comprar direto da Cerâmica é mais barato do que comprar em casas de material de construção.

Etapa 7: Acabamento

O acabamento é sem dúvida a etapa mais trabalhosa, isto porque envolve muitos profissionais, há uma infinidade de opções de produtos e processos, os custos geralmente são altos e tudo isto ao mesmo tempo. Acabamento exige atenção e planejamento para que seu orçamento não estoure. Veja abaixo alguns dicas desta etapa:
VDC: Esta é uma parte muito boa de se acompanhar, pois aqui é onde você já começa a ver a casa pronta, e cada detalhe sendo feito. É a fase que gastamos mais dinheiro em menos tempo.
Eu opto sempre por porcelanato, gosto de colocar cerâmicas na parte externa, e no quintal para mim é fundamental ter uma área verde, ou seja, com grama, assim, se a pessoa quiser construir uma horta ou mudar algo, não haverá concreto a ser quebrado.
Não uso material ‘barato’, pois é algo que pode dar problema, mas, sei que não posso gastar tanto nesta fase, então busco uma média, busco maior custo / benefício.
A parte elétrica eu somente concluo quando tenho as portas já colocadas, pois evita o perigo de roubo (a fiação é muito visada).
Portas também é bom comprar madeiras boas, para evitar problemas.
A colocação do marco de portas é muito importante. Já tive prejuízo de R$ 800,00 nesta parte, pois contratei um pedreiro ruim, que sem acompanhamento instalou de qualquer jeito, e os marcos simplesmente empenaram. Teve que ser retirado e assentado novamente, ou seja, paguei mais diárias de pedreiro, que acarretaram neste prejuízo. Isto foi na minha penúltima obra.

Finalizando:

VDC: Achei este texto na internet, muito superficial, mesmo com outros links incluídos para cada parte, mas, pelo menos serviu para termos uma base do que é o processo de construção.
Um abraço e excelente quarta-feira!

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

domingo, 25 de setembro de 2016

Um FII com 30% de Queda no Último Mês - Renegociação Contratual Traumática - Papo de FII - #4 - SPTW (SP Downtown)

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Estava dando uma ‘fuçada’ na internet para buscar maiores detalhes sobre o Fundo Imobiliário SPTW11 (SP Downtown).

Este FII, após divulgar fato relevante de redução das receitas em torno de 40%, ocorrido após a renegociação com a empresa Atento, teve uma queda abrupta na cotação de seus papéis, que saíram da máxima de R$ 80,00 para a cotação atual de R$ 56,00.

Estou ‘analisando’ o FII para verificar se valeria uma pequena entrada, pois se trata de imóveis, e mesmo com a redução dos valores de aluguéis, continuam sendo imóveis (a difícil missão é: São imóveis com valor?).

Os pontos negativos iniciais são: Os imóveis em si, principalmente o Belenzinho, localização,  administração, e o fato de ser mono-inquilino.

Os pontos positivos são: Comprar um FII de Tijolo a R$ 56,00 pagando R$ 0,50 por cota, é um verdadeiro oásis, mas logicamente com riscos embutidos.

Será que vale a pena? Eu ainda não sei, mas deixo abaixo as descrições dos FIIs, encontradas no site Investidor de Risco (e bota risco neste FII):
SPTW11 - FII SP Downtown
CNPJ: 15.538.445/0001-05



Tipo: Tijolo
Setor: Escritório
Público Alvo: Geral
Mercado: Bolsa
Administrador: Geração Futuro Corretora de Valores
Diretor: Amilton José Bardelotti
Constituição: 30/04/2012
Registro CVM: 26/02/2013
Prazo: Indeterminado

Carteira:

O Fundo de Investimento Imobiliário SP Downtown é proprietário de dois imóveis comerciais na cidade de São Paulo: 

Composição da Carteira:

Ocupação:

O patrimônio do fundo apresenta 0% de vacância e ambos os imóveis estão alugados para a Atento, uma empresa que oferece soluções personalizadas para as áreas corporativas de seus clientes, envolvendo interação com usuários finais. Dentre os serviços prestados por ela, pode-se incluir: Suporte Técnico, Back Office, Crédito, Risco e Cobrança, SAC, Service Desk e Vendas. No Brasil, a Atento possui aproximadamente 33 mil pontos de atendimento, administrando 30 centrais próprias e 26 operações remotas (instaladas no cliente). Por dia são registradas, entre ligações feitas, recebidas, chat e e-mails, cerca de 8 milhões de contatos.


  IMÓVEL
LOCATÁRIO
OCUPAÇÃO
VENCIMENTO
  Belenzinho
Atento
100%
out/2021
  Badaró
Atento
100%
out/2019

Custos

Tx Administração: 0,25%a.a. sobre patrimônio liquido (mínimo de R$ 15.000,00 mensais corrigido pelo IGPM).
Tx Gestão: incluída na taxa de administração.
Tx Performance: N.A.
Tx Custódia: 0,04%a.a. sobre patrimônio liquido (mínimo de R$ 4.500,00 mensais corrigido pelo IGPM)
Tx Consultoria: N.A.

Um abraço e excelente segunda-feira!

Nota: Créditos ao excelente site Investidor de Risco pelas imagens e descrição do FII.

Importante:
Este material tem propósito meramente informativo. Não consiste em recomendação financeira ou estratégica para investimentos. Para saber mais sobre as opções de investimento e receber recomendações, procure uma instituição financeira com profissionais habilitados.


VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

sábado, 24 de setembro de 2016

Um Blog Chato que fala em Poupar, Aportar, Juros Compostos, Aplicar em Valor + 100.000 Visualizações Google Adsense

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Que excelente discussão tivemos no outro tópico sobre empreendedorismo, com foco em franquias. Explorarei com certeza mais este tema, li cada coisa que agregou muito mesmo, fico agradecido pelos comentários.

Para variar, na próxima segunda-feira tenho uma apresentação deste projeto que estou para todo o time global ... Ou seja, é hora de estar com o inglês afiado para me comunicar bem, mas, por incrível que pareça, não estou com nem um pingo de receio, afinal, falar em inglês e participar destas reuniões ‘importantes’ já se tornou tão normal pra mim, que não tenho mais aquela grande preparação, escrever cada parte caso ‘dê branco’ na hora.

A parte ruim é: Recebi do meu time deste projeto ontem a noite o que pedi, e agora preciso criar uma apresentação até segunda-feira cedo ... Além disso, terei que chegar super cedo no Trabalho (fuso horário global complica ...). Estou procrastinando, provavelmente farei os slides amanhã de manhã ...

Sobre o aspecto Financeiro, tenho gastado mais, caríssimos leitores... Hoje, almocei fora, e gastar dinheiro não tem sido mais aquela dor na consciência, pois como venho frisando, a hora de começar a usufruir um pouco do que conquistei é agora.

Comprarei novas roupas, um tênis e um sapato social, que já estou enrolando há uns 2 meses pelo menos, mas, como ficarei algumas semanas no exterior, realmente se tornou imprescindível estar bem vestido. A impressão que passamos com nosso modo de vestir é muito importante, em todos os aspectos de nossa vida.

Claro, não vou adentrar fortemente a Matrix, não se trata disto, mas, aquela ideia que eu tinha em mente de gastar R$ 100,00 por final de semana desde 2007 (nem contabilizando a inflação), já estou eliminando.

Meu pensamento agora será: No máximo, posso usufruir dos meus rendimentos, pois meu Salário tem que sobrar 100% para ser aportado.

De fato, ao longo da caminhada deste blog tive um aumento muito grande no que tange às minhas receitas líquidas. Hoje posso dizer que meus rendimentos líquidos, desconsiderando meu patrimônio imobilizado, ficam na faixa de R$ 12.000,00 ao mês ... Não vou mentir pra vocês, este número pra mim é gigantesco, eu me sinto muito orgulhoso de ter chegado a estes valores, começando do zero.

Uma coisa que sempre comento aqui é: Compare sempre você a você mesmo! Este número pode parecer alto para alguns, e pífio para outros, mas, para mim são números espetaculares, e que mostram como vale a pena ser poupador, ser disciplinado financeiramente e pensar  no futuro.

Ter as contas fixas mensais baixas me deixam extremamente confortável, e agora já não preciso mesmo ficar regrando: Se eu sair na sexta-feira, também posso sair sábado e até no domingo, não tem problema. Afinal, até quando eu vou viver como se ganhasse R$ 1.500,00 por mês, já estando na faixa dos 30 anos?

Um anônimo dia destes comentou isto: “Cara, seu blog é muito chato, você fala em todo post sobre Poupar, Aportar, Juros Compostos, Aplicar em Valor”.

Meu amigo, o que eu vou postar neste blog? Se é exatamente esta a ‘receita do bolo’, o que eu vou dizer aqui? Enriquecer é isto aí, é chato pra caramba, mas tem que dar tempo ao tempo mesmo.

Eu pretendo evitar ao máximo vender os FIIs que escolhi, girar patrimônio deve ser evitado ao máximo. E pretendo, caso não surja nenhum outro FII que chame a minha atenção, continuar aportando nos mesmos que tenho.

Para relembrar ... Considerando meus investimentos líquidos, quando eu comecei o blog em Setembro de 2015, eu tinha exatamente R$ 205,00 de Renda Passiva mensal. Eu até recebia aluguéis do apartamento onde moro, mas com a crise ocorrida, o preço do aluguel despencou, e eu já teria que sair da casa dos meus pais mesmo, afinal, já estava para casar.

Considerando somente os FIIs, neste mês recebi rendimentos de  R$ 1.345,00, o que já é uma garantia de que, passar fome eu não passo: Este valor já é superior às minhas contas fixas mensais.

Os Dividendos da Sociedade, apesar de arriscados (eu viro sócio de outras empresas de colegas empresários sem conhecer o ramo nesta modalidade), continuam gerando excelentes rendimentos. Eu já viveria tranquilamente dos rendimentos, uma pena não ser uma Renda Fixa, pois se fosse eu estaria bem mais próximo da IF.

Preciso voltar a explorar mais os Projetos Digitais, pois estes estão como um reloginho: Todo dia são R$ 10,00, e nos melhores dias até R$ 20,00. Preciso trabalhar mais nesta parte, o problema é que venho somente postergando, pois desenvolvi algo que, apesar do estresse inicial, agora não tenho trabalho algum e nenhum estresse para receber este valores todo dia em minha conta bancária.

Lembra da parte que eu disse acima que tento viver dos rendimentos que faço além do Salário? Esta renda pífia diária paga o café da manhã e da tarde de todos os dias ...

O meu pensamento é: Se já consigo, neste momento, ter rendimentos de R$ 12.000,00 mês, o que eu poderia fazer para aplicar este dinheiro, talvez num novo negócio, onde eu consiga, mesmo tendo prejuízo nos primeiros meses, conseguir lucrar depois? Não sei se consigo expressar bem nesta parte, mas a minha veia empreendedora já pensa em utilizar todo este capital para buscar algo novo, mas, sei que ainda não é hora, pois já faço muitas coisas e a torneira dos rendimentos tem múltiplas fontes: Trabalho, Empréstimos, Renda Digital, Fundos Imobiliários. Onde posso conseguir mais uma fonte? Não sei, mas vou buscar algo, ou melhorar ainda mais os rendimentos que tenho das 4 vertentes acima.

A Construção é sempre um capital à parte, uma atividade à parte ...

Vamos mudar esta prosa, até eu estou achando que estou repetindo a mesma coisa de sempre (risos).

Blog:

Este danado depois dos testes que fiz já gera alguma coisinha ... Foi aplicar um pouco do que faço nos Projetos Digitais, e tive resultados até legais.

Vejam a mensagem bacana que o poderoso Google colocou na minha conta, com o atingimento de mais de 100.000 visualizações.

Eu já posso dizer que ganho alguma coisa sendo blogueiro ... Não que este era o objetivo para com  este recinto virtual, mas é legal saber que cada post vale mais de R$ 1,00! É pouco, mas já é alguma coisa.

Numa rápida análise, eu ganho mais com visualizações, principalmente com aumento do valor de RPM (dependendo do que escrevo no post e quais propagandas aparecem), já os cliques são escassos, talvez também haja uma redução nos valores pela maioria dos usuários atualmente utilizar bloqueador de anúncios, que influencia diretamente nestes resultados.


Em média o blog tem 1000 visualizações dia, algumas vezes menos (800, 900), e outras vezes mais (1200, 1300).
  
Uma coisa diferente que notei neste gráfico: O Blog do Seu Madruga ocupou a segunda posição, enviando mais visitantes do que o antigo Blog do Uó (que agora se chama Ábaco Líquido).

Saber que alguém dedica parte do seu dia para ler o blog é extremamente gratificante, e, pretendo seguir sempre escrevendo alguma coisa por aqui.

Ps.: Dedicarei um dos posts para comentar um post do blogueiro e gente boníssima Rodolfo do Blog Discussão Sobre Investimentos que gosto muito, que é o Resumo da Semana, e as análises que são feitas sobre Juros Futuros e a correlação com os FIIs. Para fazer algo direito, vou fazer um post específico, mas se alguém já quiser dar uma olhada, basta clicar no link acima.

Um abraço a todos e excelente sábado a noite!

Ps.: Vou sair novamente nesta linda noite de sábado!

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

A Positividade no Trabalho + O Medo de Empreender - O Conforto de um Salário Mensal ...

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua.

Dia bastante produtivo, parece que os dias de muitas horas de trabalho, cansaço, mal estar, estão passando.

O projeto que assumi começa a ter a minha ‘cara’, com muito planejamento, cobranças, sem ociosidade e com definições claras. Se eu errar, logicamente contarei aqui, afinal não sou perfeito e nem o melhor profissional do mundo.

Fiquei bastante feliz comigo mesmo neste dia, pois, após desanimar um pouco com o estudo de um segundo idioma (que já comentei aqui), não sei o que aconteceu com o meu cérebro hoje, mas nas reuniões do dia eu falei, falei, falei e falei neste outro idioma (com certeza disse várias coisas incorretas no ponto de vista gramatical), mas fiquei satisfeito demais de já conseguir me expressar, mesmo que seja errado, sem precisar pedir desculpa para poder fazer um comentário em inglês no meio de uma reunião em outro idioma.

A receptividade que temos dos demais participantes do projeto com a minha força de vontade em falar no idioma deles é muito boa, eles me veem como um cara ‘esforçado’ e que se preocupa com eles, e isto abre portas ... Eu poderia ser o ‘arrogante’ que falaria: Sou o ‘bambambam’ do projeto, ‘let’s speak in english’. Não, não farei isto.

Realmente, não conseguir se expressar em outro idioma é muito ruim, e, como tenho reuniões com gestores e quinzenalmente com diretores que não falarão em inglês (eles falam inglês, mas nesta reunião eles sempre falam em outro idioma), é obrigatório conseguir falar pelo menos o básico, e também entender claramente o que é dito nestas reuniões.

Até para não levar o post para o lado ruim do ambiente corporativo, infelizmente já começo a sentir e ver alguns olhares ‘estranhos’ de colegas, com receio desta minha proximidade com o alto escalão. E desta vez, eu já disse, vou jogar o jogo, ou seja, se eu fizer um projeto excelente como os demais que já fiz, vou fazer um tremendo marketing pessoal para buscar novas posições, com maior Salário. Esta é a chance e tenho que agarrá-la!

Só não pensei ainda se valeria até arriscar buscar uma posição no exterior, acho que sou o único da  Blogosfera que só pensa em morar no Brasil ... Mesmo se eu tentar isto, as chances são raras, mas, ainda maiores que tentar ir e arrumar um emprego lá, com certeza.

Vejam que, a Independência Financeira para mim é um objetivo agora de médio a longo prazo, independente do que ocorrerá financeiramente falando, pois, a minha Independência Financeira não se trata de ‘eu odeio meu trabalho e quero ser livre’, e sim ‘OK! Cansei de trabalhar, estou agradecido, mas agora quero apenas gerenciar obras. Tenho capital e renda para viver assim. Vou pescar agora. Tchau”

O ponto ruim disso é: Eu sempre penso em Empreender (além dos Projetos Digitais e da Construção), mas, esta ideia sempre vem sendo postergada, e fica lá, guardada dentro da gaveta ... Eu acho legal demais as histórias de pessoas que conseguem abrir uma loja num shopping, que arriscam e compram uma franquia, que tentam criar um negócio do zero.

Para nós, da iniciativa privada, parece que o medo de perder este Salário mensal, juntamente com as demais ‘regalias’ (bônus, participação nos lucros, aumento anual, plano de saúde, FGTS), sempre nos deixam estagnados e com as ideias guardadas dentro a gaveta ...

Com a própria Construção foi assim ... Eu perdi oportunidades de lotes a R$ 20.000,00, R$ 30.000,00 a 8 anos atrás, puramente e simplesmente por medo. A frase abaixo sintetiza este sentimento:


Apenas como exemplo aqui na Blogosfera, um cara gente boníssima que sigo, chamado Gerson do Blog Gordo Tetinha, também da área de TI, cansou do trabalho e se libertou, começando seu próprio negócio, e vem nos brindando com alguns textos sobre esta fase inicial, o que eu acho muito interessante, pois fico me imaginando na mesma situação.

O Blog do Corey já é muito conhecido por aqui, também é um cara muito bacana que nos conta um pouco sobre a vida de um comerciante.

Por que nunca criei nada? Por que o conforto do Emprego não permite que eu arrisque? Por que eu nunca nem tentei mudar de Emprego?

De fato, um dos principais motivos é que realmente eu gosto do que faço, então mesmo sempre querendo aumentar o Salário, nunca fiquei desesperado em busca de outro local de Emprego, afinal, se me sinto bem, por que mudar?

É uma linha tênue entre o conforto e o risco, afinal, mais vale um pássaro na mão, do que dois voando, certo? Não sei ...

Até para criar os posts sobre minhas pesquisas no ramo do Empreendedorismo eu vou postergando e deixando as ideias na gaveta.

Para adiantar algo ...

Fiz uma análise bem detalhada, com o intuito de verificar a viabilidade de trazer a Franquia Subway para a minha região ... Resultado: Analisei, analisei, achei altos os valores e um risco grande, e confirmei que para dar certo eu teria que abandonar meu Emprego e gerenciar eu mesmo ... Fui traçando estratégias, pensando, e o que descobri meses atrás? Descobri que, bem na região onde eu pensava na possibilidade de abertura de um Subway, abriram um Subway ...

Outra ideia que eu tinha em mente: Lotéricas.

No bairro onde meus pais moram havia uma Lotérica que sempre ficava cheia. Era a referência do bairro.

Infelizmente o dono faleceu, e a Lotérica fechou. Abriu um espaço para um Empreendedor como eu (risos) ...

Quem disse que eu fui longe ... Analisei, analisei, analisei, vi que o retorno seria até satisfatório, mas e o medo de arriscar?

Aí comecei a pensar que, mesmo se tudo desse certo, o meu trabalho (se eu fosse gerenciar a Lotérica) seria muito chato, eu poderia estar lá e ser roubado, acabar morrendo levando um tiro ... E deixei a ideia para lá.

O problema também seria comprar uma Lotérica, pois não estão ocorrendo licitações na Caixa para novas lotéricas ... E não sei se as licenças serão renovadas em 2019 (risco grande) ...

O que aconteceu? Na rua principal de onde moro, abriram uma Lotérica.

Vamos ver se pelo menos a análise que fiz consigo postar aqui ...

Um dia ainda abrirei uma loja ou qualquer outro negócio, nem que seja para perder dinheiro e dizer 'Eu tentei, eu tentei ...'.

Um abraço e excelente sexta-feira!


VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Chat Ao Vivo - Viver de Construção no Chat do Nod (Time Bastter) - Assunto: Fundos Imobiliários ...

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Por sorte hoje malhei mais cedo, e lembrei que às quartas-feiras temos chat sobre Fundos Imobiliários

Não, infelizmente não sou convidado ilustre! Talvez o título dê esta falsa impressão. Serei anônimo, mas participarei lá!

Basicamente é o Nod do site do Bastter transmitindo vídeo numa sala de bate papo, que possibilitará que a gente converse com ele, formulando perguntas e tirando dúvidas sobre FIIs.

Daqui a 20 minutos participarei deste chat, entrarei com algum nome relacionado ao blog (provavelmente: Blog Viver de Construção).

Se alguém entrar no chat do Bastter através desta postagem, escreva lá no chat. Vocês também poderão conversar comigo por Chat (se o Nod não achar ruim rsrs). Se eu tivesse lembrado antes teria postado no início do dia ...

Quem quiser acompanhar a discussão, segue o link de acesso (funciona para celular também): http://www.bastter.com/mercado/live.aspx

Ps.: Amanhã se tiver tempo iniciarei uma discussão sobre o tema Empreendedorismo!

Ps. 2: Principais comentários / discussões do chat postarei aqui.

>>> Resumo: Hoje apresentaram a página nova de FIIs do site do Bastter, infelizmente somente para assinantes, mas, BRCR esta disponível para todos. Não houve análise de FIIs nesta transmissão, na próxima quarta-feira devem ser analisados alguns FIIs.

Um abraço, e nos vemos às 21:00 no chat do Nod!



VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Reinvestimento de Aluguéis - Setembro 2016 - Fundos Imobiliários + Papo de FII - #3 - KNCR - Kinea Rendimentos Imobiliários ...

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Post para rápidas considerações.

Primeiro, sim, estou devendo postar mais sobre Construção. Estou meio ‘desligado’ do mercado de Construção ultimamente, vou retomar.

Este mês a Renda Passiva de FIIs gerou R$ 1.345,00. A reaplicação foi feita comprando KNCR, que é um bom FII de Papel.

Estou sempre optando por reinvestir os aluguéis mensais comprando FIIs de Papel, e os demais aportes em FIIs de Tijolo

Este mês ainda deverei pagar as cotas que subscrevi do BCRI, que esta previsto para o dia 27/09. Eu não tenho o dinheiro para subscrever, pois meu capital esta todo aplicado nos Dividendos da Sociedade, logo, se ocorrer atrasos terei que buscar alternativas para cobrir este valor.

Para quem não sabe o que é o Kinea Rendimentos Imobiliários, segue abaixo detalhamento obtido no site do Tetzner, e o link para acesso do último relatório gerencial: 


KNCR11 – KINEA RENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS – FII
Seu objetivo é o investimento em Certificados de Recebíveis Imobiliários (“CRI”) predominantemente e também poderá investir em Letras de Crédito Imobiliário (“LCI”) e Letras Hipotecárias (“LH”); administrado pela INTRAG DTVM, em regime de condomínio fechado e tem prazo indeterminado de duração.

Trata-se portanto de um FII de Papel, segundo a classificação do Ranking dos FIIs.
Patrimônio do Fundo:
O Fundo aplica seus recursos preponderantemente – assim entendido como mais de 50% (cinquenta por cento) do patrimônio líquido do Fundo – na aquisição de CRI. Adicionalmente, o Fundo poderá investir em LCI, LH e outros ativos financeiros, títulos e valores mobiliários, nos termos do item 4.2 do Regulamento, a critério do Gestor e independentemente de deliberação em Assembleia Geral de Cotistas nos termos deste Prospecto e do Regulamento.
Assim, correspondem aos ativos que serão objeto de investimento pelo Fundo os
(a) CRI Elegíveis;
(b) LCI Elegíveis;
(c) LH Elegíveis; e
(d) Outros ativos financeiros, títulos e valores mobiliários permitidos pela Instrução CVM nº 472 com
(i) rendimento pré-determinado ou rentabilidade alvo pré-determinada, e
(ii) com classificação de risco, em escala nacional, “AA”, emitida pela Standard&Poors, Fitch ou equivalente pela Moody’s (Ativos).
Taxas:
Administração: 1,0%a.a. sobre patrimônio liquido.
Taxa de Custódia: Pelos serviços de custódia de ativos financeiros prestados ao Fundo, o Custodiante fará jus a uma remuneração de 0,105% (cento e cinco milésimos por cento) ao ano incidente sobre o patrimônio líquido do Fundo.
RI: intrag@itau-unibanco.com.br

Um abraço e excelente quarta-feira!


VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

domingo, 18 de setembro de 2016

Reflexão: Por que Manter o Meu Blog? O Conflito entre Blogs de Finanças x Blogs de Assuntos Pessoais ...

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Hoje foi um dia para almoçar fora, tomar uma Heineken e pensar um pouco na vida: O que estou fazendo dela?

Começar a participar da Blogosfera de Finanças me trouxe algo muito bom, que foi meu amadurecimento na análise de outras formas de investir (LCI, LCA, Tesouro Direto, e principalmente os FIIs), e o mais legal: Compartilhar minhas histórias e ter a oportunidade de acompanhar a história dos amigos da internet.

Se de um lado eu ganhei Conhecimento Financeiro, por outro eu venho perdendo dinheiro – isto mesmo – perdendo dinheiro, pois praticamente eu cessei tudo aquilo que eu fazia na internet para lucrar, para dar atenção ao blog, escrever frequentemente, ler o blog dos colegas, sempre comentar, e principalmente responder a todos os colegas que interagem em meus posts.

E eu preciso voltar a dar atenção a parte dos Projetos Digitais, pois preciso voltar a faturar mais de R$ 1.000,00 mês. Neste mês, devo ficar na casa de R$ 200,00 no máximo.

Acontece que, depois de tomar estas cervejas fiquei pensativo: Por que agora tenho tanta preocupação com este blog? Eu realmente preciso de mais uma preocupação em minha vida?

Algo precisa ser feito: Preciso fugir das polêmicas. Preciso buscar o público certo para o meu blog.

Um exemplo clássico: Vejam o público do blog Pensamentos Financeiros do inteligentíssimo Soul Surfer.

Ele pode buscar planos maiores, como se tornar um palestrante, um motivador, lançar um livro. Ele é muito bom, escreve muito bem, e terá um público fiel.

Outro exemplo: O próprio Viver de Renda. Inteligentíssimo em relação às aplicações financeiras, conseguiu fazer em pouco tempo o que muitos não fariam com o dobro do tempo. Poderia tranquilamente ser o responsável por aplicações de valores vultuosos, num clube de investimentos, por exemplo.

Ontem mesmo comentei no blog do Mestre dos Dividendos que, dado ao seu exímio conhecimento em FIIs, ele deveria ser um dos gestores de grandes fundos, trabalhando em grandes corretoras e sendo responsável por análises e avaliações para aplicações de montantes vultuosos em nosso mercado.

E o meu blog, o que ele é? Para que isto aqui serve?

Nasceu como um diário de um Construtor.

Depois um diário de um Investidor em FIIs.

Em paralelo, postagens sobre a minha vida pessoal,  no quesito Trabalho e Saúde, além de meus pensamentos sobre Independência Financeira.

E depois incluiu uma vertente mais informativa sobre FIIs, a coluna nova “Papo de FIIs”, que foi um nome em homenagem aos posts do grande Viver de Dividendos que também é um  excelente blogueiro que faz este excelente trabalho, nos propiciando bons posts frequentemente.

Não que eu tenha mudado o foco do blog, continua mais sendo um Diário Financeiro, mas agora com estoque de casas prontas não tenho o que falar de Construção, a não ser que eu vendesse todos meus FIIs, comprasse um lote, e voltasse a Construir no momento.

Eu realmente quero ser conhecido como um Blog de Finanças. Nada mais. Investimentos em Fundos Imobiliários, Franquias (algo que penso em escrever mais), Construção, Ações (talvez), Tesouro Direto, e Carreira Profissional.

 
Eu tive toda esta reflexão ontem, pois tive que reler post a post para entender se em algum momento eu havia escrito alguma coisa que realmente justificasse as agressões que eu vinha sofrendo, que até cessaram felizmente, e não vi nada que não fosse relacionado à Finanças, o que me deixou mais tranquilo. Perdi umas 5 a 6 horas do meu sábado relendo todos os meus posts e comentários, para entender o que mudou, onde passei de um blog de um cara ‘gente boa’ que recebia somente comentários positivos, para alguém que agora tem que filtrar o que publicar ou não.

Não vou ser o santinho aqui e dizer que nunca xinguei ninguém, pois realmente alguns me tiram do sério: Comentei dia destes num dos blogs dos colegas daqui, e pelo público dele ser mais novo, abaixo da minha mensagem um xingamento a mim. Aí não tem jeito, você explode e xinga também, afinal, não podemos ser os bonzinhos sempre não. O que vou fazer? Comentar menos ou nem comentar nestes blogs, infelizmente.

Com todo respeito aos colegas que permitem postagens anônimas, mas, se fosse aqui no meu blog, se eu visualizasse uma mensagem de xingamento gratuita a um colega blogueiro eu apagaria, não manteria este tipo de comentário, que incita este tipo de atitude.

Agora, uma coisa posso dizer: Não sou religioso fervoroso, mas eu tento sim seguir um bom caminho, não prejudicar ninguém, não roubar, não matar, e ser uma pessoa boa, do tipo que, ao receber um troco errado você lembra que a pessoa do caixa será responsável e terá que pagar do próprio salário, e vai lá e devolve, avisando o erro cometido. Que ao ver uma pessoa meio maluca gritando num posto de gasolina dizendo que o frentista roubou e não pôs gasolina no tanque, se presta a ir lá defender o frentista, afinal são trabalhadores (acredite, isto aconteceu comigo nas últimas semanas).

Então, o que motiva tantas pessoas boas escreverem na internet, mesmo sendo alvo de agressões virtuais?

Nos casos do Viver de Renda e Soul Surfer, são dois caras que já atingiram a Liberdade Financeira, e que mesmo assim se prestam a dedicar uma parte do seu tempo para escrever algo para a gente.

No caso do Mestre dos Dividendos, reler meus posts foi excelente, pois somente agora, 1 ano depois de começar a investir em FIIs, comecei a entender as dicas que ele me dava desde o final do ano passado ... Ah se eu tivesse seguido à risca ... Estaria melhor ainda.

Então fica aqui o meu pedido: Vamos tentar aproveitar um pouco mais dos textos, publicarmos mais, escrevermos coisas que agreguem e parar com estas perseguições. O fim dos bons blogs de finanças só prejudicam a nós mesmos, pois este tipo de conhecimento aqui gerado é vendido em cursos, e mesmo assim não trazem todos os detalhes que vemos aqui na blogosfera.

É algo que pretendo também fazer em meu blogroll: Infelizmente não poderei manter os colegas que estão ligados à Finanças, mas que também trazem esta vertente do antigo blog do Pobretão. Só por tentar participar do ranking blog do Pobretão eu já fui incluído na lista de polêmicas, também claro devido ao outro blogueiro da área de construção que postou sobre estas temas lá no blog do Pobretão e um perfil falso, que vem comentando fingindo ser eu, escrevendo sobre casamento e outras coisas, com o único intuito de trazer agressões ao meu blog. Pergunto: Pra que fazer isto?

Então caro blogueiro, não fique triste caso eu lhe retire de meu blogroll, é apenas uma forma de tentar separar estas vertentes: Blog de Finanças / Blog de ‘Real’ (aprendi este termo lendo o blog dos demais colegas).

Eu não sou exemplo para falar nada de ‘Real’, nem quero ser. É um tema complexo, já fui adolescente, novo, sei bem, mas já passei por isto (sou velho). Quando chegarem na casa dos 30 / 40 anos saberão que este tipo de coisa já não importa mais, mas eu não critico quem goste deste tipo de blog, pois como disse: São fases. Eu já fui desta fase, mas para mim acabou, infelizmente.

Já tive banda de rock, algo que nunca relatei aqui no blog. Eu gostava de estar ali, de tocar, a galera toda de preto, mas hoje em dia não consigo estar ali mais. São fases, e como a vida, fases passam.

Para aqueles que não gostaram deste novo ranking sugerido pelo meu blog: A ideia não é fazer como fez o Investidor Troll e nem como fazia o Pobretão, penso em comentários mais sérios mesmo, mais do lado de Finanças mesmo. Eu não vou escrever nada sobre “O cara fez uma viagenzinha com a namorada e por isto aportou menos”. Penso em algo do tipo “Neste mês, com uma alta exposição em ações de commodities, com o aumento do preço do petróleo, minério e aço, teve uma excelente valorização do patrimônio”.

É esta a mensagem que quero deixar. Não são dois rankings para dividir a blogosfera (meu blog nem é lá grandes coisas pra ser um divisor de alguma coisa), mas eu gostaria de continuar focando em Finanças, que é o que eu gosto, então, é apenas isto que eu peço: Deixem-nos discutir Finanças, sem envolver os poucos blogs que se prestam a passar mensagens de Finanças com os demais blogs de assuntos pessoais.

Até agradeço o convite do Investidor Troll, mas não posso participar: Eu abro os blogs estando em meu trabalho, e misturando Finanças com fotos de belíssimas mulheres e descrições ‘a lá’ GPGUIA podem me complicar ... Imagino a situação: Eu conferindo o ranking, aparece uma gostosa mulher nua e meu chefe aparece atrás me vendo acessar este tipo de conteúdo ... Não seria algo legal (risos).

Finanças, Finanças, Finanças: Vamos crescer juntos! Este blog esta de portas abertas a todos que querem comentar e discutir Finanças.

E para aqueles que gostam os blogs de assuntos da vida, relacionamentos, estarão de portas abertas para recebe-los também.

Um grande abraço e excelente semana.


VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares