Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Reinvestimento Aluguéis - Novembro 2016 - "Eu Tô Sempre Aportando" ...

.
.

Bom dia Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Para não passar batido, fiz uma compra simbólica, pois tinha uns R$ 155,00 parados na conta da corretora.

Fui de AEFI! 1 cota, comprada a mercado mesmo (sem paciência alguma pra abrir Home Broker, Book, etc. E, como sempre ressalto, PREÇO NÃO IMPORTA. Eu olho os fundamentos, não preço, por mais que existam mil matemáticos que digam o contrário (e concordo que é controverso dizer isto sim, para uns preços importa, para mim, não mais).

Eu sempre me importei com preço, e sempre tive prejuízos.

No momento que eu deixei de importar com preços, comecei a ter lucros.

Qual metodologia eu seguirei?

.
.

Um abraço e excelente dia!





.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Método Inovador de Pintura Trazido dos EUA (Empreendedorismo) - Vídeo no Canal VDC no Youtube + Força Chapecoense!

.
.

Bom dia Senhores do Milhão. A Luta Continua!

.
.

Comecei a curtir as minhas férias, tenho visitado lugares inacreditáveis, de beleza exuberante, e que nos fazem repensar vários conceitos da vida, entre eles, nos motivam ainda mais a buscarmos a Independência Financeira.

Acreditem sempre no que eu falo amigos: VOCÊ PODE!

.
.

Às vezes pode parecer que esta realidade é muito distante, mas acredite no que eu digo e principalmente acredite em você, pois VOCÊ PODE!

Eu sou uma pessoa que sempre ganhou pouco, mas sempre poupei. E contei com o Tempo e Juros Compostos, para me dar uma condição melhor neste momento.

Se especialize,  busque condições de melhorar a sua vida, esqueça os outros, foque em você. Estude inglês, usando Duolingo, vendo vídeos de aulas em inglês.

Se já falar alguma coisa em inglês, comece a estudar outra língua (que é o que venho fazendo).

Bom, um post rápido para falar de um assunto que achei muito interessante, e até para reativar meu canal no Youtube, que ficou parado desde então.

O que vejo neste tipo de matéria e que me faz brilhar os olhos: Pessoas que arriscaram, perderam o medo e fizeram um investimento que vem dando frutos.

Não estou dizendo “compre a franquia” ou mesmo sendo patrocinado pelo post (infelizmente não é isto), mas este tipo de matéria sempre mexe com o brio de minha mente empreendedora, e por este motivo estou compartilhando com vocês.

Abaixo descrição completa da matéria:

Empresário traz ao Brasil método inovador para pintura de paredes

Todo o serviço é contratado e controlado online.


.

A pintura a jato usa tecnologia airless, que não solta ar.

Da PEGN TV
Quem é que já não teve problemas na hora de pintar a casa? Vire e mexe o pintor dá o cano ou então falta material e tem que correr para a loja.
Para acabar com essa dor de cabeça, um empresário trouxe um novo serviço ao Brasil. E o melhor: é tudo controlado online.
Máscara, macação, luvas. É uma equipe que está superprotegida pronta para entrar em ação. Já pensou que pintar parede poderia ser inovador? Para começar, pode esquecer o velho pincel.
Esse novo tipo de pintura, a jato, usa tecnologia airless, que não solta ar. A tinta vai direto para a parede e faz pouca sujeira. A máquina é americana. Quem resolveu trazê-la ao Brasil foi o Rafael.

Esse método já existe no EUA desde os anos 60. Só que devido ao custo do maquinário ele ainda é inacessível aqui para o mercado nacional então a gente compôs para poder fazer o método mais rápido”, conta.
Dá para pintar uma parede até cinco vezes mais rápido do que o método tradicional e com custo 15% mais barato.
Em um dia, a máquina consegue pintar uma área de 150 metros quadrados, com móveis. E, se o espaço estiver vazio, são pintados mil metros quadrados. O custo é de 12 reais por metro quadrado.
“A parte dos insumos, o cliente não fornece nada. Desde a escada, o mascaramento e a tinta é um opcional. Nós temos uma parceria, por isso a gente pode fornecer toda a tinta para ele”, explica.
O Adriano contratou o serviço. Vamos acompanhar o processo na casa dele. A equipe chega e faz o mascaramento da área a ser pintada naquele dia. E essa cobertura é feita com plástico diferente.
Ele tem um material eletrostático que assim que é feita a aplicação, começa a passar a tinta, as partículas ficam presas no plástico.

O cliente faz o pedido pelo site e a empresa faz todo gerenciamento por aplicativo. Dois meses depois de abrir a empresa, o Rafael criou o modelo de franquia. Há um espaço onde ele dá treinamento para o franqueado e seus funcionários.
Quando um cliente faz o pedido de orçamento pelo aplicativo, já é direcionado ao franqueado mais próximo.


.
.


Gostei muito da matéria, e pode nos servir de exemplo para buscar e criar um negócio nosso! Não desanimem nunca pessoal.

...
..
.

Para fechar, não poderia de deixar aqui o meu apoio aos familiares e torcedores do CHAPECOENSE, que infelizmente agora estão com Deus! Deixo aqui os meus sentimentos para com a família de todos.


Um abraço e excelente dia.

.
.

VDE – VIVER DE EMPREENDEDORISMO

domingo, 27 de novembro de 2016

Conhecendo um Novo País + O Motivo do Desânimo em Escrever no Blog + Pagando Propina no Exterior ...

.
.

Bom dia Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Ôhhhhh o textão voltou! O textão voltou! O textão voltou! Ôhhhhhh!

Descobri o motivo do meu desânimo com o blog: Não dá para mentir aqui! Não dá para inventar as coisas, pois eu me sinto mal, visto que aqui é meu diário compartilhado, e perde todo o sentido não relatar exatamente a minha vida, pois, qual a graça de ler uma mentira depois, digo sendo eu mesmo lendo, visto que meu único intuito aqui é acompanhar a minha vida durante os vários períodos que espero passar ao longo da caminhada da IF, postando aqui?

Eu pensei em usar a tática “momentos atrasados”, ou seja, eu postaria o que estou fazendo com algum delay (atraso) em relação ao tempo, mas não fica legal e me desanima escrever assim.

Então, corrigindo a linha do tempo do blog, o motivo da minha falta de tempo e o que estou fazendo, bem como algumas atualizações do blog, seguem abaixo:

Primeiro, viagem aos Estados Unidos. Atividade já concluída. Motivo: Um grande projeto que estava em Stand By voltou, e eu assumi como responsável, pois os últimos gerentes não ‘deram conta do recado’. Quando assumi, resolvi junto à equipe do projeto várias coisas, e equiparamos o projeto ao status das outras regiões / países. Após, o projeto ficou parado, pois precisava de mais investimento e uma reanálise de toda a metodologia, e agora finalmente o mesmo foi liberado. Por este motivo surgiu uma viagem ‘emergencial’ que precisou contar com a minha presença durante 4 dias de reuniões e alinhamentos. Nunca fiz uma viagem tão rápidas destas para tão longe, ou seja, comprei passagens com antecedência de 3 dias, e tive que postergar as minhas férias em uma semana.

Retornei ao Brasil, e, no dia seguinte, entrei de férias e neste momento digo que não estou no Brasil. Estou em algum país da América (não mais nos Estados Unidos), mas agora pagando tudo do meu bolso.


.
.

VDC, por que você não aproveitou as férias e ficou nos Estados Unidos? Ótima pergunta, caro leitor.

Infelizmente, eu não havia planejado esta viagem, e já tinha comprado passagens aéreas + hospedagem para o país onde estou, e estou com a minha família.

Felizmente também, por saber que alguma coisa poderia ocorrer, eu agendei a viagem de férias na segunda semana após o início das minhas férias e assim deu tudo certo: Cheguei dos Estados Unidos, foi o tempo de lavar as roupas, preparar novamente a mala, e viajar novamente para onde estou.

O blog pra mim é um hobby, nada mais que isto, e a oportunidade de fazer amigos e falar de finanças, coisa que não posso falar na vida real, pois na vida real sou chamado de esquisito por ter conseguido poupar e investir um salário baixo em 10 anos e que se multiplicou, provendo uma vida aparentemente mais tranquila agora!

Amigos, COMECEI A VIVER ... Em menos de 2 meses, estive (e no momento estou) em 4 países diferentes! É muita coisa para alguém que teve 10 anos enclausurado, 10 anos de vida simples, 10 anos de muito trabalho e pensando em investimentos ‘all the time’.

PAGUEI PROPINA! Isto mesmo leitor! Estou afirmando isto aqui!

Calma, calma ... Nos restaurantes onde fui, a famosa “Gorjeta” em português ou “Tip” em inglês aqui se chama PROPINA!


Aqui uso mais Português mesmo, a maioria entende, mas de vez em quando gosto de me passar por ‘gringo’ e falo inglês.

.
.

Lembram do post onde eu falei do site AIRBNB? Nesta viagem, pagando tudo do meu bolso (com uma excelente contribuição da família, claro), optei por usar este tipo de hospedagem, e, não arrependi. Como temos saído muito, usamos o local mais para dormir mesmo, e dá para entender um pouco mais da vida de um habitante daqui: Temos que ir à padaria, comprar os alimentos, buscar restaurantes ou mesmo cozinhar em casa (coisa que ainda não fizemos). É bem diferente do turismo Hotel com café da manhã incluso.

É muito legal estar em hotel, mas eu enjoei e quis algo diferente. Não preciso nem dizer as oportunidades que isto abre amigos, dá para economizar MUITO com hospedagem e alimentação, possibilitando que, ao invés de viajar para a América, por exemplo, você pegue uma viagem para a Europa (vejam bem, o zé ninguém apelidado VDC já indicando coisas de viagem, eu devo estar maluco mesmo).

Logicamente, não deixarei de comer algo gostoso, economia também tem seus limites. Já almocei em dois bons restaurantes neste início de férias, e aproveitei as delícias de um bom prato.

Estive em alguns lugares (e espero poder postar algumas fotos depois) que me fizeram ter dois sentimentos: Primeiro, me senti extremamente pobre, pois você vê gringos da Europa e dos Estados Unidos sendo os ‘reis’ daqui, pois suas moedas (Euro / Dólar) são muito valorizadas, com isto, uma cerveja para os caras é algo extremamente barato, para mim é algo bem próximo ao valor Brasil mesmo, como se fosse 1 x 1 a correlação.

O segundo sentimento foi: Alegria comigo mesmo. Estamos em crise, e não é qualquer um que agenda uma viagem com menos de 2 semanas para ir ao exterior, com capital para pagar tudo à vista. E, quem acompanhava meus valores, que ainda mantive os posts sabe, eu queimei nesta viagem um pouco menos de 50% da renda líquida total mensal, ou seja, deixei de aportar uns 80% neste mês, para viver e viajar.

Entendo que devo continuar poupando, claro, esta é uma coisa natural, intrínseca mesmo em mim, mas, preciso viver também! E estou tendo algumas boas experiências, do tipo, se eu morrer, pelo menos fiz algo na minha vida, não vivi para trabalhar, poupar, e deixar todo um patrimônio aos parentes, pois ainda não tenho filhos (mas terei em breve).

Como o mesmo sentimento que tive na Europa, você vê gente muita rica, e pensa: Como podem dizer que dinheiro não traz felicidade? Claro que traz! Mas, para trazer felicidade, você precisa incluir mais uma variável: FAMÍLIA!

Você pode até se enganar dizendo ser feliz sozinho tendo muito dinheiro, mas terá que conviver com pessoas falsas ao seu redor, querendo aproveitar de seu dinheiro, não a sua presença. Somente com a FAMÍLIA você poderá ser realmente feliz, tendo pessoas que realmente se preocupam com você de verdade.

Este tipo de viagem me faz pensar uma coisa: Enquanto eu degustava um bom vinho uma Coca-Cola com gelo e limão, meu celular apitou algumas vezes: Eram e-mails. Era dinheiro entrando, através dos Projetos Digitais.

A forma de fazer com que eu possa desfrutar mais passeios como este eu já sei, é exatamente isto que eu disse acima: Enquanto eu me divirto, após ter trabalhado muito e ter montado meu império digital, eu só acompanho os ganhos gerados. É esta a fórmula! É este o jeito de me transformar em 10, 20 pessoas simultâneas, recebendo renda sem fazer nada, após ter feito um grande trabalho.

Por mais que seja pouco, ontem foram uns R$ 20,00, mas eu já fiz 10 vezes, 100 vezes mais que isto em alguns dias no passado glorioso, e PRECISO VOLTAR A FAZER ISTO URGENTEMENTE, mas após as férias, claro.

Nesta fase da minha vida, o Blog VDC entrará em segundo plano, pois VOLTAREI A CONSTRUIR O MEU IMPÉRIO DIGITAL, voltando a fazer mais de R$ 100,00 por dia, para, quem sabe, retornar aos dias de glória onde eu ganhava mais de R$ 500,00 diariamente, com picos de R$ 1.300,00.

Eu sempre ressalto aqui: Meu salário é bom, mas sempre foi baixo. Foram as Construções + Projetos Digitais que aumentaram consideravelmente meu patrimônio.

Eu sei fazer, e NÃO VENDO A MINHA RECEITA, vocês não verão o CURSO VDC, pois justamente, se eu faço dinheiro sozinho, pra que eu vou vender a receita? Pense duas vezes antes de comprar cursos.

.
.

Utilizei muitas frases em maiúsculo para reforçar os meus conceitos e voltar a focar no que é realmente importante: Eu, um computador com internet, meu cérebro. É isto que eu preciso, nada mais. “Vamos que vamos”, eu serei Livre Financeiramente em breve e poderei curtir ainda mais, se MEU BOM DEUS ASSIM O PERMITIR, pois não somos NADA sem DEUS no coração e em nossa vida.

Você que me deseja o MAL, eu te desejo o BEM. É sendo assim que Deus vem me ajudando!

Passeios por aqui onde estou: Optamos por comprar passeios, eu deixei a família escolher os passeios, e vou junto.

Eu alugaria um carro, mas acabei optando pelos passeios comprados mesmo, mais práticos e mais seguros: Uma van nos busca no prédio, fazemos o passeio, nos entrega em nosso prédio.

Nunca caminhei tanto na minha vida: Devo ter andado uma média de uns 14 KM por dia durante os 2 primeiros dias (é sério, sem brincadeira), pois eu queria economizar muito dinheiro não pagando Taxi nem mesmo Metrô conhecer a cidade a pé, com isto, conheci muita coisa, e andei muito também pois fiquei meio perdido usando Google Maps (depois me falaram que o Google Maps aqui é meio zoado e não funciona mesmo, e comecei a usar o Waze, olhando o mapa e traçando os trajetos para não ter que andar que nem um carro.

Bom, para falar de outras coisas do blog:

Construção: Só volto a falar quando começar a construir o próximo empreendimento, não falarei sobre o que já foi feito, se já vendi uma ou duas unidades, se já troquei ambas as casas por um galpão que poderá me dar uma renda de mais de R$ 4.500,00 mensais ... Não falarei mais nada, muito menos que eu tenho meu próprio FII agora, chega deste assunto.

Finanças: Cara, eu estou de saco cheio de finanças! VOCÊ: Pare de acompanhar notícias! Pare com isto imediatamente. Pare de pensar na eleição do Trump, na queda da Selic, no topo do IBOV, na redução do IPCA que afetará os FIIs de Papel. Chega disto!

LEIA ISTO EM VOZ ALTA 3 VEZES: SE VOCÊ QUER AUMENTAR SEU PATRIMÔNIO, ESQUEÇA NOTÍCIAS, DEIXE SEUS INVESTIMENTOS MATURAREM SOZINHOS E QUIETOS, COMPRA, ESQUECE ISTO 6 MESES, 1 ANO, AÍ VOCÊ VAI LÁ E VÊ SE OS FUNDAMENTOS ESTÃO BONS AINDA. ESQUEÇA PREÇO, ESQUEÇA COTAÇÃO, ESQUEÇA VENDER UMA COISA PARA COMPRAR OUTRA, POIS ASSIM VOCÊ PERDE DINHEIRO. SE VOCÊ TROCOU DE INVESTIMENTO, VOCÊ VAI PERDER DINHEIRO, NÃO ADIANTA! Só troque de investimento se ficou ruim, nada mais, e pare com isto de olhar se vai vender com prejuízo.

Eu não tenho o que fazer, próximo aporte: HGBS e NSLU. Vou me lotar de NSLU, NSLU se tornará mais um de meus FIIs Classe A, só tenho isto a dizer.

Depois? Vou analisar algo novo para a carteira, na maior calmaria: Sinto faltar de colocar papel novo no meu portfólio. Possíveis candidatos (que ainda estudarei em detalhes, apenas superficialmente nomes que eu gosto para serem meus): DRIT, FVBI, BNFS, HGCR.

Outros investimentos: Meus outros investimentos adicionais se tornarão uma caixa de pandora agora, não revelo, negarei sempre! Posso comprar um veículo de R$ 14.000,00 e vender por R$ 15.000,00, aparecerá aqui. Outras coisas que eu faço, não terão mais dicas e nem detalhes aqui. Já basta eu ter que informar à Receita Federal, pagar impostos, declarar no Imposto de Renda, não preciso revelar e nem provar nada a ninguém. Tenho visto (visa) americano, viajo para fora do país, se eu fosse criminoso eu teria sido preso, eu acho. Sou trabalhador e honesto, e não vou dar dicas para ninguém, e nem revelar as coisas que eu faço.

.
.

Trabalho: Tudo certo,  mais projetos grandes, mesmo nas férias sempre de olho nos e-mails, pelo menos uma vez por dia (eu sei, isto não é férias, mas é o jeito). Preciso crescer e receber aumento salarial, aumentando meu aporte! Buscarei com todas as forças ter uma renda acima da que tenho atualmente.

A cada dia menos paciente com finanças, e querendo intensificar os aportes para ser livre o quanto antes.

Um abraço a todos e excelente semana!

.
.

VDV – VIVER DE VIAGENS

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Um Blog sem Idéias + o Meio Termo da Independência Financeira ...

.
.

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Sem ideias …

Uma mente criativa, mas, sem ideias.

Eu não sei o que escrever aqui hoje, e decidi começar a escrever qualquer coisa, para ver o que sai.

Durante mais de 15 meses eu acho, postei quase que diariamente, mas hoje, acho que pela primeira vez, estou sem ideias.

Eu estou fora do Brasil, ‘time zone’ diferente (talvez seja o cansaço de reuniões o dia inteiro em inglês), mas resolvi escrever um pouco hoje, e o post saiu num horário um pouco diferente.

Minha vida financeira esta um marasmo total, neste primeiro mês que fiquei sem aportar, e não tenho muito o que comentar, nem estou tendo tempo de acompanhar o mercado, o que é até bom pra ser sincero.

Talvez pois eu tenha perdido a minha liberdade de escrita, diante dos últimos fatos, e realmente às vezes acho que meu blog é muito estranho, eu falo de tudo aqui, sei lá, às vezes penso que deveria falar exclusivamente de Construção, agradando boa parte dos leitores, outras vezes penso que deveria focar em Fundos Imobiliários, mas já temos outros colegas que escrevem belos posts sobre, como por exemplo, os amigos Living of Dividends e o amigo Viver de FII, sem falar das raras aparições de nosso Mestre dos Dividendos.

Às vezes penso em falar mais focado sobre carreira (Trabalho), mas fico sem graça em “concorrer” com posts tão bons de caras como o Economicamente Incorreto  e o Executivo Pobre, onde aprendo muito a cada post deles.

Às vezes penso em ser mais ‘imparcial’, mas aí eu viraria um site de notícias e não conseguiria bater de frente com o peso pesado Abacus Liquid, do amigo !

.
.

Outras, penso em detalhar e desmistificar o mundo de TI, mas aí eu já entro na praia de um cara que ensina pra caramba, e que me faz pensar: Por que não abri a minha própria empresa de TI. Logicamente estou falando do amigo Viver de Dividendos. Ps.: Há um meme do Viver de Dividendos ao final do post.

Até nos posts focados em frugalidade e liberdade financeira, os bons artigos escritos pelo amigo Frugal Simple já cobririam esta lacuna, até mesmo por que ele é ainda mais positivo que eu, pois aos 31 anos ele se acha novo, eu na mesma idade me acho velho.

O que eu realmente sou? Uma pessoa comum, que por algum motivo desconhecido, mesmo ganhando pouco, mas poupando muito, conseguiu aplicar o dinheiro de uma forma que ele rendeu bastante em 10 anos.

Não detalhar meu patrimônio aqui, que era justamente o intuito do blog para eu ir notando o meu crescimento, me deixa um pouco estranho. Falta algo.

Por mais que alguns leitores anônimos falavam / pensavam que era falso, superfaturado e ‘bla bla bla’, aquilo ali era o meu registro financeiro, era a minha planilha que fica lá guardada em ‘Meus Documentos’, ‘Acompanhamento Financeiro’ disponibilizada com todos 2.000 leitores diários que passam aqui, que me ajudam a manter a cabeça erguida em busca deste desafio que é ser livre ...

Por que eu busco a Independência Financeira? Sei lá. Será que não é por que eu me acostumei a ser assim? Será que eu realmente atingirei a Liberdade Financeira?

Não sei ...

Mas, é importante mesmo é que a Liberdade Financeira, não aquela falsa ideia de parar de trabalhar e viajar todo o mundo, esta não, mas a real, posso dizer que já alcancei, afinal, minha Renda Passiva hoje já é duas vezes o que eu gasto normalmente por mês com mais 20% incluídos aí. Se eu gasto X por mês, hoje já recebo X (+20% de ‘Gordurinha’) + X + X passivamente. E aí, por que eu ainda não sou livre?

Eu acostumei a ser frugal, viver uma vida simples, e por ter ‘perdido’ 10 anos da minha vida na simplicidade, hoje eu juntei mais do que pessoas ‘normais’ teriam juntado na minha situação.

.
.

Às vezes até eu me decepciono um pouco (eu sei que é até pecado, por tudo que Deus me proveu), mas aí lembro de meus colegas, mesma faixa etária, e chego a conclusão que eles não tem nada! E trabalham e ganham a mesma coisa ou até mais que eu. E não tem nada.

Aí normalmente quando bate esta ‘depressão’ financeira, do tipo “estou juntando há tantos anos pra que?”, o que eu faço é: Criar planilhas, e simulações, pra eu ver que o que eu faço vai dar em alguma coisa.

A última que eu fiz ...


Aí minha cabeça fica martelando algumas questões: Será que estou no caminho certo? Será que não deveria voltar a focar nos Projetos Digitais? Será que eu serei realmente Livre Financeiramente daqui há alguns anos? Será que eu deveria tentar mudar de país?

Não sei se tem correlação amigos, mas, neste voo que tive o comandante avisou que passaríamos por uma área de turbulência, mas, nossa senhora, o avião deu uma abaixada e foi forte viu (acho que das piores que já vi e senti), e você repensa toda sua vida: E se tivesse despencado ... Valeu a pena?

O que venho buscando  neste momento, não é nem tanto mais a sonhada Independência Financeira, e sim as formas de conseguir usufruir daquilo que conquistei, com tanta luta em 10 anos, mantendo a mesma ‘pegada’ para continuar aumentando o Patrimônio e a Renda Passiva, até o dia do grande foda-se até logo, mas já usufruindo daquilo que conquistei. É algo complexo demais isto...

Não sei se sou eu que estou apressado demais, mas eu quero ter mais liberdade agora, basta a mim encontrar este ‘meio termo’ citado.

Ficaremos com esta reflexão, e amanhã teremos postagem mais alegre.

Para não fechar o post nesta solidão e tristeza total, impossível não ver esta imagem e pensar no amigo Viver de Dividendos dando uma aula:

“Fala Galera! Aqui é o Viver de Dividendos ...”

.
.



Um abraço a todos e excelente noite!

.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Financiamento Caixa para Construção em Terreno Próprio + Viagem aos Estados Unidos ...

.
.

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Então pessoal, até para honrar o nome do blog, algumas dicas mais importantes do ramo de Construção pretendo ir postando aos poucos, pois muita gente envia alguns comentários pedindo estas dicas, e nunca escrevi nada sobre.

O foco do blog manterá o mesmo, mas realmente com postagens sobre Independência Financeira, sobre Construção, sobre meu Trabalho, Fundos Imobiliários e sobre outros movimentos que farei em busca da IF.

Terei uma viagem à trabalho, mais uma semana de reuniões, apresentações, mas desta vez estarei nos Estados Unidos, mas não falarei para qual cidade eu vou e nem o dia, então, o blog ficará alguns dias sem atualização por este motivo.

Às vezes eu escrevo alguns posts meio decepcionado, pois realmente minha função no trabalho mudou muito, a importância dos projetos cresceu, e não tive ainda uma mudança de nível, mas, eu realmente gosto do que faço, e acredito que mantendo o ritmo de boas entregas, boa gestão, em alguma hora a minha oportunidade de um aumento salarial chegará, afinal, já desempenho a função de salário acima do meu cargo, e ter uma visão otimista da vida é bem melhor.

Como já estive lá outras vezes nos EUA, não tenho aquela preocupação toda mais, consigo me virar tranquilamente no inglês, mesmo sabendo que precisaria falar melhor, ter mais expressões nativas a usar, etc. Um passo de cada vez, afinal, venho tentando estudar outro idioma, e fica difícil misturar os dois.

Voltando ao tema central:

.
.

Sempre que eu digo que sou Construtor, algumas pessoas me perguntam se vale a pena financiar para construir, se vale a pena juntar todo o montante e construir ‘numa tacada só’, ou se vai aos poucos.

Na minha primeira obra, eu não tinha todo o capital. Financiei a compra do lote, paguei cerca de 65% e assumi as prestações, e usei todos os recursos que tinha para a primeira obra, tendo até mesmo que vender meu carro, na época eu era mais novo e tinha um carrão avaliado em torno de 60K na época, zero KM, e nem preciso dizer que perdi uma boa grana na venda, e também a dificuldade em sair de um veículo tão caro e voltar a andar em veículo simples, básico mesmo, até sem ar condicionado e direção hidráulica ... Sacrifícios pela obra!

Eu utilizei por uma vez um financiamento, de banco privado, crédito pessoal, pois eu precisava concluir a primeira obra, sendo que a casa já estava vendida, mas faltava o dinheiro, e sem terminar e regularizar eu não conseguiria receber o dinheiro do financiamento. Era um terrível ‘loop’ sem fim.

Por fim, acabei pegando um empréstimo, e quase enlouqueci, pois as taxas subiam a cada dia, e eu estava ficando maluco. Felizmente, consegui quitar com menos de 14 dias, com algumas jogadas do tipo de usar o Cheque Especial e refinanciar o financiamento, e no final da brincadeira paguei uns 3K de juros em menos de um mês, para um financiamento de uns 35K a 40K, se não me falha a memória.

Eu particularmente não indico ninguém a alavancar (pegar empréstimos) para construir, já pensando na venda. Conheço dois construtores de prédios que quebraram assim, pois eles alavancavam já pensando nas vendas das casas durante a construção, fato que, devido a crise, não aconteceu, e eles não tiveram recursos para pagar os juros, quebrando e perdendo boa parte do patrimônio.

VDC, tenho um lote, e tenho apenas 40K. Vale a pena já começar a construir, seja para morar, seja para alugar, seja para vender?

Na minha opinião, depende. A obra segue em fases, e você pode seguir até a fase onde o dinheiro suportar.

Acabou o dinheiro? Nada de financiamento. Deixe a obra parada, e vá juntando o montante do próximo passo.

Eu, por já ter uma boa noção dos valores a serem empregados, particularmente manteria o dinheiro aplicado em renda fixa (até mesmo na poupança), até que o mesmo fosse o suficiente para construir a casa de uma só vez, ou que pelo menos fosse até a parte de acabamento, que é a parte que mais se gasta dinheiro em menor tempo.

Para quem se interessar pelo tema Financiar para Construir em Terreno Próprio, abaixo um link que contem as mais detalhadas informações que eu já vi:




.
.

Aqui abaixo o texto na íntegra do blog Casa Dicas (http://www.casadicas.com.br/financiamento/como-construir-casa-pela-caixa-se-ja-tenho-o-terreno)

Como construir casa pela Caixa, se já tenho o terreno?
Entenda como funciona o financiamento da construção de uma casa para uma pessoa que já tem o terreno é precisa apenas do dinheiro para fazer a execução da obra.


A Caixa Econômica Federal oferece diversas linhas de financiamento para habitação, a mais comum é na verdade para compra da casa ou apartamento que pode ser novo usado, mas para as pessoas que já tem um terreno e que precisam apenas fazer a construção, existe também um financiamento para esta modalidade, ou seja, uma vez que você já tem o terreno só precisará financiar valor da construção.

Um caso real

Como eu tinha um terreno que precisava fazer a construção, busquei informações a respeito do procedimento para obtenção desta linha de crédito para realizar a obra e depois acabei não fazendo a contratação dela. Mas se o seu caso é este é bom você ficar atento alguns detalhes a respeito desta modalidade. Veja abaixo alguns itens importantes que você precisa saber.

O terreno precisa estar em seu nome e à documentação dele precisa estar regularizado, isto é, escritura e registro do terreno.
Antes de você solicitar o financiamento da construção deverá procurar um engenheiro para fazer o projeto de toda obra, indicando inclusive as etapas que serão feitas durante o processo de construção. Caberá ao engenheiro também determinar o projeto construtivo com relação dos materiais e o custo de cada etapa da obra.

Depois de tudo pronto você deverá se submeter o pedido de financiamento na Caixa, juntamente com o projeto que foi elaborado pelo engenheiro. A Caixa irá validar o projeto e fazer avaliação devida da documentação e estando tudo OK será liberado o financiamento, mas você não receberá o dinheiro. O que você receberá um sinal verde para iniciar a construção.

Então seguindo o cronograma definido pelo engenheiro e aprovado pela Caixa você deverá fazer a execução da primeira etapa do projeto e para isso deverá utilizar recursos próprios. Ao final da execução da primeira etapa o engenheiro da Caixa irá validar o processo de construção e estando OK você receberá da Caixa o valor referente a primeira etapa. E assim poderá começar a segunda etapa utilizando também recursos próprios. O final da 2ª etapa, novamente a Caixa validar a construção e se estiver tudo dentro do cronograma você receberá o valor referente à segunda etapa. E assim por diante.

Desta forma é importante considerar que você precisa para ter um pouco de dinheiro para começar a construção já que a Caixa irá fazer o pagamento de cada etapa concluída e não fará o adiantamento para você realizar a construção da dela. Portanto é preciso pensar nisso, pois além de ter o terreno devidamente regularizado é preciso ter um pouco de dinheiro para administrar a construção da obra.

.
.

Vale a pena financiar a construção?

Como explicado acima, eu achei que para a minha situação não seria bom e como disse, acabei não contratando. Mas há casos em que sim e portanto precisa ser avaliado isoladamente. Penso que pelo menos nas seguintes situações abaixo, possa valer a pena:

Quando você tem uma boa renda para pagar o financiamento. Lembre-se que o prazo é longo e portanto é um compromisso a longo prazo;

Quando a documentação do terreno, bem como a sua documentação esteja em dia. Isto é necessário, como mostrado acima e evita uma série de dores de cabeça, gastos desnecessários e possivelmente uma frustração de tentar e não conseguir;

Quando houver um pouco de recursos financeiros para bancar a documentação inicial, projeto e pelo menos a primeira etapa da construção, como mostrado acima;

Quando não houver outros recursos para bancar a construção da casa. Lembre-se que um financiamento nunca deve ser a primeira opção. É sempre necessário avaliar alternativas mais baratas, antes de assinar um contrato de financiamento de 30 ou 40 anos para pagar.

Que outras alternativas existem?

Recursos próprios sempre será a primeira opção. Neste caso, mesmo que a pessoa não disponha de dinheiro vivo, mas ela pode ter um segundo terreno, uma casa, um automóvel ou outro bem que pode ser convertido em dinheiro e assim usado para construir. Lembre-se que ao financiar uma casa, seja ela pronta ou a construção, você pagará muito por juros, geralmente a maior parte do valor da prestação de um financiamento habitacional de longo prazo é para pagamento de juros e não para amortização da dívida.

.
.

Consórcio é uma alternativa, embora não é a melhor opção para quem já tem um terreno, muito menos para quem tem pressa.

See you soon!

.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

Palavras chave: Financiamento Caixa, Financiar para Construir, Financiar para Construir Terreno, Terreno Próprio, Caixa Econômica, FGTS.

Tranquilidade Financeira - A Independência Financeira em Segundo Plano ...

.
.

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Caríssimos, felizmente  a reunião realizada foi excelente. Consegui explicar de forma clara do que se tratava o tema, e recebi elogios da minha liderança. O que é um bom sinal. Foram 50 minutos falando em inglês, com alguns erros, naturais para quem não é nativo, mas já não tenho aquele medo, aquele receio de errar. Talvez este seja o famoso inglês avançado.

Eu acredito ter agregado bastante ao projeto que venho trabalhando, pelo conhecimento que eu tenho de negócio da empresa onde trabalho. As coisas tem se tornado mais simples, e já planejo ir embora mais cedo, ou melhor, no horário padrão.

Com muito planejamento e controle, você não precisa dedicar muitas horas extras. Vejo horas extras como retrabalho, se você planejar bem, 8 horas de trabalho devem ser suficientes.

.
.

De Finanças, não tenho muito a acrescentar.

Hoje recebi parte dos Dividendos da Sociedade de um dos sócios, e o dinheiro foi praticamente todo utilizado para cobrir os custos da subscrição do Fundo Imobiliário BCRI11, cujo pagamento ocorrerá amanhã (27/09), logo, é obrigatório manter o valor em custódia na corretora.

Com a subida de hoje dos FIIs (me conte a novidade VDC, IFIX sobe todo dia), furei com sobras a barreira dos R$ 150.000,00 aplicados em Fundos Imobiliários. Quem diria ... Menos de 1 ano, e este montante todo aplicado ...

Vale ressaltar que, não importa o valor em custódia, e sim os valores recebidos mensalmente: É esta a renda que deve ser meu foco, logicamente, não baseado apenas em yield, e sim em comprar bons ativos que gerarão rendimentos ao longo do tempo.

Nos investimentos líquidos, também ultrapassei a barreira dos R$ 200.000,00 ... Agora o foco é alcançar R$ 250.000,00.

Ainda tenho algumas compras em FIIs a fazer, mas realmente preciso começar a pensar em Tesouro Direto.

A compra de outro imóvel, também mantenho em mente, para gastar FGTS e deixar alugado, mas por enquanto não tenho tempo de olhar isto.

Depois da perda da minha planilha detalhada de investimento, eu mesmo relaxei com os controles, e parece que assim as coisas vão fluindo naturalmente ...

Realmente, eu não preciso ficar calculando a estimativa de renda do próximo mês, basta ao final do mês baixar o relatório e ver o quanto eu recebi.

Também não tenho mais aquele desespero de ver algum dinheiro parado na corretora (rendimentos recebidos) e ter que correr para aplica-lo ...

.
.

É como diz o Bastter: Uma vez ao mês você vai lá, vê quanto tem, e aplica.

Os investimentos tem se tornado muito simples, e penso que é assim que deve ser.

Talvez eu até coloque uma pimenta  ... Comprar algumas Ações ... Vamos ver.

Um abraço a todos


.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Comprando Galpão para Aluguel! Vale a Pena? E Imóveis de Leilão? Estudando Investidores do Mercado de Imóveis Atual ...

.
.

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Menos tempo ao blog, mais tempo aos negócios! Back to my old life! That’s it!

Ranking: Abriu uma vaga! Quem saiu? Mais polêmica? Não, eu que saí, pois seguindo algumas diretrizes não poderei mais divulgar patrimônio aqui.

À partir deste momento, acompanho a turma, vibrarei com os números, mas pretendo voltar a ter a mesma garra para conseguir atingir meus planos, não financeiros exatamente, mas já começando a preparar o “terreno” literalmente falando para caminhar e avançar com o que eu gosto, que é construir e pensar em imóveis.

É um pouco sem graça postar agora, mas neste final de ano tive bonificação + uma carta na manga ao estilo Mestre dos Centavos, e ultrapassei um valor simbólico, mas nem darei tanto destaque nisto, visto que com a queda dos FIIs + gastos absurdos que tive este mês, os valores já retornaram a faixa que eu estava antes do simbólico. Não teremos mais valores meus aqui, esta é a última menção (por favor, puxem a minha orelha caso eu esqueça e mencione números futuramente). 

Acredito que não revelando mais valores aqui, a tendência é o blog normalizar.

O que esta mente vem pensando nos últimos dias ...

Pretendo estudar e entender um pouco mais o mercado de Imóveis Penhorados ... Temos uma especialista entre nós, que é o Soul Surfer (Pensamentos Financeiros), além de outros colegas que já compraram imóveis desta forma, se não me engano o Conhecimento Financeiro, nobre colega, também já negociou imóvel neste tipo ... Eu não sei muita coisa, conheço um pouco apenas da lei do inquilinato, mas pretendo começar a analisar este tipo de assunto, no meu tempo livre.

.
.

Outra coisa que venho gastando meu tempo nos últimos dias, foi pesquisando Galpões!

Isto mesmo amigos! Galpões!


Nota: Foto meramente ilustrativa, buscada no Google. Só retirei o telefone.

Já conheci uma pessoa (neste momento estou escrevendo e me controlando para parar de dizer muitos detalhes de onde conheci e qual motivo) que vive da renda de locação de 3 Galpões, digamos que os valores hipotéticos de renda sejam: 10, 10, 15.

Nesta crise, o que aconteceu? 10 7 0 0.

Enigmas? Não.

Nesta crise toda conseguiu renegociar um contrato com a empresa X, reduzindo para 7, mas as duas outras empresas fecharam as portas ou mudaram, e hoje ele arca com a vacância destes dois maiores galpões.

Então, com a crise onde nosso país ainda esta, era evidente que as empresas que pagam aluguéis seriam as primeiras afetadas, ainda mais em galpões, cujos valores de locação são bem mais altos.

Até pensando em portfólio de FIIs, tenho apenas um FII de Galpões.

O que venho reparando ‘gente grande’ fazendo é: Comprando Galpão, e socando placa de Aluga-se, com preços mais baixos, alguns até com período de carência, com a empresa arcando com IPTU e demais taxas de manutenção.

Não é que os grandes estão fazendo estoque para a bonança?

O conceito é o mesmo do mercado de Ações: Comprar na baixa, para revender na alta, ou, comprar na baixa, e ter um Yield no futuro próximo bem acima de 1%.

.
.

O que eu, gente pequena, comecei a pesquisar? Preço de Galpão!

Para vocês verem como o mercado de imóveis possibilita formas de alcançar a Independência Financeira:

1.       Imóveis de leilão para revenda
2.       Aluguel de Galpões
3.       Kitnets
4.       Barracões de Aluguel
5.       Fundos Imobiliários

São estes os temas que pretendo voltar a abordar com mais frequência, que serão fruto das minhas pesquisas, e logicamente que disponibilizando isto aqui vou aprender para caramba com os comentários dos experts! A ideia do blog sempre foi esta, talvez eu tenha perdido um pouco o foco, mas chegou a hora de retomar.

Já pensou em ter um baita Galpão alugado, sendo ele todo seu? Vale a pena? Riscos altos?

Seria o seu próprio FII: Imagine seu próprio FIIP, seu próprio HGLG, seu próprio TRXL, seu próprio SDIL, guardadas as devidas proporções, claro. Seria demais! Olhar aquilo tudo e dizer: É meu! Pague o Aluguel!


.
.

Vamos começar uma série interessante de postagens acerca dos temas propostos.

Um abraço,

.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

domingo, 20 de novembro de 2016

Senhores do Milhão ... A Luta Continua!

.
.

Boa tarde Senhores do Milhão ...
Só tenho uma frase a dizer neste post ... A Luta Continua!

Obrigado a todos os comentários e menções positivas! Vocês são demais!

Amanhã darei entrada com os trâmites da ação judicial que pretendo mover, como citado, e pretendo esquecer este assunto, deixando tudo nas mãos do escritório de advocacia que cuida de meus interesses. Chega de polêmicas, e a justiça cuidará de tudo ... Já provisionarei recursos para esta tratativa, e é mais uma paulada no patrimônio, mas faz parte, não será a primeira e nem a última ação que moverei para manter a minha honra.

Aos amigos Bagual (RK), Soldado do Milhão, Heavy Metal, Investidor Livre, um abraço especial do seu amigo virtual!

.
.

Pensando bem, se nem Jesus Cristo agradou a todos, quem sou eu para agradar.

Para fechar com humor, (vamos rir mais, melhorar a nossa vida ao invés de tentar prejudicar a de outros), algumas imagens abaixo:


Podem não acreditar, mas já vou velho ..


Eu sendo retirado da Blogosfera de Finanças calmamente ...


Na blogosfera de Finanças, eu sou a Luciana ...


Eu pensei que estava sozinho, mas os amigos da blogosfera estão comigo!

A lição de hoje amigos: Não deixem que ninguém tire a sua alegria! Busquem a Justiça! Pode demorar, mas ela não falha! 

.
.

A Justiça divina já será feita ... Pessoas que desejam o mal de outras, só colhem o mal, por isto eu não desejo o mal a ninguém! 

Eu busco Tranquilidade na minha vida!

.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

sábado, 19 de novembro de 2016

Fim do meu Blog - Adeus Amigos!

.
.

Atualização: A boa notícia é: Com o apoio de todos os amigos, mantive meu blog no ar. Este tipo de processo é bastante demorado, pois aciona-se primeiro a poderosa Google para obter os dados do blogueiro, e após obter o IP aciona-se a operadora de telefonia, para saber qual o endereço proveniente do IP que realizou o crime de ódio e ameaças. Com base nisto, você tem todos os dados da pessoa e a aciona juridicamente, requisitando além da parte criminal, danos morais. É uma ação de dois a três anos ... A justiça é demorada, mas ela será feita!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Olá a todos.

Este é o primeiro post escrito com tristeza, acabou a alegria de estar aqui, e pretendo sumir disto.

Quem não quer ler o textão, o resumo é: Acabou a minha alegria aqui. Não tenho mais motivos para escrever, e o que passa a ser ruim na minha vida, eu corto. E também pois pretendo gastar todo meu patrimônio "falso", movendo uma ação contra um blogueiro que incitou ódio e violência para contra a minha pessoa, e se possível for, adicionar aqueles que apoiaram isto.

Não dava pra colocar isto no título ... Para não dar ainda mais destaque ao blogueiro e a "blogueira" "amiga de todos", pois isto não merece destaque algum.

Eu entrarei com uma ação judicial contra o blogueiro que criou dois posts, reunindo provas contra a minha pessoa e principalmente incitando ódio, violência e ameaças, me colocando como agiota, mau caráter, bandido, e ele terá que provar isto na justiça, além de responder por incitar o ódio / ameaças contra a minha pessoa e a minha família. Eu colocaria no título, mas, é um post de Adeus mesmo, então não quero que o último post tenha no título o motivo do fim do meu blog, pois esta pessoa pequena, bem como os 'comparsas' que eu conseguir incluir nos autos, ainda terão notícias sobre a continuidade desta ação, que pensei bastante, e decidi ir em frente, já agendando a primeira reunião. Pretendo acionar o mais breve possível, infelizmente terei uma viagem à trabalho nova para outro país (nem deu tempo de contar), mas ainda terei alguns pouco dias e quero deixar tudo pronto p/ que sejam iniciados os trâmites.

Ao blogueiro, os próprios amigos anônimos salvaram os posts, e eu salvei as páginas, logo, por mais que você nem acredite, faça o que quiser. As postagens, comentários foram salvos, e este é o material para a ação. Peça aos amigos anônimos que te encorajaram a ir ao fórum também, te apoiar lá com mais comentários positivos quando for intimado a prestar esclarecimentos ao delegado que cuidará do caso, em minha cidade. Você não queria me encontrar? Prepare as malas.

Até para dar uma resposta final a quem sempre me acompanhou, não sei se conseguirei escrever mais novos textos, pois o que era uma diversão, acabou se tornando tristeza, em ver o que pessoas ruins são capazes de fazer, em busca de prejudicar as outras, neste caso eu.

.
.
Amigos que torcem por mim, acreditem: Eu sempre esperei que, divulgando valores de casa, metragens, preço de lote, região onde moro, alguém poderia tentar me encontrar, afinal, sou alguém que tem mais de X de Patrimônio, o que não é tão comum assim, e pode sim causar inveja, e até mesmo atrair bandidos, como estes que começaram uma nova perseguição.

Sempre tive este pensamento, mas entendi o sentimento tido pelo blogueiro Pobretão ao deletar o blog dele: Pessoas perigosas, juntas, podem infernizar a vida de pessoas que não tem nada a ver comigo, pelo simples fato de estarem enquadradas nas descrições que citei em meus posts, com intuito de desviá-las, mas não quero que ninguém seja prejudicado por minhas ações em manter um blog na internet.

Ressalto, sempre tive estas preocupações, e nunca eu postaria uma foto de uma casa que construo, afinal, elas estarão na internet para venda, mas busquei fotos próximas ao que faço, e realmente não quero acarretar incômodos a ninguém.

A região onde moro, bastou inserir o nome de uma das empresas que eu fazia Trade (CMIG4) por acompanhar a mesma desde os R$ 40,00 (quem nunca quis comprar ações pensando em receber dividendos de elétricas, levante a mão), e pronto! Os “xeroque holmes” me achariam.

Eu sempre digo: Sou uma pessoa simples, com cara de bobo, mas não sou bobo, e sou da área de TI.

Pouco me importa a opinião dos famosos ‘haters’ que dirão que estou desviando o foco, eu não preciso me esconder, não sou criminoso e vou provar isto na justiça!

Mas, pensar que pessoas honestas (como eu) podem ser prejudicadas por este tipo de gente, me preocupa, e por isto eu busquei auxílio, e tomei uma decisão de realmente mover este processo.

Para quem conseguiu, mesmo sendo simples e bobo uma quantia como esta, era evidente que eu teria, como todos os demais blogueiros de maior patrimônio tem, uma empresa de contabilidade cuidando de tudo, e um escritório de advocacia, justamente para, em caso de qualquer problema, ter o suporte de especialistas da área, pois eu não preciso conhecer nem de leis e nem de contabilidade, a minha área é outra, mas conto com o suporte destes profissionais.

Tive que bloquear postagens anônimas (peço enormes desculpas aos leitores anônimos), mas este será o último post aqui, de verdade.

Não terei mais interesse em criar novas postagens, já era algo que tinha em mente, pois o blog se tornou muito trabalhoso, e pretendo voltar a atuar em criação e desenvolvimento daquilo que parei, os meus famosos Projetos Digitais, além de dedicar mais tempo à família.

Tive sim interesse em talvez criar cursos, talvez uma consultoria de construção aqui, mas chega disto.

Informo a todos que, depois de muito pensar, e de cabeça extremamente fria (vocês sabem que eu não tomo decisões de cabeça quente), eu realmente decidi acionar juridicamente a pessoa por detrás deste blogueiro que criou posts difamando, não o personagem Viver de Construção, mas o homem de mais de 30 anos, pai de família, trabalhador, que dedica o seu tempo a manter a página.

Não quero prejudicar outros construtores, e nem por em risco a minha família, por isto, estou abdicando da Independência Financeira, para mover um processo judicial contra o blogueiro que criou a página me difamando, coletando supostas provas contra mim, colocando que eu sou uma pessoa que age de má fé, e principalmente dizendo que sou um criminoso, imputando a alcunha de ‘Agiota’ à minha pessoa.

.
.

Mesmo sendo uma pessoa anônima aqui, o que me deixava dúvidas contra a possibilidade de um processo, já em contato com meu advogado e também com a polícia de crimes cibernéticos, constatei que, mesmo nestes casos, é sim possível abertura de processo e inquérito policial, pois o blog incita a postagem de conteúdo de ódio e violência contra a minha pessoa, e irei mover mundos e fundos, para que a pessoa responsável pelo blog, bem como todos aqueles que colocaram ameaças e supostas dicas para me encontrarem, sejam adicionados ao inquérito, e que provem por A mais B que “Empréstimos Garantidos” significam Agiotagem, pois os próprios empresários e colegas investidores que participam comigo relatarão a sociedade montada para fazer funcionar as nossas empresas, pois eu também já fui tomador de empréstimos dos mesmos colegas em nossa sociedade, com contrato, pagando de impostos à receita, e tudo devidamente analisado e estruturado por especialistas da área.

Eu nunca desejei mal a ninguém e de verdade, vou rezar muito a Deus para que este sentimento que estou sentindo passe, mas amigos, vou mostrar que sou homem o suficiente para honrar as minhas palavras, e já na segunda-feira, após reunião no escritório de advocacia, onde levarei a página e comentários salvos, entenderemos a possível ação, e iremos em conjunto a delegacia de crimes cibernéticos.

Eu aceito qualquer coisa, pode me xingar, pode falar que sou falso, que sou arrogante, que meu patrimônio é falso, pouco me importa, mas, ameaçar a minha família, NÃO! ISTO EU NÃO PERMITO!

Que eu gaste R$ 200.000,00 neste processo, pouco me importa valores, mas o blogueiro e todos aqueles que apoiaram o mesmo, eu farei o máximo para que tenham participação na ação que pretendo abrir.

Amigos, estou há mais de 1 ano com vocês e vocês sabem bem QUEM começou isto tudo, não apenas o blogueiro que quis aparecer em cima do fato e acabou ultrapassando todos os limites (e que, do fundo meu coração, espero que arque com as consequências), mas pensem bem o que foi feito comigo, para ver se vale a pena manter amizade e seguir pessoas assim.

Eu saio também triste com algumas pessoas, que mesmo vendo isto tudo, continuam normalmente com amizade com a pessoa que acarretou isto tudo, dando inclusive destaque ao blogueiro que criou as postagens de perseguição a mim, que seguiu a linha, e agora será acionado judicialmente.

INVESTIDOR LIVRE (IL): RESPEITO TOTAL A VOCÊ! Se eu já te admirava antes, depois da sua mensagem de apoio, reforçou ainda mais o conceito que eu tinha! Só você enxergou o que eu quis dizer, e fico enormemente grato por isto!

Entro para história, infelizmente não da forma que eu queria, mas como sendo o primeiro blogueiro de finanças que teve que acionar juridicamente outro "blogueiro", para buscar a reparação pelos atos realizados.

As palavras podem machucar, mas espero que a justiça e as possíveis sanções machuquem ainda mais, pois deixar de escrever no meu blog, criado com tanto suor, com tantas horas dedicadas, dói muito!

Nem mesmo outros blogueiros da ‘Real’ foram tão baixos quanto a estes caras. Deixo aqui meus agradecimentos ao caráter destes blogueiros, que sempre pegaram no meu pé, mas nunca ultrapassaram o limite do bom senso. Não vou citar nomes, mas os principais blogueiros, mesmo o antigo Pobretão, sabem disto, que mesmo pegando no meu pé, no fundo eles gostavam de ler isto aqui e zoar, mas me respeitaram como homem e pai de família que sou.

Um abraço a todos que acompanharam meu blog, sinceramente não pretendo passar detalhes do processo aqui, chega de polêmicas, e desejo sucesso a todos.

Nunca se esqueçam do que sempre tentei passar aqui: Evitem girar patrimônio. Aportem em valor. Esqueçam o preço. Usem a paciência para abusar dos Juros Compostos. E lembrem que imóveis também podem ser bons negócios.

.
.

Adeus amigos, mesmo que virtuais!

Nota: Não responderei as mensagens mais, leia apenas, não precisa postar nada. Amigos Anônimos, infelizmente terei que manter bloqueado ainda, mas sei a força de vocês para com a minha pessoa. Meu obrigado e que Deus sempre lhes acompanhe.



.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO 

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares