Total de visualizações de página

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Como se Tornar um Gerente ...

.
.

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Como se tornar um Gerente? A pergunta que vale, pelo menos, uns R$ 17.000,00 mês mensais.

Primeiramente é importante dizer que não há uma ‘receita do bolo’, caso fosse tão simples eu mesmo já seria um.

Este é o cargo que eu comecei a sonhar ultimamente ... O bom disto é: A Independência Financeira não precisa ser obtida de forma desesperadora por eu odiar meu Trabalho, pois no momento eu estou focado em aumentar a minha Renda Passiva, e melhorar a minha Carreira! Eu gosto muito do que faço!

Vou tentar passar um pouco do que esta em minha mente, e o que eu venho percebendo e tentando fazer para que minha carreira decole ao ponto de ter chances de chegar a este importante cargo.

A primeira coisa que vem automaticamente em nossa mente é: Quero ser gerente para ganhar bem e ter a minha sala separada com uma garrafa de café (em alguns casos até um frigobar), ter uma equipe que fará o que eu ordenar, ter uma TV na sala e poder deixa-la fechada nas horas que eu estiver de saco cheio de trabalhar e decidir assistir alguns vídeos do Porta dos Fundos. E claro, tem a minha vaga exclusiva e veículo da empresa. Ah, e os bônus anuais.

Pelo que venho acompanhando amigos, ser Gerente é bem diferente disto.

Com a subida que tive no Trabalho, coordenando projetos maiores e ocupando uma posição similar a de um Supervisor, eu venho estudando bastante o dia a dia do meu chefe, as reuniões que ele participa, como ele cobra os funcionários (incluindo eu), como ele passa os recados, e várias situações cotidianas mesmo, das reuniões que participo com o ‘Alto Escalão’.

No final do ano passado, eu realizei algumas reuniões com meu Gerente, e solicitei que ele fosse um professor da minha carreira, ou para ficar mais bonito no texto, um mentor, pois hoje, estando na faixa dos 30 anos, eu não tenho mais aquela ansiedade e petulância dos mais jovens, como já tive em anos anteriores, já conquistei uma grande experiência (mas sei que preciso aprender muito mais) e me vejo mais preparado, mas eu precisaria realmente ser treinado para desempenhar bem uma função deste porte.

Uma das coisas que pontuo muito é saber ser político!

Às vezes me lembro de algumas atitudes ansiosas e de ‘guerra’ que eu tinha, como responder um e-mail no calor do momento, às vezes num tom agressivo, o que não pega nada bem para quem quer se tornar um gestor.

.
.

Hoje sou bastante apaziguador e tranquilo, apesar de às vezes ter que cobrar o time mais forte, como tive que fazer hoje, pois os resultados não estão aparecendo, então eu mudo do ‘modo parceiro’ para o ‘modo cobrança firme’, pois nem sempre na parceria conseguimos resolver as coisas.

Uma das dicas mais legais que li sobre o tema foi justamente algo que meu Gerente comentou na última reunião com o time: Se você quer se tornar um Gerente, você deve ser o Gerente das suas atividades.


Como assim VDC?

Mesmo não sendo um Gerente no cargo, você naturalmente já agirá como um Gerente, resolvendo os problemas, sabendo negociar, planejando bem e tendo total controle sobre as suas atividades.

Você não precisa ser o ‘Sabe Tudo’ sendo Gerente, mas você deve ser o caminho (para quem perguntar e o que perguntar) para obter as respostas necessárias.

Os estudos dizem que ser Gerente deve ser um misto entre 70% de conhecimento Gerencial (saber lidar com pessoas) e 30% técnico (entender tecnicamente sobre o processo) Alguns autores até aumentam esta taxa para 80% Gerencial / 20% Técnico.

Uma coisa que notei estar pecando: Meu controle detalhado das coisas.

Meu erro: Eu perdi meu controle detalhado (sem backup, outro erro, eu sei), e após muitas coisas que eu tinha na ‘palma da minha mão’ eu perdi, e comecei a ter que pedir tempo para responder coisas que antes eu respondia prontamente, analisando minha planilha.

Eu sou uma pessoa que controla em detalhes as atividades que faço, chega até a ser chato, mas faz parte do meu modo de viver.

Neste último final de semana, por exemplo, eu fiz uma pequena viagem e um super passeio (já estou vivendo uma Semi-IF – Tema para um próximo post), onde perguntei à minha esposa que lanche levaríamos. Ela disse que um dos lanches seria “sanduíche natural”. Mas e aí, isto não é suficiente para mim!

Eu fiquei angustiado até saber quantos sanduíches seriam levados, e o que era “sanduíche natural”. Eu precisava saber a exata composição deste “Sanduíche Natural”, só sabendo os ingredientes e a quantidade eu me senti confortável para poder calcular se seriam suficientes e se atenderiam às minhas expectativas para a viagem.

O que eu fiz para melhorar meus controles: Voltei ao bom e velho Excel, criando a minha planilha geral de controle de atividades, onde anoto até os horários de envio de e-mail de cobrança, os custos, os riscos, ou seja, tudo aquilo que meu Gerente ou meu Diretor poderão me perguntar, estarão prontos na minha planilha.

Com a experiência que eu tenho, uma coisa eu posso afirmar: Saber gerir o seu trabalho e ter as respostas na ponta da língua, com controles bem feitos e organização, te deixam com uma ótima impressão aos superiores, pois eles também precisam destas informações para reportar aos seus respectivos superiores.

.
.

Ser político, saber tratar as pessoas, saber se comportar em reuniões, saber falar a coisa certa sem enrolação, saber ‘levantar a mão’ antes que um problema ocorra e principalmente: Ser transparente.

Alguns colegas podem até buscar se tornar um Gerente prejudicando aos demais colegas, e este definitivamente não será nunca o meu caso. Se eu precisar prejudicar alguém para vencer, obrigado, eu assumo de imediato a derrota.

Motivo? Se você faz o bem, você colherá o bem, cedo ou tarde. Agora, se você faz o mal ... Um dia ou outro, você pagará por isto, e esta lei eu aplico também na minha vida profissional.

Lendo os principais sites, algumas das características para se tornar um Gerente: Saber administrar, ser prudente, saber pesquisar quando você não souber as respostas, ter coragem para tomar decisões, ser confiável, ter equilíbrio para saber dialogar e não se perder com tantos problemas, saber motivar e liderar a equipe, e logicamente conhecer bem o negócio da empresa.

Talvez a confiança em você seja um dos passos principais, pois, ter um cargo de Gerente significa que seu superior (Diretor) realmente confia em você e em seus resultados / modo de trabalho.

Uma das características nós da Blogosfera já temos: Finanças. Matemática Financeira.

Além de auxiliar em assuntos gerenciais de negócio da empresa, em qualquer reunião com ‘Alto Escalão’, se não tem nada para falar, fale sobre Finanças. Será melhor do que começar um bate papo perguntando “Será que vai chover hoje”?

Mais características ...

Saber priorizar as coisas: Sempre haverá muitas atividades a serem feitas, por isto, é mandatório saber direcionar, distribuir e priorizar aquilo que é realmente prioridade.

Mostrar o seu valor à empresa, com resultados.

Logicamente, comunicar a seu superior este desejo! Não é pecado querer ser um Gerente, ter ambição de crescer, mas, você deve ser humilde o suficiente para aprender e não exigir este cargo.

Bom, para este texto, ficamos por aqui!

.
.

Utilizem esta pequena base para mais pesquisas, e mostrem o que vocês estão fazendo para se tornarem Gerentes, não apenas no trabalho, mas na sua vida como um todo!

Um grande abraço e até o post de amanhã!

.
.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

32 comentários:

  1. VDC, uma ótima ferramenta para o controle das atividades são os gerenciadores de projetos. Eu particularmente, aumentei a minha produtividade em 70% e tenho controle de tudo o que faço no trabalho. Eu uso o REDMINE, é Open Source e lida muito bem com tarefas, acompanhamento de andamento. Passei até utilizar na vida pessoal. Feliz 2017 e boa sorte na caminhada. FYI: hostedredmine.com é o servidor que eu uso para os meus projetos pessoais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anon,

      Que dica interessante, eu nao conhecia.

      Darei uma pesquisada, pois aumentar a produtividade é algo muito interessante.

      Feliz 2017 e que Deus lhe abençoe este ano tambem.

      Grato pelas dicas e um abraço

      Excluir
    2. Anon de 9/1/17 18h18m: Redmine éum mod do TRAC. Me pergunto aqui...de que forma utilizar para a vida pessoal ? Criar tiquetw pra cada encontro que vai ter ? Ou para tarefas do tipo ir ao banco, etc ?
      Fiquei curioso

      Excluir
  2. É isso aí, VDc...Tem q ser político tanto com os funcionários dá empresa quanto com os clientes. Na empresa em q trabalho os diretores são mestres nesse assunto.
    Abraçao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala GF,

      Pois é, esta é uma característica de suma importância, que a maioria dos jovens não entende. Eu já fui mais jovem e me lembro da falta de traquejo político.

      Diretores e gerentes tem esta característica mesmo, os que vi que não tinham acabaram batendo de frente com outros e foram desligados ou perderam posições de prestígio.

      Abraço

      Excluir
  3. R$ 17 mil VDC? E se for gerente de supermercado? Kkkk...eu tenho 20 anos, só tive experiências em subempregos...nesses lugares vc só cresce se puxar o saco, ser indicado por alguém de cargo maior. Nas grandes empresas, nos grandes cargos, eu nao sei se é diferente. O "Q.I" é fundamental..."ah, ele é filho de "fulano" vamos indicar ele"...entende.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo,

      Verdade, eu coloquei um valor médio de gerência de grandes empresas. Gerente de supermercado ganha menos, mas ainda assim vai ganhar mais que os outros cargos do supermercado rs.

      Olha, só ser puxa-saco eu digo que depende do seu superior. Tem alguns que gostam deste tipo de abordagem, outros não, então vai depender.

      Eu não sou muito puxa-saco, acredite em mim, nem se eu tentar ser eu conseguirei, sei lá, simplesmente não consigo, então eu tento buscar crescimento através do profissionalismo e qualidade do meu trabalho e entregas.

      Claro que aqui temos pessoas “Q.I.”, mas vejo também pessoas muito boas profissionalmente que subiram pelo seu mérito.

      O importante é ser um excelente profissional para deixar as portas abertas quando as oportunidades surgirem.

      abraço

      Excluir
    2. Esse lance de puxar saco é foda. Sabe o que é pior do que funcionário que puxa saco é gerente que não sabe sacar que o cara está puxando saco.

      Me dá mais raiva do gerente bobão do que do funcionário lambão.

      Vejo isso aqui na empresa. Já teve vez de dar uns tok em um aqui pra ver se ele se ligava que o cara estava puxando saco e não sendo o gente fina que ele achava ser.

      Excluir
    3. É uma situação ridícula mesmo Viver.

      E tem chefe que não percebe e acha que é super querido pelos puxa-sacos, que só querem tirar vantagem rsrs.

      Abraço

      Excluir
  4. Boa noite, VdC!

    Ontem publiquei o meu primeiro post. Eu o adicionei à minha lista de blogs indicados, depois me adicione à sua também, por favor:

    http://www.antipoda.com.br/

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maurício,

      Legal, vou dar uma olhada no seu site, ficou bem profissional mesmo.

      Venho adicionando a galera que criou mais posts e participa aqui, basta continuar participando e criando conteúdo que lhe adiciono, como fiz com os demais colegas.

      Um abraço e bem vindo à blogosfera.

      Abraço

      Excluir
  5. Olha quem disse que você não é gerente? Pelo que você sempre diz trabalha com projetos em TI, então dependendo da metodologia que sua empresa adota, todos membros da equipe de projetos são considerados gerente de projetos rsrsr (TI é um coisa louca né), Bom ao menos aqui em São Paulo, sempre há uns dos Gerentes de projetos que é o supervisor, igual ao seu relato, mas essa área de projetos é muito ingrata, a maioria das grandes empresas o Gerente Geral de TI ou Diretores acumulam várias áreas de TI simultaneamente, sendo assim, quem é de projetos sempre sai atrás, pois as empresas acham que é necessário um saber técnico muito grande, o que geralmente em projetos é segmentado, ao menos eu nunca trabalhei com projetos que envolvem códigos, desenvolvimento e etc. Meus projetos são todos em infra-estrutura !!! Todos os Gerentes ou pessoal do alto escalão que conheço poucos vieram da área de projetos !!! larguei mão, e olha que eu tenho certificações na área, vou voltar a estudar certificações técnicas !! rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amigo,

      Digamos que neste caso então seria o cargo de Gerente dos Gerentes de Projeto rs.

      Diferente seu relato, você quer ir mais para a área técnica, eu já prefiro me manter na gerencial.

      Um bom gerente de projetos não precisa dominar tecnicamente o assunto, mas precisa formar uma equipe de projeto que o suporte nas decisões, mas logicamente ele precisará ter pelo menos uma noção geral do assunto.

      Já coordenei alguns tipos diferentes de projeto, coordenei até as minhas obras, então a disciplina de gerenciamento é bem similar: Controlar escopo, custos, prazos e recursos, sempre.

      Um abraço

      Excluir
  6. Oi VDC!!
    Tenho sido uma espectadora, mas hj decidi comentar. Tenho lido muitos dos seus posts, a amo estes relacionados ao profissional.
    Tenho uma pergunta: com relação ao seu conhecimento nas atividades desempenhadas, parte vc adquiriu em cursos complementares à graduação? Ou foi na raça, dentro da corporação? Antes deste seu chefe, vc teve algum outro mentor?
    Pelo menos onde trabalho, sinto uma falta danada de um mentor/líder que apóie a equipe. Ultimamente só vejo eles jogarem a batata quente e dar as costas. Mentores sao muito importantes.
    Admiro imensamente seu blog.
    Que Deus o recompense em dobro pela ajuda que vc oferece na blogosfera!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amiga,

      Que legal, mais uma leitora do blog. Fico muito feliz.

      Então, além do curso superior, eu tenho uma experiência acadêmica acima do superior, mas após eu parei com os estudos.

      Acho que tive sorte na vida profissional, pois sempre tive superiores muito bons, onde aprendi bastante.

      Toda esta parte política e profissional aprendi na própria empresa, e lendo também alguns artigos. Tem dois colegas da blogosfera que indico para que você leia os textos: Economicamente Incorreto (que esta meio sumido) e Executivo Pobre, todos estão em meu blogroll.

      Tudo isto contribui para que você mude a sua abordagem no ambiente de trabalho, comece a entender melhor como as coisas funcionam. Não adianta ser o melhor profissional e não saber divulgar o seu trabalho, fazer seu marketing pessoal, não se vestir bem (isto conta muitos pontos, acredite), saber ser político, se portar bem, e logicamente, dar resultados que contribuam para a empresa, contribuir com ideias, não ter medo de errar.

      Eu sempre acompanhei muito a trajetória dos meus dois últimos superiores, e fui aprendendo também desta forma. A forma com que eles se portam em reuniões, o que fazem, como gerenciam, isto ajuda muito, e, com meu líder atual, eu abri o jogo com ele sobre minhas pretensões profissionais e pedi realmente para que ele me treine para ser um profissional melhor nas habilidades gerenciais, visto que tecnicamente eu já entrego excelentes resultados.

      Só de saber que meu nome já é comentado para cargos de supervisão e liderança eu fico extremamente feliz, pois isto mostra que os resultados e a forma de se portar estão transparecendo à gerência, sem ter que puxar saco de ninguém rs.

      Um abraço

      Excluir
    2. Muito obrigada por responder VDC. Venho aprendendo na prática, a forma política de lidar dentro da empresa. Antes eu tinha uma postura muito combativa, e hoje percebo que ela me atrapalhou de certa forma. Recentemente pude ver (rede social da vida) aqueles que eram mais políticos, e alguns até meio puxa sacos, conseguiram posições excelentes, sendo indicados para uma empresa cliente. Lógico que eu entendo que o marketing pessoal também conta muito, e aliado ao fato de se fazer um bom trabalho, a consequência é o seu nome ser citado constantemente.
      Enfim, aprendi na prática que a postura combativa não ajuda na maioria das vezes, e estou mudando meu comportamento.
      E esse ponto com relação à vestimenta, me fez lembrar de una situação... tem uma gerente que sempre está muito bem vestida e é bem perceptível como ela olha para aqueles que não são tão bem vestidos como ela... e me incluo na lista, rsrs. Mas uma coisa que fez mudar isso, foi ter trazido uma informação para ela, que somente quem lida com a parte técnica possui, e a partir deste dia, percebi um olhar mais "aceitador", ao contrário do anterior.
      E obrigada pela indicação dos outros blogs!

      Excluir

    3. Evite ao máximo esta postura combativa, eu mesmo já fui assim. Aprenda a ouvir mais, e ser objetiva ao falar (eu falo muito, preciso aprender a falar de forma mais objetiva e estou tentando me policiar para evitar falar muito).

      Vi colegas que ‘choraram’ promoção e acabaram agraciados, eu sempre fui o certinho que achava que veriam meu excelente trabalho. Eles até visualizam sua boa postura e resultados, mas em alguns casos privilegiam os chorões. O que eu fiz? Fui e chorei também, mas mostrando resultados, do tipo “eu gostaria de ter a possibilidade de assumir um cargo maior pelos resultados X, Y e Z e pelo que venho fazendo e bla bla bla”. Estou jogando o jogo mesmo, sem medo.

      A dica das roupas vale muito, estar bem vestida e alinhada no trabalho te trará pontos. Não sei qual ambiente você trabalha, mas não ligue para as críticas, quando as pessoas visualizam alguém tentando sair da média, elas logo tentarão te puxar para baixo ...

      Abraço

      Excluir
  7. Olá VDC,
    Pelo que você fala sobre seu trabalho, você é um gerente, acho que só não ganha como gerente.
    Esse salário está muito bom. Na época que trabalhava em empresas privadas, nem o coordenador não ganhava isso. O gerente ganhava 8k. Isso faz uns 4 anos.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Cowboy, beleza?

      Quem me dera se eu ganhasse já 17K ... Ainda estou longe disto rs. Foi um chute, baseado na média salarial de gerentes no Brasil, não lembro qual site que li, mas gravei este número.

      Um salário de 10K na minha opinião é excelente!

      Abraço

      Excluir
  8. Bom dia VdC,

    na minha empresa, gerente varia entre 15 e 25k, então sua média está dentro do meio em que trabalho, embora em outras empresas de mineração isso varie bastante.

    Quanto ao relato para virar gerente, concordo e assino embaixo, o principal é ser político, saber gerenciar, o meu gerente mesmo diz que está me treinando (ele é meu mentor, disse que eu lembro do filho dele kkkkkkkk) para ser o próximo gerente porque ele vai se aposentar e, segundo ele, dentro da nossa equipe são 6 engenheiros, os outros 5 são muito melhores tecnicamente, porém não conseguem se dar bem com nenhuma outra área da empresa, embora eu esteja planejando sair dessa empresa nos próximos anos, achei bem motivador esse auxílio que ele está me dando :D

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IE,

      Peguei uma média qualquer mesmo, não foi pensando exclusivamente no salário daqui não rs.

      Aproveite ao máximo esta oportunidade que seu gestor esta lhe ofertando, mesmo que não seja nesta sua empresa tenha certeza que será útil em outra.

      Uma pessoa definida como ‘política’ é uma das que nunca estará envolvida em polêmicas com outras áreas ou colegas.

      Abraço

      Excluir
  9. Acredito que o ponto chave para o sucesso, em qualquer carreira, é esse que você mencionou: "eu não tenho mais aquela ansiedade e petulância dos mais jovens".

    Já passei exatamente por isso, e amadurecendo, raciocinando e tentando me controlar e ser mais político, fui galgando novos degraus.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse ser político é que muitas vezes é complicado. Ser político muitas vezes é ser falso.
      Já ví situações de pessoas interpretando verdadeiros personagens perante outras pessoas, tem também aqueles que falam mal dos outros pelas costas etc. Não é fácil conviver em ambientes assim.
      Acredito que vale mais a pena ser o mais você mesmo possível, procurar fazer as suas atividades bem feitas e quando errar não ficar inventando desculpas ou jogando a responsabilidade pros outros.
      Mesmo com todo o politicamente correto é certo que cedo ou tarde sairemos de nossos empregos, então pelo menos não nos tornemos robôs enquanto estivermos neles.

      Excluir
    2. Olá Anon, quando me referi a ser "mais político", foi no sentido de "polido", "cortês".
      Com a idade e experiência, aprende a ouvir mais e somente depois a expor as opiniões. Ou talvez realizar um papel integrador entre as equipes.
      Sempre que tive oportunidades boas, foi porque tive a humildade suficiente de assumir meus erros.

      Esse outro lado perverso "de interpretar papéis", de fato existe. Mas o tempo corrige essas distorções, cedo ou tarde esses "atores" caem. Detesto esse tipo de pessoa.

      Excluir
    3. Olá amigos,

      Concordo com o que disse o IP, não se trata de ser um dissimulado, atuar, é mais sér um apaziguador, uma pessoa que sabe mediar conflitos, não se envolve em polêmicas, que consegue obter resultados, sabendo pedir as coisas desde a um operário a um gerente / diretor, que saiba se comunicar bem e se portar perante aos outros. Isto é ser político.

      Achei demais esta frase aqui do IP:

      “Com a idade e experiência, aprende a ouvir mais e somente depois a expor as opiniões. Ou talvez realizar um papel integrador entre as equipes.
      Sempre que tive oportunidades boas, foi porque tive a humildade suficiente de assumir meus erros.”

      Agora concordo com o Anônimo que existem muitas pessoas que atuam no trabalho, fingindo ser quem não são.

      Algumas podem até conseguir um cargo maior, mas é bem complicado se manter quando isto ocorre.

      Um abraço amigos, excelentes comentários

      Excluir
  10. Eu vinha me preparando para ser um gerente na minha carreira, aí a crise econômica aconteceu e o plano foi para o espaço, a meta passou a ser permanecer no mercado. Acredito que a principal habilidade de um gerente seja mediação de conflitos, afinal sempre há, no mínimo, dois lados da moeda e ambos precisam estar satisfeitos no final da história, tendo essa capacidade mais cedo ou mais tarde você chega lá. Criei meu humilde blog, se puder agraciá-lo com sua visita e umas dicas ficarei feliz.
    Acabei não localizando aquele e-mail , nem na caixa de spam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Guilherme,

      Então, eu escrevi no @ perguntando se você gostaria de escrever alguns artigos aqui no site, com a sua assinatura, sobre a parte de construção, visto que no momento estou parado com obras.

      Concordo que o momento agora é de manter o emprego, e isto é uma promoção. Eu venho passando por isto, mas pensando também na melhoria da economia, e pretendo estar preparado para ter uma chance a um cargo mais alto.

      Mediar conflitos é uma das características mais importantes a um GP, e eu venho melhorando muito nisto.

      Já adicionei seu blog, pois eu sempre ficava te cobrando criar um, pelos excelentes comentários enviados.

      Sucesso com o blog, com certeza serei leitor.

      Abraço

      Excluir
  11. Na empresa do porte da sua ser gerente é difícil e ganha muito bem. Não tenho dúvidas que, sei lá, até os 40 você será um e vai ter um salário excelente. Seja persistente e tenha metas para os próximos 5 ou 10 anos. Não que você precise agora, mas aquelas certificações PMBOK podem ser um bom investimento no longo prazo... Área de gerência de projetos não é qualquer formado em ADM que pode exercer.
    Além de sua empresa ter presença global, aprender novas línguas vai te dar o "edge". Comece lendo livros infantis em alemão ou francês por exemplo, em 5 anos vai ser um profissional ainda mais valioso.

    Infelizmente essas médias salariais de sites de gestão de carreiras são totalmente mentirosas. Eu tive algumas desilusões durante a minha a ponto de desistir do ramo em que me formei.

    Além disso os "pisos" das profissões prejudicam muito para arrumar um emprego, minha esposa engenheira que o diga. Mas ai é outro assunto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala CF,

      Espero que sim, vou me esforçar para isto.

      Eu percebi que não preciso desta urgência toda para ser livre do trabalho, pois eu gosto do que faço, e acho que dá pra continuar mais alguns anos.

      O PMI é uma certificação que eu posso tentar mais a frente, no momento realmente não animei a voltar a estudar exclusivamente para este objetivo, mas concordo que seria importante.

      Comecei a estudar outra língua e gostei, mas dei uma pausa para focar no inglês novamente, achei que em algumas reuniões pela troca de estudos meu inglês deu uma queda, aí pausei um pouco pra reforçar o inglês.

      Entendo totalmente a sua desmotivação, realmente há algumas profissões que, mesmo sendo de suma importância as empresas, o valor é sempre colocado mais para baixo. Um exemplo: Logística.

      Um abraço

      Excluir
  12. VDC,

    Dizem que pra virar chefe você precisa trabalhar pouco .. quem trabalha pouco erra pouco e é promovido .. hahahaha

    Abs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Rodolfo,

      É verdade, e eu falo sério, pois, quem faz muito, erra mais e não tem tempo de fazer política e marketing pessoal.

      Eu já fui o ‘Senhor Trabalhador’, agora eu aprendi a repassar as coisas a outras pessoas e ter tempo para divulgar o trabalho e fazer um marketing também rs.

      Chega de ser o “Faz Tudo”, mas continuo claro entregando resultados a empresa.

      Abraço

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares